Corinthians supera Chapecoense e conquista primeira vitória no Campeonato Brasileiro

Corinthians Corinthians 1 x 0 Chapecoense Chapecoense

Brasileiro 2019

Corinthians supera Chapecoense e conquista primeira vitória no Campeonato Brasileiro

35 mil visualizações 418 comentários Comunicar erro

Carlos Augusto marcou o primeiro e único gol do Corinthians nesta quarta-feira

Carlos Augusto marcou o primeiro e único gol do Corinthians nesta quarta-feira

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Depois de estrear com derrota no Campeonato Brasileiro, o Corinthians se recuperou e conseguiu somar os primeiros três pontos na competição. Na tarde desta quarta-feira, a equipe de Fábio Carille recebeu a Chapecoense, na Arena, em Itaquera, e venceu pelo placar de 1 a 0.

Em jogo disputado e com poucas chances claras de gols, Carlos Augusto foi o único jogador a balançar as redes, aos nove minutos da segunda etapa. Por sinal, foi o primeiro gol do lateral-esquerdo como profissional, em 16 atuações pelo Timão.

Agenda - O próximo compromisso alvinegro também é pelo Campeonato Brasileiro. O Corinthians visita o Vasco no próximo sábado, às 19h, na Arena Amazônia, em Manaus, pela quinta rodada da competição.

Escalações

Ainda desfalcado de nomes como Henrique, Júnior Urso, Danilo Avelar e Gustagol, Fábio Carille optou em dar continuidade ao time que enfrentou o Bahia no último domingo. Sendo assim, Pedro Henrique, Carlos Augusto, Ramiro e Mauro Boselli, voltaram a receber uma chance no time principal.

Assim, sem mais delongas, o Corinthians entrou em campo com Cássio; Fagner, Manoel, Pedro Henrique e Carlos Augusto; Ralf, Ramiro (C), Pedrinho, Sornoza e Clayson; Boselli.

Corinthians escalado para a estreia do Brasileirão

A Chapecoense do técnico Ney Franco, por sua vez, veio com Tiepo; Eduardo, Gum, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Tharlis, Régis, Campanharo e Alan; Everaldo.

Primeiro tempo

O jogo começou com uma boa chegada do Corinthians. Logo aos dois minutos, Sornoza cobrou escanteio na área, Carlos Augusto subiu bem e Ramiro quase completou para o gol. E o Timão queria jogo.

Os 15 minutos iniciais foram marcados por uma posse de bola totalmente alvinegra, mas sem chances de ampliar o marcador. A equipe de Fábio Carille não conseguia encaixar um ataque perigoso e os meias vinham se movimentando muito pouco.

A Chapecoense, por sua vez, só veio chegar ao gol corinthiano aos 19 minutos. Régis recebeu na entrada da área, cortou a marcação e bateu para o gol. A bola explodiu na defesa e passou rente à trave de Cássio, indo para escanteio.

Aos 22, Clayson costurou a defesa rival e rolou para a chegada de Ramiro. O meia chutou de fora da área, mas a bola passou por cima do gol. A Chapecoense respondeu no lance seguinte, com Régis que recebe na intermediária, mas finalizou sem muito perigo para Cássio.

Corinthians teve poucas oportunidades na primeira etapa

Corinthians teve poucas oportunidades de gol na primeira etapa

Danilo Fernandes/ Meu Timão

O último lance alvinegro que levou perigo ao adversário na primeira etapa foi quando Ralf deu um belo lançamento para Ramiro, aos 37, que tentou ajeitar para Boselli, mas Tiepo se antecipou e recuperou a bola.

Dois minutos mais tarde, veio a melhor chance do time catarinense na partida. Régis recebeu na ponta-esquerda, rolou para Campanharo, que arriscou rasteiro para o gol, passando com perigo ao lado da meta do camisa 12 do Corinthians.

Segundo tempo

Depois de um primeiro tempo discreto, Fábio Carille tratou de promover a primeira mudança em sua equipe ainda no intervalo. O volante Ramiro deu lugar ao atacante Vagner Love, e logo o treinador viu seu time ficar levemente mais ofensivo.

Aos três minutos, Fagner tocou para Love na área, que recuou para Pedrinho. O meia corinthiano rolou para Clayson chegar batendo, mas sem muita força. O primeiro gol do jogo sairia cinco minutos mais tarde.

Clayson recebeu na entrada da grande área, puxou para o meio e mandou uma bomba. A bola acabou desviando em Alan Ruschel e o goleiro Tiepo fez uma bela defesa com o pé, mas no rebote Carlos Augusto, de cabeça, abriu o placar e marcou seu primeiro gol pelo Timão.

Com o gol, o Corinthians ameaçou uma pressão e começou a levar mais perigo ao rival. Pedrinho encontra Fagner na entrada da área, aos 12 minutos, que encheu o pé e obrigou o goleiro da Chapecoense a fazer outra bela defesa e mandar a bola para escanteio.

Uma novidade, porém, aconteceu aos 22 minutos. Carille realizou outra mudança, e para surpresa de todos, o comandante optou em tirar Pedrinho e colocar o atacante Janderson em seu lugar. Por sinal, foi a primeira vez que o jovem jogador entrou em campo pelo Timão.

Pouca coisa aconteceu depois disso. O Corinthians controlava o jogo e via uma Chapecoense inofensiva tentando assustar em contra-ataques. Aos 37 minutos, o treinador alvinegro promoveu sua última substituição, colocando Mateus Vital no lugar de Clayson.

Já na reta final, Bruno Pacheco levantou na área alvinegra, Douglas desviou e bola sobrou para Gum encher o pé e obrigar Cássio a fazer uma grande defesa. O árbitro, porém, já havia marcado impedimento do zagueiro adversário.

Fim de papo em Itaquera e o clube paulista já começa a pensar na próxima partida, fora de casa, contra o Vasco, pela terceira rodada da competição.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia: