Janderson avalia estreia no profissional do Corinthians e projeta mais 'Ousadia e Alegria'

4.5 mil visualizações 44 comentários Comunicar erro

Por Julia Raya e Rodrigo Vessoni

Menino Janderson fez sua estreia pelo profissional no jogo contra a Chapecoense, na Arena

Menino Janderson fez sua estreia pelo profissional no jogo contra a Chapecoense, na Arena

Danilo Fernandes/ Meu Timão

A tarde desta quarta-feira foi marcada pela primeira vitória corinthiana no campeonato, mas essa não foi a única situação que agradou o torcedor. Nesta tarde, no jogo contra a Chapecoense, o jovem Janderson fez sua estreia pelo profissional.

Foi a primeira vez do jogador na lista de relacionados para um jogo do profissional, e ele já teve a oportunidade de estrear.

"Foi uma surpresa, vir para o meu primeiro jogo como relacionado e já entrar me deixa muito feliz. Eu venho trabalhando para isso, eu estava preparado, tive a oportunidade e graças a Deus pude entrar", disse o jogador.

"Ainda estava meio tímido, é estreia, primeira vez na Arena, mas aos poucos vou me soltando. O que importa são os três pontos", concluiu.

O atleta veio da base do Corinthians, onde disputou e se destacou em outros campeonatos pelo clube, como a Copinha e a Copa do Brasil da categoria. Após estrear pelo profissional, Janderson falou sobre o sonho realizado de jogar e de conhecer a torcida na Arena Corinthians.

"Sempre foi um sonho, até mesmo na Copa São Paulo a gente ia jogar e o estádio estava lotado. Eu aprendi a ter um amor pelo Corinthians e me dediquei para tudo isso, para poder estrear no profissional. Queria gradecer essa torcida maravilhosa pelo apoio e o incentivo", disse o camisa 31.

O atacante entrou em campo aos 23 minutos do segundo tempo, não se intimidou com os profissionais adversários e fez dos minutos em campo, tempo suficiente para mostrar que tem muito a agregar ao grupo.

"Eu jogo meu futebol, é ousadia e alegria, não tem que intimidar. Eu não caio na pressão de ninguém até porque é isso que eu gosto de fazer, jogar bola, então não teve nada disso", comentou.

"O Corinthians tem muitos jogadores de qualidade e eu estou vindo para somar. Se ele (Carille) precisar de mim eu vou estar pronto, vou entrar e fazer o que eu sei, ter velocidade e drible para poder ajudar minha equipe", finalizou o jogador.

Veja mais em: Janderson e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Ralf volta ao plantel do Timão para o jogo desta quarta-feira

    Com três retornos, Corinthians confirma lista de relacionados contra o Goiás; veja provável time

    ver detalhes
  • Corinthians não tomou conhecimento do adversário e garantiu mais um título estadual

    Corinthians goleia Magnus fora de casa e garante título do Campeonato Paulista de Futsal

    ver detalhes
  • Treinador português corre risco de demissão no Monaco

    Possível interesse do Corinthians em técnico do Monaco repercute na Europa

    ver detalhes
  • Arena compete com outros sete estádios pela honraria de sediar a final continental

    Conmebol confirma Arena Corinthians como candidata para sediar final da Libertadores de 2020

    ver detalhes
  • Timão perdeu a primeira pelo NBB

    Corinthians perde para São Paulo em noite de atuação apática na estreia do NBB

    ver detalhes
  • Casagrande rebateu as entrevistas concedidas pelo treinador

    Casagrande culpa Carille por deficiências do elenco citadas pelo técnico: 'Má escolha dele'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: