Carille nega que time tenha se acomodado e credita postura do segundo tempo à expulsão e cansaço

4.2 mil visualizações 129 comentários Comunicar erro

Por Andrew Sousa e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

Carille viu o Corinthians sendo dominado pelo Ceará na reta final da partida

Carille viu o Corinthians sendo dominado pelo Ceará na reta final da partida

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A atuação do Corinthians na derrota por 1 a 0 contra o Ceará, na noite desta quarta-feira, irritou grande parte da Fiel. Para alguns, o motivo da queda de rendimento da equipe foi a vantagem construída na ida, quando bateu os nordestinos por 3 a 1. Questionado sobre o tema, Fábio Carille negou que seus comandados tenham se acomodado pelo resultado agregado.

"A gente não se acomodou, o primeiro tempo foi legal e agressivo na marcação. Até a expulsão não sofremos, Clayson puxou bem o contra ataque. Depois tivemos dificuldade, olhamos a parte física para trocar. Gostei do Mauro prendendo algumas bolas. A ideia era essa para segurar a bola", explicou, em coletiva concedida após a partida.

Leia também:
Corinthians garante quase R$ 2 milhões por classificação sobre o Ceará; confira premiações
Derrota contra o Ceará encerra terceira maior sequência invicta do Timão na década
Críticas à dupla e Walter valorizado: Fiel repercute classificação do Corinthians com derrota

Para o treinador, foi a expulsão de Cássio e o cansaço de seus atletas que ditaram o desempenho alvinegro no segundo tempo. Bastante recuado, o time sofreu uma pressão no fim de jogo e Walter teve de fazer duas boas intervenções para evitar que a decisão fosse para os pênaltis.

"Depois de tanto tempo a gente recuou. Pedi para o time subir mais. No segundo tempo voltamos mais altos, e o Ceará começou a rifar a bola, que era o que queríamos. Depois da expulsão a preocupação é grande. Ceará tem jogadores que pegam bem na bola e que sabem fazer gol na frente. Você toma um gol, ainda está classificando, toma bola na frente, então é normal essa preocupação", comentou.

"Conseguimos nosso objetivo. Entramos para tentar a vitória. Mas depois da expulsão as coisas ficaram mais difíceis por causa do cansaço", concluiu.

Carille e seus comandados, vale destacar, têm um dia para digerir o resultado negativo. De folga nesta quinta-feira, o elenco volta a treinar na sexta-feira, visando o embate de volta das semifinais do Paulistão, contra o Santos, na segunda-feira.

Veja mais em: Copa do Brasil e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Cássio, Manoel e Gil não ficam à disposição de Fábio Carille contra o Cruzeiro

    Com três desfalques, Corinthians divulga relacionados para duelo com Cruzeiro; veja provável time

    ver detalhes
  • Fábio Carille reclamou de dores no joelho esquerdo recentemente

    Carille vai passar por procedimento no joelho e vira 'desfalque' para o Corinthians

    ver detalhes
  • Escudo revelado nesta sexta-feira apareceu em livro de 2011 (canto inferior esquerdo)

    Escudo do Corinthians 'descoberto' nesta sexta-feira apareceu em livro de 2011; entenda

    ver detalhes
  • Urso apareceu em campo pela primeira vez desde que lesionou a coxa direita

    Júnior Urso volta a treinar em campo e se aproxima de retorno ao Corinthians

    ver detalhes
  • Fagner pode ganhar até quatro companheiros de posição no Corinthians em 2020

    Corinthians pode ter até cinco opções para lateral direita em 2020

    ver detalhes
  • Atacante agradou e fica para a Copinha

    Corinthians prorroga empréstimo de atacante paraguaio do time Sub-20

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: