Carille diz que promoveu alterações na equipe em final para tentar 'ficar mais com a bola'

3.7 mil visualizações 62 comentários

Por Vitor Chicarolli e Rodrigo Vessoni, de Morumbi

Corinthians e São Paulo empataram por 0 a 0 neste domingo

Corinthians e São Paulo empataram por 0 a 0 neste domingo

Rodrigo Vessoni / Meu Timão

O Corinthians entrou em campo com alterações em sua equipe titular no duelo com o São Paulo, que terminou em um empate sem gols, no Morumbi, pelo partida de ida da final do Campeonato Paulista. Além de Carlos Augusto no lugar de Danilo Avelar, Fábio Carille promoveu a entrada de Ramiro e Jadson, na vaga de Pedrinho e Sornoza, respectivamente.

Questionado sobre o tema, o treinador explicou, em entrevista coletiva concedida após o Majestoso, porque promoveu essas duas mudanças em sua equipe. Carille revelou que optou pela dupla no ataque alvinegro para tentar ficar mais com a bola.

"Me incomodou muito o jogo com o Santos. No primeiro jogo nós fomos melhor e no segundo o Santos foi muito melhor do que a gente. Escolhi Jadson e Ramiro para ficar mais com a bola, mas ainda falta um pouco do conjunto. E temos que continuar a ser agudo com o Clayson, que é agressivo com a bola", disse.

Leia também:
Vital vibra com oportunidade, mas reforça desejo de atuar em mais jogos pelo Corinthians
Tranquilo com chance em final, Carlos Augusto 'esquece' erro contra o São Paulo no Sub-20
Jadson diz que se doou muito na final e quer ganhar título em seu centésimo jogo na Arena

Ao longo da segunda etapa, Carille promoveu a entrada de Mateus Vital no lugar de Jadson, deixando Sornoza, titular nas últimas partidas, no banco de reservas. De acordo com o treinador, o equatoriano não briga por posição com o camisa 10 pelo fato de não saber atuar "de costas" para o gol.

"O Sornoza não sabe jogar de costas, por isso que a gente estava jogando no 4-1-4-1. O Jadson sabe, e consegue abrir espaço. Hoje foi uma mudança de postura, um 4-2-3-1, com o Ramiro pelo lado, onde ele foi muito bem assim pelo Grêmio, e essa é a ideia. O Sornoza não disputa posição com ele, e foi a nossa escolha em jogar assim", concluiu.

Vale ressaltar que Jadson vem sentindo um desgaste maior que os demais na parte física. Sornoza, por sua vez, consegue acompanhar a equipe em jogos movimentados e vem sendo escalado com mais frequência pelo treinador.

O Corinthians volta suas atenções para a Copa do Brasil. A equipe de Fábio Carille visita a Chapecoense, em Chapecó, pela partida de ida da quarta fase da Copa do Brasil. Em tempo: gol marcado fora de casa não é critério de desempate.

Veja mais em: Fábio Carille, Campeonato Paulista e Majestoso.

Veja Mais:

  • Balbuena e Corinthians intensificam conversa para retorno do zagueiro ao clube

    Corinthians se reúne com agente de Balbuena na Argentina para tentar contratação

    ver detalhes
  • Du Queiroz prolongou seu contrato com o Corinthians

    Corinthians prolonga vínculo de Du Queiroz; veja nova data

    ver detalhes
  • Vítor Pereira comemorou muito a classificação do Corinthians

    'Explosão' de Vítor Pereira marca bastidores de classificação do Corinthians contra o Boca Juniors

    ver detalhes
  • Gustavo Mosquito não atua há oito partidas pelo Corinthians

    Corinthians recebe sondagens por Gustavo Mosquito; atleta não fez sétimo jogo no Brasileiro

    ver detalhes
  • SBT teve grandes números de audiência durante o duelo

    Classificação do Corinthians contra o Boca Juniors garante liderança isolada ao SBT na audiência

    ver detalhes
  • Corinthians já ultrapassou meta prevista financeira pela diretoria para a Libertadores no início do ano

    Corinthians fatura quase R$ 30 milhões em premiação na Libertadores; veja quantia total e por fase

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x