Números ofensivos em vitória sublinham evolução corinthiana; apenas dois titulares não finalizaram

18 mil visualizações 98 comentários

Treinador tem sido muito elogiado pela evolução do Corinthians

Treinador tem sido muito elogiado pela evolução do Corinthians

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Após mais uma vitória do Corinthians no Paulistão, desta vez contra o Oeste, por 1 a 0, as redes sociais foram tomadas por elogios da Fiel ao trabalho de Fábio Carille. Acumulando nove jogos sem perder, o time vem sendo valorizado não só pelos resultados, mas pelo desempenho dentro de campo.

E neste domingo, um apanhado de números do Footstats evidencia essa evolução alvinegra notável, sobretudo no setor ofensivo, o mais criticado no início da temporada. Partindo para cima do Oeste desde o primeiro minuto, o Timão acertou dez finalizações no gol adversário. A sua melhor marca no quesito era de apenas quatro chutes certos.

Leia também:
Torcedor tem parada cardíaca e morre na Arena Corinthians; clube solta nota de pesar
Boselli reforça ansiedade por gol, mas vibra com boa sequência do Corinthians na temporada
Carille, Avelar, Boselli e Jadson: Fiel enche moral de quarteto após vitória do Corinthians

Outro número que chama atenção é um diretamente ligado ao número de chances criadas. Contra o Oeste, o Corinthians finalizou uma vez a cada 18,5 passes, mostrando verticalidade bem maior do que na média - a equipe vinha precisando de mais de 50 passes para dar um chute ao gol do adversário.

A mudança se deve a uma nova postura do Timão. No início da temporada, a equipe vinha sendo questionada por tocar muito a bola e chegar pouco ao ataque adversário. Ou seja, a redonda ficava muito tempo rodando entre os defensores. Nesta tarde, as trocas de passe da equipe aconteceram 28% das vezes no terceiro terço do campo - a média alvinegra já chegou a ser uma das piores do Brasil, com 19%.

Mesmo não absolutos, os números auxiliam na análise, dando uma visão ainda mais ampla de como a equipe de Carille, com sequência e agora com um rosto definido, cresce em desempenho dentro dentro de campo.

Todo mundo chuta!

O número de finalizações do Corinthians foi tão acima da média que, do time titular, apenas Manoel e Ralf não deram um chute no gol adversário. Contando com Jadson, que saiu do banco, foram dez nomes diferentes a ameaçar o Oeste com uma finalização na partida.

Veja mais em: Fábio Carille e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Fábio Santos, Gabriel e Jô comemorando o gol do lateral contra o Coritiba, pelo Brasileirão

    Fábio Santos marca, Corinthians vence Coritiba e respira no Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Fábio Santos no duelo com o Coritiba, pelo Brasileirão, no Couto Pereira

    Fiel elege Fábio Santos como melhor em campo na vitória do Corinthians; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Walter no duelo contra o Coritiba, pelo Brasileirão, no Couto Pereira

    Vagner Mancini diz que Cássio não está lesionado e que fez 'opção segura' por Walter

    ver detalhes
  • Jogadores comemoram gol de Fábio Santos, contra o Coritiba, no Couto Pereira

    Torcida do Corinthians se anima com primeiro tempo e exalta Mancini; veja repercussão após vitória

    ver detalhes
  • Lucas Piton no duelo contra o Coritiba, pelo Brasileirão, no Couto Pereira

    Análise: Corinthians descobre um ponta canhoto e joga para ganhar; time mostra que pode mais

    ver detalhes
  • Arqueiro Cássio na derrota para o Atlético Mineiro, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão

    Cássio e Bruno Méndez são denunciados no STJD e vão a julgamento na segunda-feira

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: