Love e Pedrinho brilham, Corinthians vence Athletico em Curitiba e 'pega elevador' no Brasileirão

Corinthians Corinthians 2 x 0 Athletico-PR Athletico-PR

Brasileiro 2019

Love e Pedrinho brilham, Corinthians vence Athletico em Curitiba e 'pega elevador' no Brasileirão

46 mil visualizações 691 comentários Comunicar erro

Vagner Love marcou gol da vitória do Corinthians sobre o Athletico

Vagner Love marcou gol da vitória do Corinthians sobre o Athletico

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Protagonistas do hit musical mais comentado do fim de semana, Paula Fernandes e Luan Santana que desculpem o Meu Timão. Mas por aqui o Juntos e shallow now virou Juntos e Shallove, com participação especial de Pedrinho! Com gol de Vagner Love e do jovem camisa 38, o Corinthians, mesmo jogando mal, venceu os reservas do Athletico por 2 a 0 na tarde deste domingo, na Arena da Baixada, em Curitiba, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, findando sequência de três tropeços seguidos.

Classificação - O triunfo corinthiano sobre os reservas do Athletico garantiu uma espécie de "subida de elevador" na classificação do Brasileirão. Agora com oito pontos, o Timão subiu da 12ª para a oitava colocação, atingindo sua melhor posição na atual edição do campeonato. Ficaram pelo caminho Flamengo, Bahia, Cruzeiro e o próprio Athletico.

Escalação - Talvez a principal novidade tenha sido justamente a escalação de Vagner Love como centroavante, mandando assim Mauro Boselli para o banco de reservas. Ademais, voltou ao Timão o esquema tático com dois volantes (4-2-3-1). Com Clayson entregue ao departamento médico, o Corinthians jogou com: Cássio, Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso; Ramiro, Jadson e Mateus Vital; Vagner Love.

Nova escalação - Corinthians e Athletico

Meu Timão

Agenda - Sem tempo para descanso, o Corinthians já vira a chave para a Copa Sul-Americana, competição pela qual enfrente o Deportivo Lara, da Venezuela, na próxima quinta-feira. No fim de semana seguinte, aí de novo pelo Brasileirão, o Timão mede forças com o São Paulo. Ambas as partidas estão agendadas para a Arena, em Itaquera.

Primeiro tempo

Como já se tornou quase regra no Corinthians de Fábio Carille, a postura diante do Athletico na Arena da Baixada foi de retranca e apostas em contra-ataques. Frio e calculista, o Timão conseguiu colher bons frutos desta que já se mostrou outras vezes uma perigosa estratégia.

Vagner Love foi o destaque do Corinthians. O camisa 9, tanto mais à frente como legítimo centroavante como também quando saía da área para auxiliar os armadores, criou as duas únicas chances de gol. Primeiro recebeu cruzamento de Jadson no segundo pau e cabeceou com perfeição no contrapé do goleiro Caio, abrindo o placar aos 13 minutos. Depois seria a vez do próprio Artilheiro do Amor lançar Mateus Vital, que acabou travado na hora H.

De resto, só deu Athletico. Os mandantes, mesmo escalados sem nenhum jogador considerado titular, sufocou o Corinthians e teve quase o dobro de posse de bola e cinco vezes o número de finalizações que o Timão somente nos primeiros 45 minutos. Destaque para um gol bem anulado por impedimento de Thonny Anderson.

Segundo tempo

Para a etapa final, o Corinthians até melhorou no quesito posse de bola, conseguindo colocar panos quentes na partida ao fazer a bola rodar de um lado para o outro. A dificuldade em atacar (e frear o ataque adversário), porém, seguiu a mesma que nos 45 minutos iniciais.

Nesta etapa complementar o destaque corinthiano foi Cássio, que acabou ainda mais acionado do que no primeiro tempo, fazendo boas defesas e salvando os três pontos do Timão. O Atlhetico chegou com facilidade tanto em cruzamentos quanto em lançamentos em profundidade. Bobeada da defesa alvinegra foi o que não faltou...

Numa das vezes em que Cássio não conseguiu sozinho evitar o gol, mais uma vez a arbitragem anulou tento do Athletico. O goleiro espalmou cabeceio de Thonny Anderson e viu Braian Romero, em posição de impedimento, estufar as redes. Não valeu o lance!

Num intervalo de pouco mais de dez minutos, Carille já lançou mão de suas três alterações: Pedrinho, Gustagol e Richard nas vagas, respectivamente, de Jadson, Vital e Ramiro. Os últimos 15 minutos de jogo do Corinthians foram com três volantes em campo portanto.

E tome ataque do Athletico... E tome bronca de Cássio nos companheiros de defesa... E tome contra-ataque do Corinthians! Após um desses, Pedrinho recebeu lançamento (chutão?) de Fagner, aproveitou bobeira do zagueiro e do goleiro adversários, que erraram o tempo da bola, e cabeceou de cobertura para dar números finais ao jogo. Vitória do Timão em Curitiba!

Veja mais em: Vagner Love, Campeonato Brasileiro, Pedrinho e Crônica.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia: