Rival do Corinthians, Racing não perde há três meses; equipe encara clássico antes do Timão

Rival do Corinthians, Racing não perde há três meses; equipe encara clássico antes do Timão

5.6 mil visualizações 94 comentários Comunicar erro

Equipe de Eduardo Coudet acumula bons resultados no principal campeonato do país. Páreo duro para Carille!

Equipe de Eduardo Coudet acumula bons resultados no principal campeonato do país. Páreo duro para Carille!

Reprodução/@RacingClub

Ainda que focado na Copa do Brasil, competição em que estreia nesta quinta-feira, o Corinthians possui bons motivos para já ficar de olho no Racing, seu oponente na primeira fase da Copa Sul-Americana. A equipe de Alvellaneda, além de liderar com certa folga a Superliga 2018/19, não perde há mais de três meses.

A única (e portanto última) derrota do Racing no torneio nacional de pontos corridos ocorreu no distante 21 de outubro do ano passado, quando acabou superado pelo San Martín Tucumán fora de casa, pelo placar de 2 a 1. De lá para cá, o time disputou oito partidas, vencendo sete e empatando outra – aproveitamento superior a 91%.

Sob o comando de Eduardo Coudet, o time, um dos mais tradicionais do país, ostenta 13 vitórias em 17 rodadas da Superliga, o que lhe rende a liderança do campeonato, com 42 pontos. Defensa y Justicia, com 39 pontos, e Boca Juniors, 31, completam o G3.

O Racing também vem de quatro triunfos consecutivos: sobre Talleres (1 a 3), San Martin San Juan (1 a 0), Aldosivi (1 a 3) e Huracán (3 a 1). O último compromisso da Academia antes do primeiro embate com o Corinthians será o clássico diante do River Plate, marcado para o próximo domingo, às 20h20 (de Brasília), fora de casa, no Monumental de Núñez.

A tendência é Coudet escalar força máxima frente ao River, já que o Racing vem embalado no Campeonato Argentino e pretende manter a atual distância para seus principais rivais. Joga a favor da equipe o fato de a primeira partida da Sul-Americana ser somente na quinta-feira, possibilitando aos atletas maior período de descanso em comparação a um jogo realizado numa quarta.

Leia também:
Corinthians deve transmitir jogos da Sul-Americana em suas redes sociais
Corinthians não terá Avelar em estreia na Sul-Americana, mas deve ganhar retorno de Carlos

Reforçado por nomes como Andrés Ríos, ex-Vasco da Gama, e Darío Cvitanich, ex-Banfield, o clube de Avellaneda jamais foi campeão da Copa Sul-Americana. Possui um título de Libertadores da América (1967), assim como o Timão, campeão invicto em 2012, além de ter vencido 17 edições do Campeonato Argentino e uma da Copa Intercontinental (1967).

O primeiro jogo entre corinthianos e argentinos acontece daqui a pouco mais de uma semana, no dia 14 de fevereiro, na Arena Corinthians, às 21h30. E o segundo e decisivo duelo, no dia 27, no estádio Presidente Perón, em Avellaneda, no mesmo horário.

A agenda do Corinthians de Carille

Veja mais em: Copa Sul-Americana e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Gustagol fez o segundo do Corinthians e recolocou a equipe à frente do placar contra o São Paulo

    Corinthians vence São Paulo com gols de Gustavo e Manoel e mantém supremacia de meia década

    ver detalhes
  • Gustavo e Love tiveram algumas das melhores notas do Corinthians no Majestoso

    Gustagol é eleito craque do Majestoso; veja quem mais se destacou e quem destoou entre corinthianos

    ver detalhes
  • Vagner Love rebateu fala de Tiago Volpi na saída do gramado da Arena Corinthians

    Goleiro do São Paulo acusa Love de má intenção; camisa 9 do Corinthians ri e responde

    ver detalhes
  • Corinthians provocou São Paulo nas redes sociais

    Após vitória, Corinthians provoca São Paulo com 'talheres' e versões de 'boi do Piauí'

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes