Diretor do Corinthians garante que acordo com Odebrecht sobre Arena está 'praticamente certo'

48 mil visualizações 97 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Diretor garante que acerto com Odebrecht está 'praticamente certo'

Diretor garante que acerto com Odebrecht está 'praticamente certo'

Danilo Augusto/ Meu Timão

A novela entre Corinthians e Odebrecht em busca de um acerto sobre o valor total da dívida da Arena pode ganhar um novo capítulo nos próximos dias. Um dia depois da convocação de uma reunião do Conselho Deliberativo a ser realizada no Parque São Jorge, com o estádio alvinegro em pauta, indícios de um possível acordo entre clube e construtora vieram a público.

De acordo com Caio Campos, diretor de marketing do Timão, o presidente Andrés Sanchez conversa diretamente com representantes da Odebrecht e o acerto da "Arena como um todo" está próximo de ser concluído.

Está praticamente certo. Quem está tocando a negociação com a Odebrecht é o Andrés (Sanchez, presidente do clube). Ele está conversando diretamente com a construtora e está próximo de um acordo da arena como um todo”, disse em entrevista ao Estadão.

Leia também:
Corinthians pode chegar a 20 titulares diferentes em cinco jogos pós-Copa América; veja lista
Ángelo Araos fica sem contrato com o Corinthians; clube explica situação
Possível transferência de Malcom para a Rússia pode render boa grana ao Corinthians; veja detalhes

A diretoria do Corinthians está ciente de que há uma diferença entre o valor combinado inicialmente e o que falta pagar. O clube, no entanto, alega que algumas obras ainda não foram concluídas.

A Odebrecht, por sua vez, diz que o Timão alterou o projeto desde a inauguração e que o valor investido para determinadas obras acabou sendo utilizado em outras demandas.

"A gente tem nosso ponto de vista e eles tem o deles. O ponto de vista do Corinthians não é igual ao da Odebrecht. Tem de haver consenso e é isso que a gente está buscando juntos”, concluiu.

Cerca de 75% da renda de bilheteria são destinados para pagar a dívida do estádio. As demais fontes de receitas estão ligadas a venda de camarotes, aluguel de lanchonetes, Tour Casa do Povo e até mesmo de uma academia recém-inaugurada.

Além da bilheteria, o Corinthians não costuma divulgar números financeiros. Os dirigentes, no entanto, seguem em busca de encontrar novas parcerias que ajudem a zerar essa dívida da Arena.

A expectativa de conselheiros e associados do clube, cabe ressaltar, é que um possível acordo final com a Odebrecht com base nos CIDs, emitidos pela Prefeitura de São Paulo na época da construção da Arena Corinthians, seja confirmado em breve.

Veja mais em: Arena Corinthians e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians se manteve entre os cinco primeiros do Brasileiro

    Corinthians conta com virada nos acréscimos e fica entre os cinco melhores no BR-19; veja tabela

    ver detalhes
  • Levantamento de bandeirões no Setor Norte foi um dos motivos da multa pesada por parte da Conmebol

    Corinthians recebe multa pesada da Conmebol por três motivos diferentes; entenda

    ver detalhes
  • Felipe Vezaro foi o grande nome do Corinthians na partida desta segunda-feira

    Corinthians conta com Vezaro em noite espetacular e bate Bauru na primeira vitória no NBB

    ver detalhes
  • Neto comentou sobre faltas de Sornoza, erro de Marllon, fase de Urso e muito mais

    Neto critica Marllon, ironiza Sornoza batedor de falta e cobra até 'pata de Urso' na TV

    ver detalhes
  • Duelos contra o Santos mostram queda da confiança da torcida em Carille

    Linha do tempo: clássicos contra o Santos evidenciam queda do Corinthians de Carille na temporada

    ver detalhes
  • Corinthians vive momento ruim, mas segue com boas chances de ir ao principal torneio do continente

    Mesmo em mau momento, Corinthians segue com boas chances de ir para a Libertadores

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: