Trimão: Corinthians chega a cinco títulos em cinco anos de Arena Corinthians

14 mil visualizações 101 comentários Comunicar erro

Arena Corinthians já ajudou a empurrar o Timão na conquista de cinco títulos

Arena Corinthians já ajudou a empurrar o Timão na conquista de cinco títulos

Otávio Ariano / Meu Timão

Desde 2014, a Fiel tem uma nova casa. Isso porque o Corinthians deixou de mandar seus jogos no Pacaembu e passou a fazê-lo na Arena Corinthians. Em quase cinco anos de existência, a Arena foi palco de muitas histórias, tanto de fiéis torcedores quanto do próprio time. Com o caneco levantado neste domingo, o Timão chegou ao quinto título conquistado na Casa do Povo.

A Arena Corinthians já soma 169 jogos nesse período, com 276 gols marcados pelos jogadores alvinegros. Dos cinco títulos conquistados no período, três foram definidos em jogos dentro de Itaquera - incluindo o deste domingo, contra o São Paulo. Os outros dois contaram com a força da Arena para embalar as campanhas alvinegras.

Diante disso, o Meu Timão listou os cinco títulos conquistados para que você, torcedor, possa reviver um pouquinho a emoção de cada um desses momentos.

Da desconfiança a uma campanha história no Brasileirão 2015

Jogadores exibem taça do Brasileiro 2015

Jogadores exibem taça do Brasileiro 2015

Marcos Ribolli

O Corinthians começou o Campeonato Brasileiro de 2015 desacreditado após sofrer um desmanche no início do ano, mas terminou a competição se sagrando hexacampeão. A equipe, inclusive, conquistou o título com três rodadas de antecedência, conta o Vasco, em São Januário.

Tite comandou os jogadores em uma campanha impecável que bateu recordes na história do campeonato por pontos corridos. E teria feito melhor, não fosse o desempenho ruim do início do campeonato – mas que foi superado. O elenco corinthiano de 2015 é dono de uma das maior séries de jogos invictos na história do campeonato por pontos corridos; da maior média de público da edição; chegou ao recorde de 24 vitórias e apenas cinco derrotas; e da maior pontuação na história dos pontos corridos, com 81 pontos.

Mas o torneio teve um jogo mais marcante que o duelo que decretou o título corinthiano. E foi na Arena Corinthians. Na rodada seguinte ao encontro com o Vasco, o Timão bateu o São Paulo, por 6 a 1, com o time reserva. No final, ainda receberam a taça de campeão e deram volta olímpica na frente da Fiel.

E no fim, o Corinthians não despencou no Brasileirão 2017

Cássio levantou a taça de hepta campeão brasileiro

Cássio levantou a taça de hepta campeão brasileiro

Werther Santana/ Estadão Conteúdo

Após iniciar o ano com dificuldades, ser intitulado como quarta força do Campeonato Paulista e ser, mais uma vez, desacreditado pela imprensa, o Corinthians começou o Campeonato Brasileiro com bastante consistência. A primeira vitória da equipe veio na segunda rodada e logo no quinto jogo, contra o Vasco, o time se tornou líder para assim ficar até o fim. Na ocasião, o Timão saiu de São Januário vitorioso por 5 a 2.

Após um primeiro turno invicto, os jogadores do Corinthians ouviram o treinador do Grêmio, Renato Gaúcho, dizer que a equipe “despencaria” no Brasileirão. Não aconteceu. A equipe caiu de produção, isso é inegável, mas não deixou a primeira colocação em momento algum.

A campanha alvinegra do heptacampeonato foi mais uma digna de bons números e entrou para a história. Mais uma vez o Corinthians foi campeão com três rodadas de antecedência, dessa vez em casa e em cima do Fluminense pelo placar de 3 a 1.

Um jogo que se destaca na campanha - além do jogo que sagrou o time campeão, merecedor da linda festa que fez a torcida - foi o Dérbi do segundo turno. Com a queda na produção, o Timão viu o rival Palmeiras diminuir a distância na tabela para cincos pontos e logo as equipes se enfrentariam. Isso deu o que falar. O corinthiano e apresentador Neto, em seu programa, não conteve suas emoções nem suas palavras e ficou extremamente bravo com o time pelo mau desempenho, chegando até a falar que a equipe perderia o título para o rival. Justiça seja feita, o Corinthians fez um ótima partida apoiado pela Fiel e saiu vitorioso por 3 a 2, em um importante passo para o título.

A quarta força foi campeã Paulista em 2017

Cássio ergueu a taça do paulista 2017

Cássio ergueu a taça do paulista 2017

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Os trabalhos no início dessa temporada foram difíceis e (quase) todos desacreditavam de que pudesse gerar bons frutos. O técnico Fábio Carille, até então auxiliar, foi efetivado no cargo de treinador após experiências não bem sucedidas com outros profissionais – e também por falta de dinheiro para um investimento maior.

Com um elenco sem muitos nomes de destaque, o Corinthians foi intitulado pela imprensa e por muitos rivais como ”a quarta força” do estado. Superadas algumas dificuldades, o time começou a “virar a chave” justamente contra o rival Palmeiras, quando ganhou por 1 a 0 na Arena. O aproveitamento do time no torneio foi bom: dez vitórias em 18 jogos, além de nenhuma derrota em clássicos.

Na final, o Timão enfrentou a Ponte Preta. No primeiro duelo, no Moisés Lucarelli, o Corinthians deu show e ganhou por 3 a 0. Já no jogo da volta, em solo corinthiano, o jogo acabou empatado em 1 a 1 e o Timão ficou com a taça. Foi o 28º título estadual alvinegro. O Corinthians provou ser, na verdade, a primeira força.

Timão foi bicampeão da fé no Paulista 2018

O Timão conquistou o título de campeão Paulista na casa do rival

O Timão conquistou o título de campeão Paulista na casa do rival

Divulgação

O Corinthians começou o campeonato perdendo o primeiro jogo, mas com uma goleada na segunda rodada por 4 a 0 sobre o São Caetano a equipe engrenou uma boa sequência de resultados. Ao todo foram dez vitórias, dois empates e seis derrotas. Ao final da fase de grupos, o Timão estava em primeiro e disputaria as quartas de final contra o Bragantino.

No primeiro jogo, o time do Parque São Jorge foi surpreendido e acabou derrotado por 3 a 2 no Pacaembu. No segundo duelo, a equipe fez bom proveito da vantagem de decidir em casa ao lado da Fiel, se recuperou, venceu por 2 a 0 e avançou para a semifinal. O próximo duelo era um clássico, contra o São Paulo.

O primeiro jogo mais uma vez não foi bom para o Timão e a equipe saiu do Morumbi derrotada por 1 a 0. Mais uma vez a vantagem era adversária, mas novamente o Timão decidiria ao lado da Fiel. E quando parecia estar tudo decidido, aos 47 minutos do segundo tempo, Rodriguinho marcou de cabeça e recolocou o Timão na disputa. O Corinthians já tinha provado (mais de uma vez) que dele não se pode duvidar. A decisão foi para os pênaltis, Cássio brilhou com duas defesas e o Corinthians avançou para a final. A grande decisão seria contra “o time com melhor elenco”, o Palmeiras.

Era a primeira fase de mata-mata que o Timão não tinha a vantagem de decidir em casa. O primeiro jogo foi na Arena e mesmo com a força da Fiel o time foi derrotado por 1 a 0. Mais uma desvantagem para ser revertida, dessa vez fora de casa. No Allianz Parque, com pouco mais de um minuto de jogo, Rodriguinho marcou o tento corinthiano e igualou o placar agregado. Sem mais gols durante toda a partida, os times decidiram o campeão nos pênaltis. E em mais uma tarde, Cássio brilhou, defendeu outros dois pênaltis e ajudou a garantir o título Paulista ao clube do Parque São Jorge – conquista com gostinho especial, no campo do arquirrival.

E mesmo em um momento “não tão bom”, o Timão foi tricampeão paulista em 2019

O técnico Fábio Carille retornou ao Corinthians no início da temporada de 2019 e não engrenou os trabalhos logo de cara, como foi em 2017. Sem alguns dos jogadores que tinha em sua última passagem pelo clube e com 12 peças novas no elenco, Carille encontrou certa dificuldade para definir seu time titular e por isso seu desempenho foi questionável.

Depois de alguns jogos, o time parecia ter achado a solução de seus problemas: Gustagol. O camisa 19 balançava as redes em muitas das oportunidades que tinha, era o homem gol do Corinthians. E quando as coisas estavam se encaixando, Gustagol sofreu uma lesão e ficou afastado dos campos. Quando retornou, o entrosamento que tinha se iniciado já não era mais o mesmo, o meio campo não funcionava tão bem e as bolas não chegavam para ele como antes.

Em meio a Copa do Brasil e o próprio Paulista, o desempenho corinthiano foi caindo, os resultados deixavam um pouco a desejar e as críticas da imprensa eram até exageradas. Nas quartas de final, o alvinegro deixou para trás a Ferroviária. Após dois empates por 1 a 1, o Timão avançou para a semifinal nos pênaltis - Cássio defendeu uma cobrança adversária, levando a Fiel à loucura. Nas semifinais, o Corinthians passou pelo Santos também nos pênaltis. Após uma vitória por 2 a 1 em casa, a equipe da Baixada Santista se deu melhor no segundo jogo, no Pacaembu, ganhou por 1 a 0 e igualou o placar agregado. Na disputa por pênaltis, cada time cobrou oito vezes e dessa vez Cássio não fez nenhuma defesa, mas viu Victor Ferraz errar e o Timão avançar.

O primeiro duelo da final foi equilibrado e nenhum dos times conseguiu balançar as redes do Morumbi levando a decisão para o segundo jogo, na Arena Corinthians. Na partida decisiva, Danilo Avelar abriu o placar no primeiro tempo e viu Antony empatar. Nos minutos finais, quando tudo parecia encaminhar para mais uma disputa de penalidades, Vagner Love marcou o gol e garantiu o título para o Timão.

Veja mais em: Especiais do Meu Timão, Campeonato Paulista, Campeonato Brasileiro e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Igor Marques é hoje um dos principais jogadores do Sub-20 do Corinthians

    Corinthians acerta contrato profissional com lateral do Sub-20 até 2022

    ver detalhes
  • Bruno Méndez é visto como titular da equipe em 2020, com chances de antecipar a condição ainda neste ano

    A curto e longo prazo, veja como o Corinthians preparou Bruno Méndez para ser titular

    ver detalhes
  • Fábio Carille sofre pressão por conta do mau desempenho do Corinthians

    Carille está em xeque porque Corinthians há dois meses não joga bem. Lembra última vez?

    ver detalhes
  • Categorias de base do Corinthians voltam a ser alvo de estelionatários

    Corinthians alerta para tentativas de golpe nas peneiras do clube e vai à Polícia; veja nota oficial

    ver detalhes
  • Carille não falou após o empate com a imprensa, mas foi defendido pelos seus atletas

    Carille não dá entrevista, mas é elogiado por atletas do Corinthians

    ver detalhes
  • Cássio e Gil não poderão atuar contra o Cruzeiro no sábado

    Corinthians perde dupla titular absoluta para a próxima rodada do Brasileiro

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: