Love credita cansaço ao gramado e se coloca à disposição de Carille para jogo de domingo

Love credita cansaço ao gramado e se coloca à disposição de Carille para jogo de domingo

Por Meu Timão

2.8 mil visualizações 34 comentários Comunicar erro

Love se movimentou muito e deixou o campo esgotado no início do segundo tempo

Love se movimentou muito e deixou o campo esgotado no início do segundo tempo

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Além de todo o peso de uma partida mata-mata, o embate entre Corinthians e Ferroviário, na noite dessa quinta-feira, chamava atenção da Fiel pela reestreia de Vagner Love. Movimentando-se muito durante o empate por 2 a 2, o atacante ficou 59 minutos em campo, saindo antes do que o técnico Carille esperava.

O motivo da troca não foi despreparo físico ou somente a falta de ritmo, mas também o gramado do Estádio do Café, em Londrina.

"A gente sabia que hoje seria difícil, tivemos a dificuldade de a grama estar um pouco alta, até cansei no segundo tempo. Sabíamos das dificuldades que iríamos enfrentar. Importante é que conquistamos a classificação, que era nosso objetivo", afirmou, reforçando a justificativa dada pelo treinador pouco antes.

Leia também:
Com Gustavo quase 10, ataque do Corinthians se salva em noite de péssimas notas para zaga alvinegra
Diretor do Corinthians comenta chegadas de Lucão e Méndez e admite chance de saídas
Análise de mercado: Carille aprova chegada de Lucão e ressalta 'longa observação' por uruguaio

Mesmo com o cansaço e a precaução na estreia, Love já pensa em ganhar sequência na equipe titular. Sentindo-se bem desde que desembarcou no CT Joaquim Grava, o atacante já se colocou à disposição para o jogo deste domingo, às 17h, contra o Novorizontino.

"Sim, eu quero estar em campo. Mas lógico que quem decide é ele (Carille). Fizemos o jogo no sábado, depois já temos outro. Vamos precisar de todos os jogadores bem para, quando precisar, todos darem conta do recado", destacou, projetando um melhor rendimento em sua nova função assim que pegar ritmo.

"Joguei um pouco mais do lado esquerdo. Depois, no segundo tempo, o Carille me inverteu com o Jadson. Já tive outros parceiros de ataque e não tem problema nenhum de eu rodar, de fazer um falso 10. É questão de ganhar ritmo e eu fazer o meu melhor", completou.

Desde que foi confirmado como reforço para a temporada, o camisa 9 fez apenas sete treinos. O pouco tempo, porém, não foi problema por conta da excelente forma física do jogador, que vinha treinando na Turquia. Segundo o próprio atacante, são cinco quilos a menos em relação ao que tinha quando chegou ao clube na sua primeira passagem, em 2015.

"Reeduquei minha alimentação, fui ganhando peso, força, massa muscular. A idade está subindo, o peso diminuindo, isso é bom", concluiu, aos risos.

Veja mais em: Vagner Love, Copa do Brasil e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Jogador fez duas temporadas pelo time baiano antes de ir para a Arábia

    Corinthians acerta contratação de meia que trabalhou com Carille na Arábia

    ver detalhes
  • Jogadores que não atuaram diante do Avenida-RS treinaram no CT Joaquim Grava

    Corinthians se reapresenta no CT; Carille esboça time reserva para encarar o Botafogo-SP

    ver detalhes
  • Cássio falou com a reportagem do Meu Timão na tarde desta quinta no CT

    Ao Meu Timão, Cássio analisa primeiro gol do Avenida-RS; goleiro enaltece reação da equipe

    ver detalhes
  • Rosenberg foi duramente questionado por conselheiros do clube

    Conselheiros do Corinthians enviam carta para Andrés com críticas a Rosenberg; leia na íntegra

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes