Corinthians quer vender até dois jogadores em 2019; Pedrinho, Gustagol e Léo Santos foram sondados

Corinthians quer vender até dois jogadores em 2019; Pedrinho, Gustagol e Léo Santos foram sondados

Por Meu Timão

46 mil visualizações 334 comentários Comunicar erro

Corinthiano Pedrinho é um dos mais valiosos jogadores do atual elenco

Corinthiano Pedrinho é um dos mais valiosos jogadores do atual elenco

Danilo Fernandes/ Meu Timão

O Corinthians trabalha nos bastidores com otimismo em suas finanças para fechar a temporada de 2019 com superávit - algo que só ocorreu uma vez nos últimos seis anos. Mas para isso já há uma leve cobrança interna a respeito da necessidade de vender "de um a dois jogadores" para bater a previsão orçamentária de R$ 54 milhões com venda de atletas.

A revelação foi feita pelo diretor de finanças do clube, Romeu Matias Ávila, em entrevista concedida ao portal GloboEsporte.com e publicada nesta quinta-feira.

"A gente não palpita, só é consultado se tem dinheiro em caixa. E quando precisa de dinheiro, aí eu falo. Já falei para o Andrés: 'Tem que vender um ou dois pelo menos até o final do ano', senão não vai fechar. E o próprio presidente já disse que não dá para segurar quando o atleta quer sair", alegou Matias, que projeta superávit de R$ 650 mil nos cofres corinthianos.

"Está orçado R$ 50 milhões com transferências de jogadores. Mas vamos vender mais do que isso (...) Nós já seguramos jogadores no começo do ano. E a gente acha que vende melhor no meio do ano", justificou o dirigente alvinegro.

Matias não nominou quem foi "segurado" no início de 2019, mas tornaram-se públicas sondagens a ao menos três jogadores considerados valiosos no elenco do Timão: o zagueiro Léo Santos, o meia-atacante Pedrinho e o centroavante Gustagol.

Léo Santos, que esteve na mira de Real Madrid e Barcelona em diferentes momentos do ano passado, tem multa contratual de 10 milhões de euros (hoje cerca de R$ 44 milhões). A diretoria confia numa venda de no mínimo 8 milhões de euros (R$ 35 milhões). O zagueiro foi emprestado ao Fluminense para ganhar rodagem e até visibilidade, já que não costumava receber muitas chances com Fábio Carille, mas machucou o joelho e agora faz tratamento no CT Joaquim Grava; em tese, segue vinculado por empréstimo ao clube carioca.

Pedrinho, constantemente sondado por clubes da Europa e até da China, despertou no fim do ano passado interesse do ucraniano Shakthar Donetsk, mas foi com a diretoria do alemão Borussia Dortmund que os empresários do meia-atacante sentaram para conversar. O plano de carreira apresentado ao jovem agradou, mas as tratativas não avançaram. O corinthiano, cabe lembrar, tem multa contratual de 50 milhões de euros (R$ 221 milhões).

Por fim, Gustagol, enquanto vivia começo de ano arrasador tornando-se artilheiro do Corinthians na temporada com nove gols, foi cotado pelo inglês Watford para jogar na Premier League. O clube tem histórico de revenda de atletas para clubes de maior expressão do próprio país britânico. O Timão, cabe lembrar, tem apenas 45% dos direitos econômicos.

Gustagol está atualmente se recuperando de um edema na coxa

Gustagol está atualmente se recuperando de um edema na coxa

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Apesar desse cenário de "pressão" para vender jogadores e "fazer caixa", o Corinthians segue otimista quanto à atual situação financeira do clube.

"O Corinthians está bem financeiramente, senão não teria contratado. É exatamente o contrário do que fala um monte de jornalistas aí, que está quebrado, que não tem dinheiro (...) Não temos nenhuma dívida impagável, a Arena tem um centro de custos diferente. O único compromisso que temos é de toda bilheteria ir para a Arena. O restante das receitas é direto para o clube. O Andrés é muito responsável. Ele colocou um teto de salários, que todos nós respeitamos, que dá uma tranquilidade administrativa. Isso não quer dizer que não há problema entre receitas e despesas", discursou Romeu Matias Ávila.

Em tempo: o Corinthians não vendeu nenhum jogador nesta temporada ainda. O mais próximo que chegou disso foi rescindir o contrato que tinha com Marquinhos Gabriel, liberando o atleta para o Cruzeiro e se livrando do pagamento de R$ 4 milhões em salários.

Veja mais em: Gustavo, Léo Santos, Pedrinho, Diretoria do Corinthians e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Corinthians vence Carlos Barbosa por 7 a 2 e conquista Copa do Mundo Sub-20

    Corinthians vence Carlos Barbosa de virada e conquista Copa do Mundo de Futsal Sub-20

    ver detalhes
  • Manoel volta a ficar à disposição de Fábio Carille neste domingo

    Corinthians anuncia relacionados sem Everaldo e com Manoel para clássico contra o São Paulo

    ver detalhes
  • Com gol de Love, último encontro terminou em triunfo e título do Corinthians

    Corinthians defende invencibilidade em Majestosos disputados na Arena; em 2019 foram dois triunfos

    ver detalhes
  • Parte da torcida quer permanência do atacante, enquanto outros preferem concretizar o adeus

    Torcida do Corinthians se divide em petições por permanência ou saída de Romero; entenda

    ver detalhes

Comente a notícia: