Ralf revela postura de desprezo de David Luiz e ingleses ao Corinthians durante final do Mundial

19 mil visualizações 89 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Ralf durante a partida contra o Chelsea, em 2012

Ralf durante a partida contra o Chelsea, em 2012

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O volante Ralf, que vem sendo o capitão da equipe com frequência nos últimos jogos, participará de mais uma final com a camisa do Corinthians. Nessa terça-feira, ele relembrou um momento específico da sua carreira, durante a partida decisiva do Mundial de 2012, vencida pelo Timão, ao citar um ato de possível desrespeito de um adversário.

Ralf explica que viu os jogadores do time inglês, em especial o brasileiro David Luiz, agir com um aspecto de que o jogo seria fácil para eles, pela nítida diferença de investimento entre os elencos, assim como o atual nível do futebol europeu contra o sul-americano. Mesmo assim, o Timão fez uma grande partida e conquistou um de seus maiores títulos na história.

"Não tenho uma lembrança direta do Mundial, eu me lembro só do David Luiz batendo as travas no chão e nós entendemos como um 'vamos atropelar eles, quem manda é a gente', isso ficou na minha cabeça e eu não esqueço", disse o volante em participação no quadro "Tudo menos futebol", da Corinthians TV.

"Nós sabíamos que o jogo nem tinha começado ainda. É fácil você falar, mas na hora que começa o jogo é que vamos saber quem tem mais garrafa para vender. Naquele momento, na cabeça deles, eles iriam atropelar a gente e nós respeitamos, assim como todos os jogos da Libertadores, o primeiro jogo, e contra eles fomos campeões. O futebol é decidido dentro das quatro linhas, não tem time bobo, nem melhor ou pior", completou.

Leia também:
Final do Paulistão reúne melhor x pior em clássicos no ano; rival do Corinthians tem zero vitória
Kazim vai à loucura com jogo do Corinthians e elogia Cássio nas redes sociais

O volante também deixou um recado para a Fiel, que esteve em peso no Japão e segue apoiando o time em qualquer situação. Em mais uma final de Campeonato Paulista, agora contra o São Paulo, ele garante que o time continuará lutando por títulos.

"Quero agradecer eles de todas as formas. Onde a gente vai eles nos representam muito bem. Até brinco com os meus amigos que deve ter gente endividada até hoje pelo jogo contra o Chelsea, porque era um sonho de muitos corinthianos e pudemos dar essa alegria para eles e para nós. E dizer para eles continuarem acreditando porque ainda temos muitas coisas para ganhar", finalizou.

Confira mais da entrevista de Ralf à Corinthians TV

Veja mais em: Ralf e Mundial de Clubes.

Veja Mais:

  • Fábio Carille reclamou de dores no joelho esquerdo recentemente

    Carille vai passar por procedimento no joelho e vira 'desfalque' para o Corinthians

    ver detalhes
  • Fagner pode ganhar até quatro companheiros de posição no Corinthians em 2020

    Corinthians pode ter até cinco opções para lateral direita em 2020

    ver detalhes
  • Boquita é abraçado após marcar o segundo gol do Corinthians contra o Atlético-MG, que agora é o gol 10.000 da história

    Historiador encontra resultado da década de 20; autores dos gols históricos do Corinthians mudam

    ver detalhes
  • Arena Corinthians deve receber público razoável na noite de sábado

    Corinthians anuncia parcial de ingressos vendidos e dois setores esgotados contra o Cruzeiro

    ver detalhes
  • Janderson, Carlos, Vital e Pedrinho durante conversa com Andrés Sanchez

    Um mês após criticá-los, Carille apostou em 'meninos' suas últimas fichas no Corinthians

    ver detalhes
  • Símbolo foi utilizado em amistosos em 1916

    Departamento do Corinthians descobre símbolo usado pelo clube há mais de 100 anos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: