Pivô do Corinthians, Guilherme Giovannoni anuncia aposentadoria do basquete

Pivô do Corinthians, Guilherme Giovannoni anuncia aposentadoria do basquete

Por Meu Timão

3.3 mil visualizações 40 comentários Comunicar erro

Giovannoni chegou ao Corinthians em julho de 2018

Giovannoni chegou ao Corinthians em julho de 2018

Beto Miller/Ag. Corinthians

Um dos grandes ícones do basquete brasileiro, Guilherme Giovannoni anunciou sua aposentadoria do basquete, aos 38 anos, nesta terça-feira. Contratado em julho de 2018, o ala/pivô disputou 49 partidas pelo Corinthians.

Nesta temporada do NBB, Giovannoni foi um dos destaques do Timão e teve médias de 12.1 pontos, 5 rebotes, 1.6 assistências e 12.5 de eficiência em 31 jogos. Além disso, se aposentou como quarto maior cestinha de toda a história do torneio, com 5.792 pontos anotados ao longo de 349 jogos.

Leia também:
Gustagol eterniza tri do Paulistão com tatuagens da taça e de sua comemoração típica; veja imagens
Vereador apresenta projeto para trecho da Radial Leste virar 'Avenida Corinthians'
Árbitro estreia em jogos do Corinthians na decisão desta quarta-feira pela Copa do Brasil

Cabe ressaltar que o anúncio foi feito durante transmissão da partida entre Philadelphia 76ers e Brooklyn Nets pelos playoffs da NBA, pelo próprio ex-jogador, que também é comentarista dos canais ESPN. Após a revelação, o ex-ala publicou uma mensagem em seu Instagram - veja abaixo.

Giovannoni foi um dos principais nomes do basquete brasileiro nos últimos anos. Com passagens pela Seleção Brasileira, ele soma títulos importantes como três Campeonatos Brasileiros (2009/10, 2010/11 e 2011/12), três Sul-americanos (2010, 2013 e 2015), um Italiano (2005/06), duas Copas América (2005 e 2009) e duas medalhas de Ouro em Jogos Pan-Americanos (1999 e 2003).

Confira a publicação de Giovannoni

Eu gostaria que todas as pessoas tivessem a sensação de realizar um sonho. O meu começou com 8 anos e a vida se encarregou de realiza-lo. A quadra sempre foi um lugar sagrado pra mim. Nela aprendi a respeitar os meus limites, a exigir o melhor de mim e dos meu companheiros e, principalmente, a superar todos os meus problemas. Foi dentro das quatro linhas que eu conheci as melhores pessoas e aprendi a lidar com quem não tinha afinidade. O basquete foi a minha faculdade. Tornei-me melhor e conheci o meu pior. O jogo tem disso também. Não teve um dia em que não me diverti. E isso devo a todos que compartilharam o mesmo sonho que o meu. Prometi a mim mesmo que enquanto eu me divertisse ficaria no jogo, mas a vida tem dessas coisas e, aquilo que eu jamais conseguiria viver sem, tomou outras formas. Deixei tudo em quadra. Não quero mais nada só gostaria de agradecer esses longos 31 anos de atividade e de respeito ao esporte. Nos vemos pela TV para falar de basquete porque eu saio do jogo, mas o jogo não sai nunca de mim. #deixeitudoemquadra

Uma publicação compartilhada por Guilherme Giovannoni (@giovannoni12) em

Veja mais em: Basquete.

Veja Mais:

  • Vagner Love marcou gol da vitória do Corinthians sobre o Athletico

    Love e Pedrinho brilham, Corinthians vence Athletico em Curitiba e 'pega elevador' no Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians de Love, Ralf & cia. já aparece na parte de cima da classificação do Brasileirão

    Corinthians deixa quarteto cascudo para trás e encosta no pelotão de frente; veja classificação

    ver detalhes
  • Pedrinho e Vagner Love foram dois dos melhores avaliados pela torcida do Corinthians

    Nem Love, nem Pedrinho: torcida 'surpreende' ao eleger craque da vitória do Corinthians

    ver detalhes
  • Drogba conversou sobre vinda ao Corinthians em 2017

    Drogba explica motivo de recusa da oferta do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia: