Carille reforça sequência desgastante do Corinthians, mas revela incômodo com erros de sua equipe

4.4 mil visualizações 85 comentários

Por Meu Timão

Fábio Carille lamentou os desfalques de sua equipe por conta de problemas físicos

Fábio Carille lamentou os desfalques de sua equipe por conta de problemas físicos

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Depois de conquistar o tricampeonato paulista e garantir uma vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, a Fiel certamente esperava uma outra atitude do Corinthians na estreia do Campeonato Brasileiro. Em Salvador, o Timão não teve uma boa atuação e perdeu de virada para o Bahia por 3 a 2.

Em entrevista coletiva concedida nos vestiários da Arena Fonte Nova, Fábio Carille justificou o baixo nível de sua equipe, e revela que ficou incomodado com o alto número de erros de passe do Corinthians.

"Nós estamos vindo de jogos decisivos, aonde pela intensidade dos jogos e pela entrega acabamos ficando sem algumas peças. Procurei manter o mesmo time de quarta, mas começamos com dificuldade, aí acabei trazendo o Ramiro para fazer aquilo que ele faz bem, soltando o Pedrinho por dentro, mas o que mais me incomodou foram os erros de passe. Sabia que com a posse que tivemos no primeiro tempo, o adversário ia jogar no erro, e isso aconteceu bastante e o Bahia soube aproveitar as oportunidades", disse.

Com poucas chances criadas, o Corinthians foi inofensivo ao goleiro adversário na primeira etapa. Carille justifica essa queda de produção por problemas físicos, e apesar da alta posse de bola, o comandante não deixou o estádio satisfeito.

"Os dois times procurando ter controle. Jogar aqui contra o Bahia, geralmente eles fazem uma pressão e não fizeram. A gente com dificuldade, principalmente na parte física, com o adversário com superioridade nas divididas, por isso foi um primeiro tempo morno, com os gols no final salvando. E no segundo tempo acabei sofrendo os gols nas substituições, e por isso ficou difícil de buscar o resultado", expôs.

"Essa posse de bola engana, por isso não gosto de me apegar em números. Ficou muito com os meus zagueiros a bola. Está mais do que provado que não é quem tem a bola que vai ganhar, mas a gente tem que jogar mais, movimentar mais para agredir mais o adversário", acrescentou.

Leia também:
Pedrinho destaca dificuldade, e fala em falta de equilíbrio na equipe após segundo gol sofrido
Saudade de contestados e substituições reprovadas: Fiel repercute estreia do Corinthians no BR-19
Corinthians larga na frente, mas sofre virada e estreia com derrota no Campeonato Brasileiro

Por fim, o treinador reforçou a qualidade e o alto nível de competitividade do Brasileirão, mas contou que erros individuais, como os de hoje, podem fazer toda a diferença ao longo da competição.

"O campeonato vai ser difícil. Você pega o Ramires, Gregore, Elton, todos vem bem. Os jogos vão ser muito iguais, muito tático, e eu acho que erros individuais é que vão fazer a diferença nesse campeonato", conlcuiu.

Veja mais em: Fábio Carille e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians fez treino diferente nesta quinta-feira

    Corinthians treina em praia de Fortaleza antes de voltar para a capital paulista

    ver detalhes
  • Timãozinho foi superado pelo São Paulo

    Corinthians é superado pelo São Paulo fora de casa e perde liderança do Brasileiro Sub-20

    ver detalhes
  • Thalisson renova vínculo com o Corinthians até 2022

    Corinthians prorroga contrato de atacante do Sub-20 por uma temporada

    ver detalhes
  • Corinthians se classificou para a semifinal da LNF

    Corinthians supera Carlos Barbosa e garante vaga na semifinal da Liga Nacional de Futsal

    ver detalhes
  • Empate com o Fortaleza brecou mais uma chance de vitórias seguidas no Corinthians

    Corinthians não engata série de duas vitórias desde o Campeonato Paulista

    ver detalhes
  • Cássio tira a bola dos pés de adversário na partida contra o Fortaleza

    Fiel elege Cássio e Jô como os melhores do Corinthians contra o Fortaleza; meia é o pior

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: