Corinthians encara Lara na Sul-Americana ciente das dificuldades da Venezuela; entenda

Corinthians encara Lara na Sul-Americana ciente das dificuldades da Venezuela; entenda

20 mil visualizações 142 comentários Comunicar erro

Mantuam e Romero comemorando um dos gols do Corinthians contra o Deportivo Lara, em 2018

Mantuam e Romero comemorando um dos gols do Corinthians contra o Deportivo Lara, em 2018

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Mesmo sem entrar em campo nesta segunda-feira, o Corinthians viveu um dia de muita expectativa. Isso porque a Conmebol realizou o sorteio dos confrontos da segunda fase da Copa Sul-Americana, e definiu que o Timão enfrentará o venezuelano Deportivo Lara, nos dias 22 e 29 de maio.

E além das dificuldades em relação a logística, como distância, calendário apertado (clássico contra o São Paulo no meio dos jogos de ida e volta) e até mesmo da pressão por ser um duelo decisivo, o Corinthians terá de enfrentar outro grande problema para chegar à Venezuela, que vive uma das piores situações da história país.

Em meio a uma crise econômica, humanitária e política, a sociedade venezuelana vem enfrentando dificuldades em todas as áreas, inclusive no esporte. Com a crise, cabe ressaltar, o salário mínimo no país equivale, atualmente, a menos de R$ 20.

Leia também:
Mesmo sem máster, Corinthians é o terceiro time do Brasil que mais arrecadou com patrocínios em 2018
Conmebol sorteia, e Corinthians enfrenta o Deportivo Lara na segunda fase da Sul-Americana

Recentemente, o mesmo Deportivo Lara não conseguiu sair da Venezuela para enfrentar o Cruzeiro, no Mineirão, pela Libertadores, por não ter um transporte aéreo direto para o Brasil. Isso ocorreu porque os aeroportos estão em constantes paralisações por falta de mínima estrutura elétrica, que vem afetando todos os serviços aeroviários do país.

Por conta desse imprevisto, o duelo entre Lara e os mineiros foi adiado duas vezes, sendo realizado apenas no dia 27 de março, após estar inicialmente marcado para o dia 13 e depois para 25 de março.

O Atlético-MG, por sua vez, também passou por algo semelhante. O embate diante do Zamora teve uma queda de energia elétrica em uma das torres de luz do estádio, já nos minutos finais. O árbitro, ciente da situação, optou em deixar o jogo seguir, mesmo com grande escuridão em uma determinada região do campo.

Situação da equipe do Deportivo Lara

Alternando entre altos e baixos na temporada, o clube atualmente é o 13º colocado do Campeonato Venezuelano. Em 18 jogos, foram seis vitórias, seis empates e seis derrotas. A competição está na última rodada.

Pela Libertadores, a equipe não conseguiu avançar de fase e amargou apenas a terceira posição do Grupo B, somando cinco pontos. Cruzeiro, Emelec e Huracán completavam o grupo.

Corinthians e Deportivo Lara, cabe ressaltar, se enfrentaram pela fase de grupos da Libertadores da temporada passada. Em Itaquera, vitória por 2 a 0. Enquanto na Venezuela, um impressionante triunfo por 7 a 2, com direito a três gols de Jadson.

Veja mais em: Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Clayson fez um bom jogo contra o São Paulo, pela final do Paulistão 2019

    CBF descarta alterações e clássico entre Corinthians e São Paulo será realizado no domingo

    ver detalhes
  • Romero já não treina mais no Corinthians desde a última segunda-feira

    Romero já não treina mais no Corinthians e pode voltar só para se despedir em julho

    ver detalhes
  • Sergio Diaz não deve fechar a semana como jogador do Corinthians

    Corinthians encaminha rescisão contratual de Sergio Díaz; ex-clube pode ser o destino

    ver detalhes
  • Clayson treinou normalmente com o grupo nesta terça-feira e pode reforçar o Corinthians

    Com retorno de Clayson, Corinthians faz segundo treino para decisão na Sul-Americana

    ver detalhes

Comente a notícia: