Romero faz Corinthians reviver desgaste com empresa que negociou renovação de Guerrero

Romero faz Corinthians reviver desgaste com empresa que negociou renovação de Guerrero

34 mil visualizações 457 comentários Comunicar erro

Romero segue sem treinar com bola; contrato termina em julho

Romero segue sem treinar com bola; contrato termina em julho

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Após quatro anos no Corinthians, Ángel Romero vive seu momento mais complicado. A pedido da diretoria, com anuência da comissão técnica, o atacante está afastado dos treinos com bola e sequer foi inscrito pelo clube para a primeira rodada do Paulistão.

Tudo porque o paraguaio ainda não renovou seu contrato, que terminará no próximo dia 14 de julho. As tentativas do clube, desde o ano passado, foram infrutíferas. Uma situação que faz o Timão reviver o desgaste com a empresa que agencia a carreira de ex-corinthianos, como Paolo Guerrero.

Leia também:
Adversário do Corinthians na Copa do Brasil recebe proposta e cogita vender mando
Manoel recebe conselho de Mano e diz quando deve estar pronto para estrear
Clássico do Corinthians pelo Paulistão tem horário alterado novamente pela FPF

Romero e a OTB Sports fecharam contrato em junho do ano passado. Desde então, o Corinthians tenta renovar seu vínculo. Em vão. Os responsáveis pela empresa (Bruno Paiva e Marcelo Goldfarb) seguem irredutíveis nas pedidas de luva e salário. O mesmo ocorreu com Guerrero, que foi parar no Flamengo.

A situação do paraguaio está relacionada ao ganho em dólar. Com a moeda americana em alta, Romero já tem um dos maiores salários do elenco, acima dos R$ 400 mil na conversão. Se aceitar as condições impostas pelos agentes, o salário do camisa 11 passaria a ser maior do que o teto do clube, recebido por Cássio, Fagner e Jadson.

Vale lembrar que essa é a quinta temporada de Romero no Corinthians. A cada ano que passou no clube, o jogador ganhou automaticamente um aumento de US$ 10 mil. Em 2019, o paraguaio terá esse aumento automático pela quinta vez. Por isso seus vencimentos em dólar ultrapassariam o teto.

Guerrero e Romero conviveram no Corinthians até maio de 2015; peruano foi para o Flamengo

Guerrero e Romero conviveram no Corinthians até maio de 2015; peruano foi para o Flamengo

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Em tempo: Romero não é o primeiro jogador da OTB Sports que fica afastado sem poder entrar em campo. Zeca, antes do acerto entre Santos e Internacional, Scarpa, antes do acerto entre Fluminense e Palmeiras, foram outros que preferiram comprar brigar com seus clubes sob orientação dos agentes.

A reportagem do Meu Timão ligou para Bruno Paiva e Marcelo Goldfarb, com a intenção de ouvir a versão da empresa sobre o caso de Romero. Os dois empresários não atenderam as chamadas telefônicas.

Veja mais em: Romero, Diretoria do Corinthians e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Carille comandou última atividade do Corinthians antes da segunda fase da Copa do Brasil

    Carille dribla imprensa antes de jogo contra Avenida; veja provável escalação do Corinthians

    ver detalhes
  • VÍDEO: Destrinchamos o Corinthians e a forma de jogar de Carille em 2019 | #116

    ver detalhes
  • Fiel ainda pode garantir ingressos para jogo do Timão na Copa do Brasi

    Corinthians confirma apenas 14 mil ingressos vendidos para duelo contra o Avenida-RS

    ver detalhes
  • Fábio Carille confirmou relação dos atletas que vão à Arena nesta quarta; bola rola às 21h30

    Com Díaz, Carille relaciona 23 corinthianos para segunda fase da Copa do Brasil

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes