Corinthians e BMG esperam que torcida sozinha gere 20% do atual lucro anual do banco

Corinthians e BMG esperam que torcida sozinha gere 20% do atual lucro anual do banco

33 mil visualizações 409 comentários Comunicar erro

Fé na torcida move Corinthians na parceria com o BMG

Fé na torcida move Corinthians na parceria com o BMG

Bruno Teixeira/Divulgação/Corinthians

Corinthians e BMG depositam altas expectativas na torcida alvinegra para a parceria entre clube e banco gerar o lucro esperado pelas partes. Mais precisamente, torcem para que a Fiel gere sozinha cerca de 20% do atual lucro anual da instituição financeira.

O cálculo tem duas bases: quanto a plataforma Meu Corinthians BMG precisa gerar de lucro líquido para quitar o adiantamento já depositado pelo banco e quanto a própria instituição financeira, com todas as operações de todos os seus atuais clientes, arrecadou em 2018.

Por contrato, o Corinthians receberia em 2019 (assim como nos quatro anos seguintes) a quantia de R$ 12 milhões. O restante da receita oriunda do patrocínio máster surgirá da repartição em partes iguais do lucro líquido gerado das operações dos clientes ligados à plataforma Meu Corinthians BMG - aplicativo deve ser lançado nas próximas semanas e disponibilizará produtos e serviços exclusivos aos torcedores do Timão.

Para este primeiro ano de parceria, porém, o valor recebido pelo Corinthians não foi de R$ 12 milhões. Foram depositados, num "sinal de confiança" do BMG, R$ 30 milhões. Em outras palavras: R$ 18 milhões foram adiantados como expectativa de lucro com a tal plataforma.

Leia também:
Valor fixo de patrocínio do BMG é o menor do Corinthians no Século 21; relembre
BMG adiantou patrocínio de 2020 ao Corinthians, explica Andrés Sanchez
Rosenberg confirma R$ 12 mi anuais do BMG ao Corinthians e explica adiantamento

Para o clube receber os R$ 18 milhões - e repassá-los ao banco para assim ficar quite nesta primeira temporada com seu novo patrocínio máster -, será necessário um lucro líquido de R$ 36 milhões via Meu Corinthians BMG.

Esses R$ 36 milhões, por sua vez, representam pouco mais de 20% da projeção de R$ 174,8 milhões de lucro do BMG em 2018. Por ora, estão confirmados R$ 131,1 milhões de lucro nos nove primeiros meses - o último trimestre ainda não teve balanço fechado, mas registrará algo próximo de R$ 43,7 milhões no caso de fidelidade da média dos trimestres anteriores.

Em suma: torcedores do Corinthians terão dupla missão a partir de 2019. Além do já centenário empurrão vindo das arquibancadas, a Fiel agora deve gerar um "boom" no lucro líquido do novo patrocinador máster da equipe. É essa a torcida de clube e banco, ao menos.

Veja mais em: Patrocinador do Corinthians, Ações de marketing e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians fez dois gols no final do jogo e garantiu a classificação

    Corinthians vira no fim, despacha o Avenida e avança na Copa do Brasil

    ver detalhes
  • Quem para o homem?! - Gustagol comemora oitavo gol pelo Corinthians em 2019

    Atacantes do Corinthians empatam na eleição do craque da segunda fase da Copa BR; veja avaliações

    ver detalhes
  • Urso beija escudo do Corinthians ao comemorar primeiro gol pelo clube

    Carille se encanta com Sornoza e valoriza credenciais de Urso: 'Sei que o corinthiano gosta'

    ver detalhes
  • Avelar é dúvida para compromisso do fim de semana; Timão se reapresenta nesta quinta

    Avelar deixa Arena mancando e pode se tornar desfalque para Carille

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes