Carille se desentende com árbitro após derrota e deixa o campo irritado: 'Ele foi muito mal educado'

Carille se desentende com árbitro após derrota e deixa o campo irritado: 'Ele foi muito mal educado'

Por Vitor Chicarolli e Rodrigo Vessoni, de Vila Belmiro

14 mil visualizações 255 comentários Comunicar erro

Carille precisou ser contido por alguns jogadores do Corinthians após o apito final

Carille precisou ser contido por alguns jogadores do Corinthians após o apito final

Reprodução TV

A noite desta quarta-feira não foi das melhores para o Corinthians. A equipe alvinegra voltou a criar pouco e perdeu para o Santos por 1 a 0, na Vila Belmiro, pela nona rodada do Brasileirão. O clássico, por sinal, terminou de forma conturbada e com muita tensão.

Logo após o apito final, Fábio Carille precisou ser contido por alguns jogadores do Timão depois de se desentender com o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães. O treinador foi reclamar de um impedimento mal marcado de Gustagol e chegou até ser punido com cartão amarelo.

"O lance que o Avelar está impedido e termina em gol do Clayson, depois o lance do Walter. Impedimento em tiro de meta não existe e isso é o básico do futebol", disse Carille em entrevista concedida após o revés.

"Depois a gente vê o que aconteceu, mas ele foi muito mal educado. A punição tem que ser para ele, eu não xinguei ninguém", acrescentou.

Leia também:
Fiel vai para pausa irritada com Carille e Jadson, mas satisfeita com recém-chegados; veja reações
Corinthians repete postura defensiva do Paulista e perde para o Santos em despedida antes de parada
Corinthians contrata zagueiro de 19 anos para elenco do Sub-23; categoria já soma 14 reforços

No lance em questão, o árbitro marcou posição irregular do atacante do Corinthians após tiro de meta do goleiro Walter já nos minutos finais da partida. A decisão do juiz, então, deixou o técnico corinthiano extremamente irritado na beira do campo.

"Quanto ao professor, ele estava reclamando com razão, o lance do impedimento não poderia ter sido anotado. Eu cheguei no meio, mas acho que o juiz falou algo que desrespeitou ele, por isso a revolta. Agora é parar, esperar a pausa, e trabalhar", disse o capitão Ralf ao deixar o gramado da Vila.

Assim que acabou o embate, Carille se direcionou ao trio de arbitragem para demonstrar sua insatisfação e alegou que foi chamado de "vagabundo" pelo juiz em meio a toda confusão protagonizada no centro do campo.

A partida desta quarta-feira, cabe destacar, foi a última antes da pausa para a Copa América. O Timão volta a campo no dia 14 de julho, contra o CSA, na Arena, em Itaquera, pela décima rodada do Brasileirão.

Veja mais em: Fábio Carille, Corinthians x Santos, Arbitragem, Corinthians x Santos e Arbitragem.

Veja Mais:

  • Jogadores do Corinthians voltaram aos trabalhos nesta segunda-feira

    Corinthians se reapresenta com ausências; veja quem não treinou em campo após a folga

    ver detalhes
  • Caio Campos, superintendente de marketing do Corinthians, falou ao Meu Timão

    Líder do marketing do Corinthians fala da saída de Rosenberg, das camisas 1 e 2 e detalha a número 3

    ver detalhes
  • Em alta, Avelar admite que já assinou pré-contrato com o Timão

    Danilo Avelar assina pré-contrato e confirma acerto com Corinthians: 'Falta a parte burocrática'

    ver detalhes
  • Walmir Cruz reforçou a importância do período de descanso para sequência da temporada

    Preparador físico reforça importância de folga e aprova condição dos atletas na reapresentação

    ver detalhes

Comente a notícia: