Em situação rara no Corinthians, Serginho quer ser ídolo fora de quadra e não descarta aposentadoria

6.1 mil visualizações 32 comentários

Por Meu Timão

Serginho já ganhou tudo na carreira e encabeça o projeto da equipe de vôlei do Corinthians

Serginho já ganhou tudo na carreira e encabeça o projeto da equipe de vôlei do Corinthians

Reprodução/Facebook

Serginho foi campeão de literalmente tudo que disputou no vôlei. Agora aos 43 anos, o líbero é um dos jogadores que coordenam o projeto da equipe do Corinthians/Guarulhos, que disputa neste sábado, a última partida da Superliga 2018/19, em busca de escapar do rebaixamento na competição.

Campeão dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro de 2016, Serginho, que é corinthiano declarado, encabeçou a criação do time de vôlei do Timão logo depois da competição. Logo na sua fundação, a equipe foi campeã da Taça Ouro, e com isso subiu à Superliga Masculina. Para o líbero, no entanto, o que mais diferencia um jogador consolidado de um ídolo são as coisas feitas fora do esporte, justamente como o projeto de expansão do esporte no Brasil.

"Posso dizer que todos os campeonatos que eu joguei eu ganhei, uma ou mais vezes. Eu sempre falo que pra você se tornar referência dentro de um esporte no país em que se idolatra por muito pouco é fácil. Acho que o maior ídolo é aquele que faz coisas fora de quadra também. Acho que ser referência fora de quadra que é legal", disse o jogador durante participação no programa ESPN Bom Dia.

Leia também: 1 em 30 milhões: ele não hesitou ao ensanguentar camisa do Corinthians para salvar vida colorada

Com 43 anos, a hora de parar de jogar está ficando cada vez mais próxima, e o próprio jogador ainda não decidiu quando que irá se aposentar, mas confessa que a decisão tem ficado cada vez mais difícil com os limites impostos com o seu corpo depois de uma certa idade.

"Eu tenho quatro parafusos nas costas, às vezes parece que ele está enferrujado. Mas, o treinamento é puxado. Agora eu já não dou peixinho em toda bola. Quando se é velho, a gente descobre que o melhor caminho entre dois pontos é uma reta. Quando novo, dá pra fazer um ziguezague. Estou pensando se eu continuo, vou estudar bem. Mas, no momento, a prioridade é o instituto mesmo"

Neste sábado, o Corinthians/Guarulhos enfrenta o São Judas no Ginásio Wlamir Marques, no Parque São Jorge, às 19h30. O Timão está na décima colocação da Superliga e precisa ganhar para garantir a permanência na competição. Em caso de resultado negativo, o clube alvinegro torce para que o Caramuru não vença a sua partida.

Veja mais em: Vôlei do Corinthians.

Veja Mais:

  • Giuliano será apresentado pelo Corinthians nesta quarta-feira

    Corinthians marca apresentação virtual de meia Giuliano; saiba mais

    ver detalhes
  • Elenco comemorando o gol de Jô contra o Red Bull Bragantino, na reestreia do atacante

    Veja como reestrearam os ídolos do Corinthians que voltaram ao clube nos últimos anos

    ver detalhes
  • Neguinho está próximo de acertar o retorno pro Corinthians

    Corinthians tem interesse na contratação de Neguinho; jogador foi visto no Parque São Jorge

    ver detalhes
  • Timão fará sua estreia na quinta-feira, às 19h30, contra o Paulistano

    Corinthians conhece datas do Paulista de Basquete; equipe estreia na quinta-feira

    ver detalhes
  • Giuliano completa nesta terça-feira exatos 100 dias sem entrar em campo; meia-atacante entrou em campo pela última vez no longínquo dia 25 de abril, quando atuou pelo Basaksehir, da Turquia

    Giuliano completa exatos 100 dias sem jogar; reforço do Corinthians se prepara para estreia

    ver detalhes
  • Jacinto Antônio Ribeiro, o "Jaça", conselheiro vitalício do clube, e pivô de conflito com Brazil nas últimas semanas; Márcio Bittencourt, ex-jogador e ex-treinador da base do clube

    Desentendimento na base do Corinthians separa Sub-23 das demais categorias; entenda

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x