Mesmo sem taças, diretor valoriza temporada das categorias de base do Corinthians

Mesmo sem taças, diretor valoriza temporada das categorias de base do Corinthians

Por Meu Timão

1.8 mil visualizações 39 comentários Comunicar erro

Fernando Yamada está em seu segundo ano no comando da base alvinegra

Fernando Yamada está em seu segundo ano no comando da base alvinegra

Larissa Lima/Meu Timão

Embora prime majoritariamente pela formação de atletas, a base também vive a cobrança por conquistas. No ano que se encerra na próxima semana, o Corinthians ficou devendo justamente nisso: mesmo chegando em fases finais de uma série de torneios, acabou sem nenhum troféu para a garotada. Isso, porém, não impede que a análise seja de satisfação pela temporada.

"Acho que o saldo foi positivo. A gente termina essa temporada muito melhor do que terminamos a passada (título da Copinha e do Paulistão Sub-13). Foi mais homogêneo o processo. No Paulista, as cinco categorias chegaram entre os quatro, foi equilibrado. Subimos de degrau. Não é o ideal, o Corinthians tem de ser campeão mas, em relação ao nosso primeiro ano, o processo melhorou", destacou Fernando Yamada, gerente geral da base alvinegra pelo segundo ano, ao GloboEsporte.com.

Leia também:
Entre os especulados no Corinthians, Boselli é o atacante que mais marcou em 2018; veja números
Primeiro adversário do Corinthians na Copinha tem até Hazard de Tocantins; veja curiosidades

Principal "produto" das categorias inferiores, o time Sub-20 alvinegro passou por uma série de mudanças durante 2019. Além da mudança de comando com a chegada de Eduardo Barroca, vários jogadores foram contratados para fortalecer o plantel. O resultado: vice na Copa do Brasil e no Paulistão, provando a evolução do trabalho.

"Em 2017, fomos eliminados na primeira fase na Copa do Brasil e do Brasileiro e paramos nas quartas do Paulistão. E caímos para equipes sem tradição na base em competições nacionais. Haviam bons valores, mas um elenco muito desequilibrado", pontuou.

Com os bons frutos colhidos neste ano deixados para trás, o Corinthians já olha para a Copa São Paulo, principal torneio da categoria, que começa em janeiro. A solidificação da equipe vivida nesse ano, para Yamada, terá influência direta na competição nacional.

"Vamos chegar fortes, tem grandes adversários no estado de São Paulo com gerações muito boas, mas pelo trabalho que fizemos neste ano, pelo investimento em equipamentos e pelo trabalho do Eduardo Barroca, faremos uma ótima competição", concluiu.

A estreia do Timão na Copa São Paulo de Futebol Júnior está marcada para o dia 2 de janeiro, às 21h30, no Estádio Doutor Novelli Júnior, em Itu, sede da equipe na competição.

Veja mais em: Base do Corinthians e Corinthians Sub-20.

Veja Mais:

  • Jogador fez duas temporadas pelo time baiano antes de ir para a Arábia

    Corinthians acerta contratação de meia que trabalhou com Carille na Arábia

    ver detalhes
  • Jogadores que não atuaram diante do Avenida-RS treinaram no CT Joaquim Grava

    Corinthians se reapresenta no CT; Carille esboça time reserva para encarar o Botafogo-SP

    ver detalhes
  • Cássio falou com a reportagem do Meu Timão na tarde desta quinta no CT

    Ao Meu Timão, Cássio analisa primeiro gol do Avenida-RS; goleiro enaltece reação da equipe

    ver detalhes
  • Rosenberg foi duramente questionado por conselheiros do clube

    Conselheiros do Corinthians enviam carta para Andrés com críticas a Rosenberg; leia na íntegra

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes