Diretor financeiro confirma acerto com Gil e revela alta proposta salarial negada por Romero

136 mil visualizações 275 comentários

Por Meu Timão

Volta de GIl ao Corinthians depende apenas de liberação do Shandong Luneng

Volta de GIl ao Corinthians depende apenas de liberação do Shandong Luneng

Rodrigo Coca/Fotoarena

O sonho dos torcedores do Corinthians de verem Gil vestir novamente as cores do Timão parece cada vez mais perto de se realizar. Na manhã desta quarta-feira, clube e zagueiro interagiram nas redes, criando ainda mais expectativa na Fiel. A brincadeira, porém, não foi a evidência mais concreta de sua volta no dia.

No período da tarde, o diretor financeiro Matias Romano Ávila confirmou que o Corinthians já acertou todos os detalhes para contar com o atleta, como adiantado pelo Meu Timão ainda em março, restando apenas a liberação dos chineses - ele tem vínculo até dezembro, mas deve ser liberado antes, já neste mês de julho.

"A negociação já vem de algum tempo, todos sabem. Faço votos que ele venha ainda nesta janela. Está acertado, mas ele tem que ter a liberação. Evidentemente isso envolve algumas ações, mas todos nós corinthianos queremos que ele chegue", afirmou, em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Leia também:
Corinthians prevê economia de milhões com fim do contrato de quase 30 atletas em 2019; veja a lista
Quanto gasta a equipe Sub-23 do Corinthians? Diretor financeiro confirma ao Meu Timão

Se com Gil está tudo certo, com Romero as coisas foram para outro caminho. Com vínculo até o dia 14 de julho, o jogador não chegou a acordo com a diretoria e, mesmo com postagem misteriosa desta terça-feira, não permanecerá no CT Joaquim Grava. As negociações, cabe lembrar, se arrastaram por meses e o Timão se esforçou para manter o camisa 11.

"O Corinthians fez de tudo para renovar com o Romero. Romero chegou ganhando 20 mil dólares, no segundo ano foi para 40, 60 no terceiro e 80 no quarto. Foi oferecido 100 mil dólares (R$ 384 mil na atual cotação). Um pouco abaixo do teto salarial. Hoje o dólar está alto, mas na época era um pouco abaixo. E não foi feito um acordo. Quando estava quase pronto, ele queria sem imposto e não conseguimos chegar em um acordo", revelou o dirigente alvinegro.

Sem acordo, então, Romero segue treinando até o término do seu contrato no clube. Embora possa assinar um pré-contrato desde o início do ano, o atacante segue sem um destino definido publicamente.

Veja mais em: Gil, Romero e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Notícias do Corinthians | Derrota no Dérbi, notas da Fiel e tabela do Timão

    VÍDEO: Notícias do Corinthians | Derrota no Dérbi, notas da Fiel e tabela do Timão

    ver detalhes
  • Ederson não atua desde o dia 25 de novembro e ficou fora da lista dos relacionados nos últimos seis jogos

    Corinthians aguarda ofertas por Éderson visando reformulação para 2021; dupla também pode sair

    ver detalhes
  • Corinthians não conseguiu jogar e perdeu no Allianz Parque

    Corinthians faz partida irreconhecível, erra muito e sofre goleada para o Palmeiras

    ver detalhes
  • Mosquito teve a maior nota do jogo ao lado de Cazares

    Dupla divide posto de 'menos pior' em noite desastrosa do Corinthians; volante é o pior

    ver detalhes
  • Treinador ainda vê Corinthians na briga pela Libertadores

    Mancini fala em 'acidente de percurso', lembra Flamengo e mantém Timão na briga por Libertadores

    ver detalhes
  • Gil e Gabriel estão suspensos para duelo de quinta-feira, em Itaquera

    Corinthians perde Gil e Gabriel para próximo compromisso do Campeonato Brasileiro

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: