Cássio analisa evolução do Corinthians e fala sobre situação complicada da Venezuela

2.7 mil visualizações 22 comentários

Por Julia Raya e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

Cássio foi pouco exigido pelo ataque venezuelano

Cássio foi pouco exigido pelo ataque venezuelano

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians levou a melhor no primeiro duelo da Sul-Americana contra o Deportivo Lara. Jogando em casa, o Timão fez boa partida e venceu os venezuelanos por 2 a 0, com gols de Love e Gustavo. Quem pouco atuou na partida, diferente do que vinha acontecendo, foi Cássio.

Na Arena Corinthians, os venezuelanos não apresentaram muito perigo ao gol corinthiano, mas sofreram com o ataque alvinegro. A equipe mostrou evolução, com uma atuação ainda melhor no segundo tempo, e finalizou 23 vezes, sendo 13 delas certas. O goleiro falou sobre a atuação do Timão.

"Evoluindo bem. Não vejo ponto fraco. Antes falavam que a gente não chutava, estamos chutando. Evoluímos sim. Lógico, acertar o gol é importante. Nosso campo aqui, estamos num nível que estamos acostumados, um nível muito bom, mais rápido, se a gente conseguir acertar o gol... algumas equipes demoram um pouquinho para se adaptar, se a gente conseguir isso pode ser bom, podemos tirar proveito por já conhecer. É sempre bom lembrar que não é falta de treino, de empenho. Fico feliz com o desempenho hoje, um jogo que a gente tinha que atacar e se defender, mas nós nem demos tanta oportunidade, nas vezes que eles vieram a gente estava bem postado e não demos chance ao adversário", analisou o goleiro.

O que não deixou de ser assunto durante essa semana, além do duelo, foi a própria Venezuela. O estado em que o país se encontra é caótico, falta água, luz, a população enfrenta uma guerra civil... Cássio foi cobrado, na zona mista, sobre um posicionamento acerca da situação dos venezuelanos. O camisa 12 não se achou no direito de opinar, por não saber a realidade que vivem os venezuelanos.

"É muito difícil falar disso, uma coisa é você saber o que está acontecendo, outra é viver. Eu falar daqui da minha casa, tranquilinho, tudo bem, em um clube super moderno, chegar e falar sobre uma situação que eu nem sei como está acontecendo.. essa pergunta tem que ser feita para quem vive o dia a dia lá. Não é uma questão de não se posicionar, mas quem sabe falar são eles. O que a gente sabe é o que vemos pela internet, sabemos que está complicado. Como fomos tentamos ajudar, doamos um dinheiro, a gente via a situação de quem estava sem alimento, via grade nos estabelecimentos... é difícil falar, muitos acham que vamos lá para passear, mas não saímos do hotel, é hotel, treino, hotel, jogo, não temos muito o que ver. Vemos quando fazemos o trajeto estádio-hotel, então é muito difícil falar sobre o que você nem vê direito, só sabe pela internet", afirmou Cássio.

Mal acabou o duelo contra o Deportivo Lara e os corinthianos já foram perguntados sobre o próximo desafio. No domingo, o Corinthians recebe o São Paulo, pelo Brasileirão. Ao ser questionado sobre as memórias do último duelo contra os são-paulinos em casa, que rendeu o tricampeonato paulista com gol no finalzinho, Cássio afirmou que o jogo vai ser difícil, mas acredita nos três pontos.

"O jogo é diferente. Cada jogo é uma história nova, a gente sabe que vai ser difícil, vamos descansar e nos preparar para, dentro da nossa casa, buscar os três pontos", concluiu o arqueiro corinthiano.

Veja mais em: Cássio e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Pedrinho chamou a atenção da torcida com grande atuação pelo Paulista sub-20

    Joia do Sub-20 do Corinthians ainda tem contrato de formação; clube fala em renovar na 'hora certa'

    ver detalhes
  • Jemerson fará sua estreia pelo Corinthians diante do São Paulo, dia 13, na Neo Química Arena

    Comissão técnica do Corinthians quer Jemerson contra o São Paulo; veja situação do zagueiro

    ver detalhes
  • Yan posou no lançamento da nova camisa de basquete do Corinthians

    Corinthians lança novo uniforme de basquete e faz homenagem a ídolos neste sábado; veja fotos

    ver detalhes
  • Sub-23 do Corinthians disputa a segunda fase do Brasileirão de Aspirantes

    Sub-23 do Corinthians encara Red Bull Bragantino pelo Brasileirão de Aspirantes; saiba tudo

    ver detalhes
  • É assim que o estágio com Pep Guardiola mexeu com o Corinthians de Mancini

    VÍDEO: É assim que o estágio com Pep Guardiola mexeu com o Corinthians de Mancini

    ver detalhes
  • Processo foi aberto contra o Corinthians e também contra Ronaldo Fenômeno, que recebia parte do valor que a multinacional pagava para expôr suas marcas na camisa alvinegra no final da última década.

    Corinthians e Ronaldo Fenômeno encerram processo após seis anos; clube via bloqueio, R9 com depósito

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: