Figurantes gritaram 'Vai, Corinthians' em Game of Thrones; brasileiro relata episódio

Figurantes gritaram 'Vai, Corinthians' em Game of Thrones; brasileiro relata episódio

Por Meu Timão

41 mil visualizações 95 comentários Comunicar erro

Cena do episódio A Longa Noite, de Game of Thrones

Cena do episódio A Longa Noite, de Game of Thrones

Reprodução

Uma das séries de televisão mais famosas do mundo, Game of Thrones (GoT, para os íntimos) chegou ao fim no último domingo. Mas não sem antes contar com gritos de "Vai, Corinthians!" em um dos principais episódios desta que foi a última temporada.

Em entrevista concedida ao jornal Zero Hora, o gaúcho Fredy Somavila, figurante da cena de batalha no episódio "A Longa Noite", contou que, em meio aos gritos de guerra, ele entoava em alto e bom som "Grêmio!". Outros brasileiros que desempenhavam a mesma função faziam ode ao Timão por meio do tradicional bordão "Vai, Corinthians!".

"Eu gritava 'Grêmio!' o tempo todo (risos). Um grupo de brasileiros tentou combinar uns 'Vai, Corinthians!' também, mas óbvio que não deu para ouvir nada no meio da gritaria", relatou.

Leia também:
Recuperado, Gustagol segue à frente dos concorrentes como o mais eficiente do ataque; veja números
Apesar de polêmicas, média de preço do ingresso na Arena Corinthians é a menor desde a inauguração

Somavila, brasileiro que mora na Irlanda e ostenta longa e ruiva barba, foi convidado por conta da aparência, anteriormente, para gravar episódios da série televisiva Vikings. Ali descobriu a oportunidade de também participar de Game of Thrones.

"Eu era um selvagem. Foi uma loucura, foram 25 dias de gravação de batalha. O problema é que era muita fumaça. No fim das contas, não apareceu quase ninguém por causa disso. Tinha dias em que a gente mal conseguia enxergar, parecia uma neblina. Ainda assim foi fantástico porque fiquei muito próximo do Tormund na luta. Era para eu ter aparecido quando eles queimam os corpos da batalha, mas a cena acabou sendo cortada. Só mostraram o Ser Jorah queimando", explicou, citando nomes de personagens de GoT.

Em tempo: gritos de "Vai, Corinthians!" em lugares inusitados não são inéditos. Em janeiro, por exemplo, foi possível ouvir o bordão nas arquibancadas de uma quadra onde acontecia jogo do Aberto da Austrália de Tênis (Australian Open); a mesma cena já havia sido registrada em 2017, durante o Aberto dos Estados Unidos, em jogo do astro Rafael Nadal.

Veja mais em: Torcida do Corinthians.

Veja Mais:

  • Arena Corinthians segue se preparando normalmente para a Copa América 2019

    Meu Timão esclarece: Arena Corinthians não teve corte de energia

    ver detalhes
  • Camisas com patrocinadores em preto e branco já estão à venda

    Com opção acima de R$ 500, Corinthians já vende camisas com patrocínios em preto e branco

    ver detalhes
  • Contra o Vasco, mês passado, Richard foi titular do Corinthians

    Vasco insiste, e Corinthians deve negociar Richard de volta ao Rio de Janeiro

    ver detalhes
  • Atacante foi o grande nome do último Campeonato Paulista

    Corinthians pode faturar mais de R$ 1 milhão em negociação de Cria do Terrão com o Arsenal

    ver detalhes

Comente a notícia: