Cássio é avisado que será capitão do Corinthians na decisão; goleiro exalta familiares por perto

20 mil visualizações 94 comentários

Por Meu Timão

Cássio com a pequena Maria, de um ano e meio, na coletiva dessa sexta-feira

Cássio com a pequena Maria, de um ano e meio, na coletiva dessa sexta-feira

Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Na manhã desta sexta-feira, Cássio e Danilo Avelar concederam a última entrevista coletiva antes da grande final de domingo, contra o São Paulo. Entre tantas outras perguntas, Cássio foi questionado sobre ser capitão da equipe no jogo de domingo e também sobre a presença da família em momentos decisivos.

Como é de costume desde a época em que Tite era treinador do Corinthians, o time não tem um capitão fixo. A ideia é dar grande importância a todos os jogadores do elenco e, por isso, a faixa está cada jogo com um jogador. Cássio confirmou que o capitão da equipe no domingo será ele mesmo:

"Sim, serei o capitão na final. Fábio me disse ontem. Temos que fazer um grande jogo primeiro, respeito pelo São Paulo, mesmo com toda a atmosfera. Foco total em fazer um grande jogo, tentar sair com uma grande vitória. Jogo complicado, tentar nos impor em casa." avaliou o goleiro durante entrevista no CT Joaquim Grava.

O gigante ainda fez questão de exaltar o merecimento de outros atletas que também usaram a braçadeira de capitão na competição: "Questão de ser campeão, qualquer um que vinha sendo capitão é merecedor e poderia erguê-la. Vai ser um momento muito feliz de erguer a taça"

Quando questionado sobre a presença das famílias dos jogadores em momentos decisivos como esse, Cássio falou sobre a energia positiva que os familiares transmitem no CT Joaquim Grava.

"Isso é uma coisa muito bacana do Corinthians desde anos atrás, as crianças, filhos de jogadores aqui. Para a família, a gente é sempre herói. É sempre quem suporta. Na vitória ou derrota, enxuga as lágrimas, te dá um abraço. Neste momento, antes de uma decisão, muito legal estar perto da família e pegar essa energia positiva, quanto mais perto estivermos, melhor." concluiu o goleiro

Por fim, o camisa 12 falou um pouco sobre a sensação de ser pai. "Saí de casa aos 13 anos com um sonho. Quando você é pai, muda o sentimento, muda o carinho, ter seus filhos em casa, você pode estar cansado, eles sorriem e parece que passa o cansaço. Ter filho é uma bênção, ajuda, muda a rotina, é diferente."

Cássio, Avelar & cia entram em campo no domingo, contra o São Paulo. A finalíssima do Paulista acontece às 16h, na Arena Corinthians.

Veja mais em: Cássio e CT Joaquim Grava.

Veja Mais:

  • Balbuena e Corinthians intensificam conversa para retorno do zagueiro ao clube

    Corinthians se reúne com agente de Balbuena na Argentina para tentar contratação

    ver detalhes
  • Gustavo Mosquito não atua há oito partidas pelo Corinthians

    Corinthians recebe sondagens por Gustavo Mosquito; atleta não fez sétimo jogo no Brasileiro

    ver detalhes
  • Corinthians já ultrapassou meta prevista financeira pela diretoria para a Libertadores no início do ano

    Corinthians fatura quase R$ 30 milhões em premiação na Libertadores; veja quantia total e por fase

    ver detalhes
  • Bruno Méndez durante treino no CT Joaquim Grava

    Corinthians recebe consulta de mexicanos por Bruno Méndez e espera proposta pelo uruguaio

    ver detalhes
  • Ramiro está de volta ao Corinthians a pa

    Trio emprestado volta a treinar pelo Corinthians na quinta; saiba quando atletas podem atuar

    ver detalhes
  • João Victor foi titular diante do Boca Juniors nesta terça-feira, mas deixou o campo ainda no primeiro tempo

    João Victor deixa hotel do Corinthians e viaja para assinar com o Benfica

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x