Jornalista paraguaio se surpreende com saída de Sergio Díaz do Corinthians e cita lado sentimental

41 mil visualizações 150 comentários Comunicar erro

Sergio Díaz durante um jogo-treino disputado pelo Corinthians no CT

Sergio Díaz durante um jogo-treino disputado pelo Corinthians no CT

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O fracasso de Sergio Díaz com a camisa do Corinthians gera espanto não apenas em que vive o dia a dia do clube alvinegro. Em contato com a reportagem do Meu Timão, um jornalista paraguaio foi convidado a discorrer sobre suas impressões a respeito do atacante.

Leia também: Ao Meu Timão, Carille já havia explicado por que Sergio Díaz seria dispensado do Corinthians

Neste sábado, cabe relembrar, Díaz se apresenta ao Cerro Porteño, do próprio Paraguai. O atacante de 21 anos de idade foi dispensado do Corinthians após quatro partidas disputadas.

"Me surpreende que ele não deu certo no Corinthians, porque é um jogador de muito potencial. Mas também nós temos dúvida porque ele vinha de uma lesão muito grave", resumiu o jornalista Victor Sostoa, apresentador da rádio Arriba Mix 90.1 FM.

Quando foi emprestado pelo Real Madrid Castilla, no meio do ano passado, Díaz estava se recuperando de uma grave lesão no joelho. O atleta havia inclusive passado por cirurgia.

"Acho que emocionalmente sentiu também o impacto de ser transferido ao Real Madrid, ter treinado no elenco principal sob comando de Zidane e não ter nem mesmo dado certo no Real Madrid Castilla, onde acabou se lesionando e tendo de ficar seis meses fora dos gramados", acrescentou Sostoa, levantando a bola para o fator psicológico do atacante.

E tal situação se mostra importante na medida em que Díaz é uma pessoa sentimental, conforme revelado pelo jornalista. Sostoa, afinal, se recorda de episódios em que, quando ainda defendia o Cerro Porteño, era substituído e desabava a chorar no banco de reservas.

"O Sergio Díaz uma pessoa muito sentimental, em seu início, quando era substituído e sentava no banco de reservas, começava a chorar. Então é uma pessoa que precisa sempre estar bem sentimentalmente. E agora volta a sua casa, onde jogava desde muito pequeno, passará mais tempo com sua família, então acho que tem tudo para se recuperar e ser novamente um jogador importante para Cerro Porteño e até seleção paraguaia uma vez que esteja no Cerro e aí sim tenha oportunidade de jogar e se destacar", analisou.

"Falam que é um retrocesso em sua carreira, visto que foi do Cerro para a Europa, depois para o Brasil e agora retorna ao Paraguai. Não acho", finalizou o jornalista.

Sergio Díaz, cabe lembrar, não tem mais ligação com o Corinthians. O clube até tinha a preferência de compra por 1 milhão de euros (R$ 4,3 milhões), mas preferiu não exercê-la.

Veja mais em: Sergio Díaz e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Declarações de Carille não estão sendo bem recebidas pelo ambiente do Corinthians

    Declarações de Carille são vistas como 'desnecessárias' e incomodam ambiente no Corinthians

    ver detalhes
  • Ramiro foi disparado o corinthiano que mais falou e gesticulou no treino desta segunda

    Janderson e Régis goleadores, Ramiro líder: reservas treinam forte por reabilitação no Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf foi único jogador entre aqueles hoje considerados titulares que treinou com bola nesta segunda

    Sem punição, Ralf volta ao Corinthians e deve ser opção para Carille quarta-feira

    ver detalhes
  • Fábio Carille chegou ao campo já durante o treino e junto com os dirigentes do clube

    Carille tem participação discreta na reapresentação do Corinthians pós-derrota no Majestoso

    ver detalhes
  • Corinthians tem decisão no Paulista e estreia no NBB nessa semana

    Volta à Arena, decisões no basquete e no futsal e Libertadores: a agenda do Corinthians na semana

    ver detalhes
  • Sornoza e Pedrinho podem retornar ao Corinthians para o jogo de quarta-feira

    Corinthians deve ter trio de volta para a partida contra o Goiás

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: