Copinha 2019: Fessin celebra adaptação no Corinthians e revela inspiração em Romero

Copinha 2019: Fessin celebra adaptação no Corinthians e revela inspiração em Romero

Por Meu Timão

13 mil visualizações 105 comentários Comunicar erro

Fessin é uma das joias das categorias de base do Corinthians

Fessin é uma das joias das categorias de base do Corinthians

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Fessin soma pouco mais de seis meses no Corinthians, e o saldo é positivo até aqui. O meia de 19 anos chegou ao Sub-20 alvinegro após se destacar no ABC-RN, ao lado do centroavante Matheus Matias, que acabou seguindo para o profissional. A chance de conquistar protagonismo na base deu certo e rendeu até uma vaga no banco de reservas do time principal, já na reta final de 2018.

Na base, Fessin terminou a temporada com 12 gols marcados e quatro assistências. A situação é oposta a do amigo Matias, que não conseguiu oportunidades entre os profissionais e acabou emprestado para o Ceará em 2019. Para o meio-campista, a chance de se desenvolver no Sub-20 foi essencial em sua passagem no Timão até aqui.

"Estou 100% adaptado ao Corinthians. Vim para jogar na base, enquanto o Matheus veio para o profissional e não teve oportunidades, isso prejudicou ele, que perdeu o ritmo de jogo. Eu estava bem acima dele na questão da adaptação por estar jogando", disse Fessin ao GloboEsporte.com.

Contratado pelo Corinthians por R$ 2 milhões, tendo vínculo até 2021, Fessin se prepara para sua segunda Copa São Paulo de Futebol Júnior, desta vez atuando pela equipe alvinegra. A primeira foi disputada pelo ABC, no ano passado, que foi eliminado na primeira fase.

Leia também:
Retrospectiva 2018: números dos treinadores que passaram pelo Corinthians no ano
Supervisor do Sub-20 expõe dificuldades e explica primeiros passos do Corinthians na Copinha

A época da competição de juniores também marca sua primeira "aventura" no mundo futebolístico. Com apenas 14 anos, Fessin deixou a cidade de Campina Grande, na Paraíba, para se alojar na base do ABC, no Rio Grande do Norte. A experiência durou apenas uma semana, mas o jogador acabou convencido em dar uma chance ao sonho pelos pais e treinadores.

"Eu jogava na escolinha do professor Leonildo, a Alvorada, e um treinador do Sub-15 do ABC me viu e me levou para a base. Eu morava sozinho lá, no CT. No começo foi muito difícil, na primeira semana que fui, voltei para casa, não consegui ficar. Não era muito de sair de casa, era muito apegado à família, tinha saudade. Depois de uma semana, voltei para o ABC e consegui ficar. Fiquei quatro anos na base e depois subi para o profissional", contou o jogador.

Já estabelecido no Corinthians de Eduardo Barroca, Fessin fez questão de analisar seu próprio estilo de jogo. E a sua principal inspiração está dentro do clube alvinegro. "Jogo de ponta, tipo o Romero. Me espelho nele, tem uma história bonita no clube. Tenho essa característica de marcação também. Desenvolvi isso no ABC, eu não voltava, até que o treinador me disse que eu tinha que ajudar. E ganhei o hábito de, ao perder a bola, recompor", analisou.

A proximidade com o futebol profissional, ainda sob comando do técnico Jair Ventura, também foi valorizada pelo jovem jogador. Fessin relembrou a sensação de estar ao lado de grandes nomes da história do Corinthians, como o lateral-direito Fagner e o goleiro Cássio - que defenderam a Seleção Brasileira na Copa do Mundo da Rússia em 2018.

"A forma como me acolheram (entre os profissionais do Corinthians) não tem explicação. Os jogadores mal te conhecem e te acolhem daquele jeito. Você está no vestiário, levanta a cabeça e está com o Cássio, com o Fagner, eles estavam na Seleção Brasileira e eu estou do lado dos caras? Foi uma experiência única", lembrou.

Em tempo: O Corinthians estreia na Copinha de 2019 no próximo dia 2, quarta-feira, diante do Ricanato-TO. O duelo acontece às 21h30 (de Brasília), no estádio Novelli Júnior, em Itu.

Veja mais em: Fessin, Copinha, Romero e Corinthians Sub-20.

Veja Mais:

  • Corinthians fez dois gols no final do jogo e garantiu a classificação

    Corinthians vira no fim, despacha o Avenida e avança na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Quem para o homem?! - Gustagol comemora oitavo gol pelo Corinthians em 2019

    Atacantes do Corinthians empatam na eleição do craque da segunda fase da Copa BR; veja avaliações

    ver detalhes
  • Urso beija escudo do Corinthians ao comemorar primeiro gol pelo clube

    Carille se encanta com Sornoza e valoriza credenciais de Urso: 'Sei que o corinthiano gosta'

    ver detalhes
  • Avelar é dúvida para compromisso do fim de semana; Timão se reapresenta nesta quinta

    Avelar deixa Arena mancando e pode se tornar desfalque para Carille

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes