Love marca, e Corinthians vence CSA no retorno do Campeonato Brasileiro

25 mil visualizações 550 comentários Comunicar erro

Vagner Love marcou o único gol da vitória do Corinthians neste domingo

Vagner Love marcou o único gol da vitória do Corinthians neste domingo

Danilo Fernandes / Meu Timão

Corinthians 1 X 0 CSA

Brasileiro 2019
14 de julho de 2019, 16:00
Corinthians 1 x 0 CSA
Arena Corinthians

Depois de um longo tempo de espera, a Fiel voltou a acompanhar o Corinthians disputando uma partida oficial. Na tarde deste domingo, a equipe de Fábio Carille recebeu o CSA e venceu por 1 a 0, na Arena, em Itaquera, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

Apesar de dominar o rival durante os 90 minutos, o Timão só conseguiu balançar as redes aos 32 minutos do segundo tempo. O argentino Mauro Boselli deu um belo passe para Vagner Love, enfim, abrir o placar na capital paulista.

Leia também:
Com direito a gol de estreante e hat-trick, Corinthians atropela no Brasileirão Feminino
Corinthians bate Bucaneros de virada em estreia na Copa Libertadores de Futsal
Artilheiro da Arena e gringo com mais jogos: contrato de Romero com Timão se encerra neste domingo

Agenda - O Corinthians volta a entrar em campo no próximo domingo, contra o Flamengo, novamente na Arena, às 16h, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Escalações

Fábio Carille escalou o Corinthians com algumas novidades neste domingo. A dupla Cássio e Fagner, que conquistou a Copa América com a Seleção Brasileira, voltou ao time titular. O recém-chegado Gil, por sua vez, desbancou Henrique e formou a dupla de zaga ao lado de Manoel.

Assim, sem mais delongas, o Timão entrou em campo com Cássio; Fagner, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso; Pedrinho, Sornoza e Clayson; Vagner Love.

.

O CSA, por sua vez, iniciou o jogo com Jordi; Celsinho, Allan Costa, Luciano Castán e Rafinha; Nilton, Naldo, Jonatan Gomez e Apodi; Ricardo Bueno e Alecsandro.

Primeiro tempo

Como era de se esperar, o Corinthians começou pressionando o CSA. A primeira chegada ao ataque veio logo aos dois minutos. Pedrinho cruzou da direita, mas o defensor rival interceptou de cabeça e mandou para a linha de fundo.

Em seguida, Clayson fez boa jogada individual após passe de Sornoza, mas acabou errando o passe na hora de rolar para algum corinthiano.

E os anfitriões seguiram pressionando. Aos dez minutos, Clayson cruzou pela esquerda, Pedrinho apareceu livre no meio da grande área, mas cabeceou para fora. Pouco antes, o Timão havia chegado após chute de Sornoza, mas Love não conseguiu desviar para o gol.

O time de Fábio Carille encontrava muitos espaços na defesa do CSA. Aos 15, Sornoza arriscou de longe. Na jogada seguinte, o camisa 7 rolou para Clayson, que fintou o defensor e obrigou Jordi a fazer uma grande defesa.

Quando o placar marcava 22 minutos de jogo, Pedrinho arriscou um chute de fora da área, mas sem dificuldades para o goleiro. A intensidade alvinegra, no entanto, diminuiu e os erros de passes voltaram a aparecer a partir da metade da etapa inicial.

Depois de dez minutos sem emoção, o Corinthians voltou a incomodar o CSA. Após bola recuperada, Pedrinho puxou contra-ataque e deixou Vagner Love na cara do gol. O atacante, porém, tentou uma jogada de efeito e facilitou o desarme do zagueiro rival.

Ralf, aos 41, ficou com rebote de escanteio e mandou uma bomba de fora da área. A bola desviou em Rafinha, bateu na trave e saiu para a linha de fundo. Logo após, Sornoza cobrou falta próximo da grande área, mas Jordi interceptou. Foi o último lance de efeito no primeiro tempo.

Segundo tempo

Fábio Carille não promoveu nenhuma alteração em sua equipe durante o intervalo. A primeira chegada do Timão ao ataque veio no primeiro minuto. Sornoza cobrou escanteio e Gil cabeceou, mas a bola foi por cima do gol.

No lance seguinte, foi a vez do CSA levar perigo. Jonatan Gomez finalizou de fora da área, mas Cássio defendeu.

O alvinegro não demorou para responder. O camisa 7 cobrou escanteio, Ralf finalizou, a bola desviou e sobrou para Gil mandar para as redes, mas o defensor foi travado no momento exato.

Após este lance, cabe ressaltar, Jordi ficou irritado com Sornoza após a defesa. Manoel chegou empurrando o rival e o clima esquentou na grande área do CSA.

Aos 14, após escanteio, Gil subiu mais que toda a defesa e cabeceou por cima do gol de Jordi.

O treinador corinthiano, então, percebeu que o CSA não oferecia riscos ao seu time e promoveu a entrada de Régis na vaga de Ralf.

Após a alteração, o Corinthians passou a ir ao ataque com mais perigo. Aos 20 minutos, Love arrancou e foi parado com falta na entrada da área. Sornoza foi para a cobrança da falta e obrigou o arqueiro adversário a fazer uma ótima defesa.

Em seguida, Carille colocou o atacante Boselli no lugar do meia Pedrinho, que pouco conseguiu fazer pelo lado direito do ataque. Por sinal, a substituição não demorou para dar bons resultados ao time.

Boselli deu lindo passe entre as pernas do adversário, e Vagner Love girou soltando uma bomba de pé direito no ângulo. Belo gol na Arena Corinthians!

Com isso, Love deixou o campo e Gabriel entrou. Pouco tempo depois foi a vez do reentrante Gil balançar as redes, mas o árbitro assinalou impedimento do defensor. Este foi o último lance de efeito na partida.

Depois de cinco minutos de acréscimo, o juiz apitou o fim de jogo em Itaquera. Triunfo corinthiano por 1 a 0.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Arena Corinthians, Vagner Love e Crônica.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia: