Apresentado no Corinthians, Ramiro lista motivos que o fizeram vir para o clube e ressalta estrutura

Apresentado no Corinthians, Ramiro lista motivos que o fizeram vir para o clube e ressalta estrutura

15 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Jorge Kalil (diretor-adjunto de futebol), Ramiro e Duílio Monteiro Alves (diretor de futebol) nesta sexta-feira no CT

Jorge Kalil (diretor-adjunto de futebol), Ramiro e Duílio Monteiro Alves (diretor de futebol) nesta sexta-feira no CT

Rodrigo Vessoni / Meu Timão

Ramiro vestiu a camisa oficial do Corinthians pela primeira vez na manhã desta sexta-feira, durante sua apresentação oficial no CT Joaquim Grava. Com ótima desenvoltura nas palavras, em tom sério e firme, o meia-atacante deixou claro que veio ao Timão em busca de novos desafios.

A "zona de conforto", como ele chamou o que vivia no Grêmio com a toda a idolatria da torcida local, foi deixada para trás. O jogador, gaúcho da gema, não escondeu que viver e jogar na capital paulista, diante da cobertura nacional da imprensa, foi um dos motivos que o levaram a trocar o Grêmio pelo Corinthians.

"É mais um desafio na minha carreira. Estou preparado e motivado para não só passar pelo clube, mas para conquistar coisas importantes. Carrego comigo o desejo de vencer, fazer parte de um grande clube, temos condições aqui para fazer um grande ano. Agradeço a recepção dos meus companheiros e da torcida, que teve uma reação bacana. Podem esperar muita dedicação em campo. Eu também agradeço a diretoria que fez esforço para eu vir para cá. A gente promete se entregar, honrar a camisa do Corinthians da melhor maneira e no final do ano conquistar títulos de grande expressão", afirmou.

"Foi pelo desejo de continuar vencendo e aprendendo. Ainda sou muito jovem, tenho 25 anos, sei que tenho muito a crescer. Eu vim procurar extrair o máximo deles para crescer e também agregar. O Corinthians é um clube grande, todo ano tem que brigar por títulos, e pelo que vi dos companheiros esse é o objetivo. Temos tudo para fazer uma grande temporada", completou.

Leia também:
Carille testa nova escalação do Corinthians com quatro reforços e mudanças em todos os setores
Veja de quem o Corinthians escapou e quais os caminhos até a final da Copinha-2019
O que dizem os cruzeirenses sobre possível transferência de Manoel ao Corinthians?

Após algumas temporadas no clube gaúcho, que incluiu a conquista de vários títulos, Ramiro fez questão de elogiar tudo que viveu no Rio Grande do Sul, mas sempre deixando claro que o objetivo agora é viver de Corinthians.

"Sou muito grato a tudo que eu vivi no Grêmio, aprendi muito, errei muito, acertei muito. A vida das pessoas é formada por ciclos. Entendi que meu ciclo chegou ao fim lá. Vir para o centro do país, foi isso que eu pensei, era meu objetivo de buscar um novo ciclo. Estou feliz com tudo que estou vivendo, com o carinho dos torcedores e funcionários, vou procurar retribuir dentro de campo", lembrou.

Por fim, a troca de Porto Alegre por São Paulo, a maior cidade do país que traz consigo trânsito e muitas outras situações que o jogador não vivia na capital do Rio Grande do Sul. O jogador falou da diferença e também revelou a diferença de estafe nos dois centros de treinamentos.

"Até me pegou de surpresa. Já ouvia falar, mas não tinha a experiência de ter morado em um grande centro como São Paulo. Fiquei assustado com a quantidade de funcionários dentro do clube. Na cidade também, muito mais carro, muito mais prédio. Isso a gente vai se adaptando. Estou para enfrentar qualquer dificuldade", finalizou.

Veja mais em: Ramiro e CT Joaquim Grava.

Veja Mais:

  • Em noite abaixo tecnicamente, Timãozinho dá adeus à Copa São Paulo; Vasco fará final contra São Paulo

    Corinthians sucumbe nos pênaltis e cai na semifinal da Copinha 2019

    ver detalhes
  • Léo Santos está de volta ao time titular; Corinthians busca primeira vitória após volta de Carille

    Carille saca Marllon e define Corinthians para jogo contra Guarani

    ver detalhes
  • A saída de Romero do Corinthians | #113

    VÍDEO: A saída de Romero do Corinthians | #113

    ver detalhes
  • Gustagol estará outra vez no comando de ataque corinthiano; Carille leva 21 jogadores

    Sem Boselli e Manoel, Carille relaciona 21 jogadores para duelo com Guarani

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes