Coelho valoriza integração da base com o profissional e analisa falta de chances para garotos

2.0 mil visualizações 35 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Coelho voltou ao Corinthians para ocupar vaga deixada por Eduardo Barroca

Coelho voltou ao Corinthians para ocupar vaga deixada por Eduardo Barroca

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

De volta ao comando do Corinthians Sub-20 após a saída de Eduardo Barroca, o técnico Dyego Coelho ainda está em processo de readaptação ao clube. Mesmo em início de trabalho, porém, ele já vê com bons olhos o nível de integração entre os garotos do Parque São Jorge e o time profissional, que treina no CT Joaquim Grava.

"Aqui tem conversa, só não é divulgado. O Carille é fantástico nisso. Coloca auxiliares para ver o jogo. Vilson e Sheik estão sempre aqui conosco. É uma integração fantástica", resumiu, em entrevista ao GloboEsporte.com.

"Eles não precisam falar, mas ele chegam e dão as dicas de como querem jogador. Há uns anos, como o Corinthians vem formando a linha defensiva de uma forma específica, o meio-campo, atacantes... Temos sempre essa conversa, precisamos entender que os laterais são mais defensivos do que ofensivos. Não desmontar uma linha de quatro. Procuramos isso no jogador para chegar bem no profissional", completou.

Leia também: Crias do Terrão deixam possibilidade de retorno ao Corinthians em aberto

Ao ler os elogios de Coelho ao nível de integração entre base e profissional, muitos torcedores podem questionar o motivo, então, de poucos garotos ganharem oportunidades com Fábio Carille. Para o técnico do Sub-20, a resposta é a necessidade de um processo cauteloso.

"O Corinthians é mais complicado em questão de expor a base, porque é mais difícil adaptar. Estamos num gigante, a aceitação pode ser maior ou menor que outros clubes, mas é complicado para o jogador. Ele sente. Chegar à Arena e jogar não é fácil. O trabalho do Carille e comissão é muito bom, entrar na boa facilita. Já tivemos situações aqui no Corinthians que o cara entrou na fogueira e a maioria não teve continuidade no clube. É preciso ter cautela, paciência', pontuou.

Apesar das inúmeras críticas da Fiel pela pouca utilização das Crias do Terrão, a atual temporada foi boa para a garotada: nomes como Lucas Piton, Caetano, Roni e Janderson treinam com os profissionais - alguns já chegaram a ser relacionados por Carille.

Veja mais em: Corinthians Sub-20, Base do Corinthians e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Equipe teve atuação muito ruim no Morumbi e pouco conseguiu criar

    Corinthians tem nova atuação ruim e perde clássico para o São Paulo no Morumbi

    ver detalhes
  • Carille admitiu a temporada ruim do Timão e, consequentemente, o risco de demissão

    Carille admite risco de demissão e faz crítica ao ano do Corinthians: 'Não fizemos dez bons jogos'

    ver detalhes
  • Boselli se salvou em noite de críticas gerais por parte da Fiel

    Fiel poupa Boselli em noite de média geral baixíssima do Corinthians; Carille beira o zero

    ver detalhes
  • Mesmo com derrota para o Sâo Paulo, o Corinthians se manteve na quarta colocação do Brasileiro

    Corinthians mantém posição, mas vê rivais se aproximarem na briga pelo G4 do Brasileiro; veja tabela

    ver detalhes
  • Clayson foi um dos mais criticados pela Fiel após a partida

    Torcida do Corinthians detona Carille e jogadores após derrota para o São Paulo; veja tuítes

    ver detalhes
  • Corinthians teve nova atuação de pouca criatividade longe da Arena

    Como visitante, Corinthians tem os piores índices ofensivos do Brasileirão; Carille comenta postura

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: