'Não queria estar passando por isso', diz Ralf sobre situação de Romero no Corinthians

8.6 mil visualizações 42 comentários

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni

Ralf e Romero: amizade que se sustenta desde 2014, quando paraguaio chegou ao Corinthians

Ralf e Romero: amizade que se sustenta desde 2014, quando paraguaio chegou ao Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A novela que se tornou as tratativas a princípio fracassadas pela renovação contratual de Ángel Romero com o Corinthians naturalmente chegaram ao elenco alvinegro no decorrer dos últimos meses. A entrevista concedida pelo volante Ralf nesta quarta-feira no CT Joaquim Grava não deixou dúvida: os jogadores do Timão questionavam o paraguaio sobre sua situação.

Em função da publicação misteriosa feita por Romero na última terça-feira na qual aparecia ao lado do técnico Fábio Carille e indicava com emojis contrato com um clube alvinegro, Ralf foi questionado sobre o imbróglio envolvendo o atacante. Do alto de sua experiência de oito temporadas no Corinthians e 35 anos de idade, o volante fez questão de primeiro enaltecer o profissionalismo do colega paraguaio.

"Ele é muito querido aqui. A gente nos últimos dias não temos falado tanto, até pela pausa e folga. Não falamos muito. Sempre perguntamos por que não renovava, por que não chegar a um acordo. Tem o respeito de todos dentro do clube, treina da mesma forma mesmo sem jogar. Não vi o post. Mas acho que foi só uma brincadeira dele, não foi nada demais. Ele é brincalhão, não gosta de polêmica", explicou o camisa 15.

Ainda sobre Romero, Ralf falou sobre a situação de Romero de ficar um semestre afastado de jogos. Diante do impasse do atleta com a diretoria corinthiana, o presidente Andrés Sanchez vetou o técnico Fábio Carille de escalar o atacante paraguaio em 2019.

"Vai de cada um. Mas é difícil não jogar. Não me vejo no lugar dele, não sei o que passaria na minha cabeça. Deve ser complicado, pela importância dele dentro do grupo. Meio que tira um pedaço de você não poder fazer o que mais ama. Não queria estar passando pelo que ele está passando. Mas isso é coisa dele e do estafe", ponderou Ralf.

Fato é que Romero perdeu, por exemplo, a oportunidade de conquistar seu quinto título pelo Corinthians (ficando de fora do elenco campeão paulista em 2019). O paraguaio agora aparenta apenas aguardar o fim de seu contrato com o Timão (14 de julho) para se transferir a outra equipe. Apesar do desejo de jogar na Europa, há interesse de Atlético-MG, Cruzeiro e até Internacional em contar com o atacante a partir do segundo semestre.

Veja mais em: Romero, Ralf, Diretoria do Corinthians e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians esgotou os 40 mil ingressos para a final do Paulista Feminino

    Corinthians confirma 40 mil ingressos reservados para final do Paulistão; clube pode bater recorde

    ver detalhes
  • Grêmio depende do Corinthians para não ser rebaixado

    Corinthians deve receber 'incentivo financeiro' do Grêmio para vencer o Juventude, diz repórter

    ver detalhes
  • Michel Macedo não deve jogar contra o Corinthians

    Michel Macedo deve desfalcar o Juventude contra o Corinthians; lateral está emprestado pelo Timão

    ver detalhes
  • Corinthians prepara um time diferente no futsal para 2022

    Corinthians encaminha sete contratações para 2022 no futsal; veja os nomes

    ver detalhes
  • Corinthians voltou a treinar nesta terça-feira

    Com Cantillo recuperado, Corinthians treina posse de bola e finalização de olho no Juventude

    ver detalhes
  • Clássico entre Corinthians e Santos teve invasão da torcida ao gramado

    Corinthians é denunciado no STJD por invasão de torcedor ao campo no clássico contra o Santos

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x