Empresário revela sondagens por Manoel e fala em 'negociar salário' por permanência no Corinthians

33 mil visualizações 301 comentários

Por Meu Timão

Manoel eufórico com seu gol contra o Palmeiras, pelo Brasileirão, na Arena Corinthians

Manoel eufórico com seu gol contra o Palmeiras, pelo Brasileirão, na Arena Corinthians

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Autor do único gol do Corinthians no último Dérbi, Manoel segue com futuro indefinido para o ano que vem. Emprestado pelo Cruzeiro até o fim desta temporada, o zagueiro ainda não foi procurado pelos dirigentes alvinegros para tratar de uma possível permanência no clube.

Questionado sobre o tema, Neco Cirne, empresário do atleta, comentou a situação e reforçou que o desejo do Manoel é ficar no Corinthians por mais tempo.

“Tanto o Duílio (Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians) como o Vilson (gerente de futebol) sempre me falam coisas boas sobre o Manoel. Ainda não tivemos qualquer tipo de conversa sobre o contrato dele. O Manoel tem vínculo com o Cruzeiro, mas o desejo dele é permanecer no Corinthians. É um lugar onde ele se sente bem e tem se desenvolvido bastante”, expôs em entrevista ao Lance!.

Leia também:
Jogo histórico do Corinthians Feminino bate recorde e iguala maior audiência de canal aberto
Corinthians perde chance de entrar no G4 e termina rodada na sétima colocação do BR-19
Confira lista de sugestões de presentes do Corinthians para o Dia dos Pais

Diante da boa fase do defensor, o empresário também revelou ter recebido sondagens de outras equipes brasileiras. Titular da equipe de Fábio Carille ao lado de Gil, Manoel tem 31 partidas disputadas e três gols marcados com a camisa corinthiana em 2019.

Recebi consultas de outros clubes. Semana passada, o Manoel foi procurado por uma equipe do Rio de Janeiro. Ainda não dá para definir nada, vamos esperar até o fim do ano. O normal seria ele voltar ao Cruzeiro e cumprir seu contrato. Contudo, o desejo é ficar no Corinthians”, resumiu.

Neco Cirno ainda reforçou que não seria um problema para o jogador negociar e até mesmo baixar sua pedida salarial para renovar com o clube do Parque São Jorge.

“O Manoel tem um salário que foi feito em 2014. Na época, o Cruzeiro fez um contrato muito bom pra ele. Ele ainda tem um salário muito bom, ainda mais para zagueiro. A gente sabe que as coisas são diferentes agora por uma série de motivos. Não haveria problema em negociar estes valore”, concluiu.

Para o setor, o treinador do Timão conta com os zagueiros Gil, Henrique, Bruno Méndez e o jovem João Victor - há a possibilidade de Léo Santos ser reintegrado ao grupo.

Veja mais em: Manoel e Mercado da bola.

Veja Mais:

  • Lateral-esquerdo Reginaldo, do time Sub-20, participou do treino da equipe principal nesta quarta-feira

    Corinthians faz treino de posse de bola com atletas do Sub-20; Renato e Giuliano não vão ao gramado

    ver detalhes
  • Derrota no Majetoso, com mais um desempenho ruim, despertou a bronca de boa parte da torcida do Corinthians contra o técnico Sylvinho

    Pressão por saída de Sylvinho do Corinthians chega ao Parque São Jorge; CT tenta manter bolha

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves assumiu a presidência do Corinthians no dia 4 de janeiro

    Corinthians revisa orçamento de 2021; Meu Timão mostra o antes e depois dos números

    ver detalhes
  • Felipe se despediu do Corinthians em 2016

    Felipe se declara ao Corinthians e não descarta retorno: 'Seria uma possibilidade'

    ver detalhes
  • Corinthians recorre decisão que favorece o atacante Mauro Boselli

    Corinthians recorre de decisão da Fifa no processo de Boselli e aguarda resposta

    ver detalhes
  • Corinthian-Casuals buscava classificação histórica, mas ficou pelo caminho na FA Cup

    Corinthian-Casuals é derrotado nos pênaltis e está eliminado da FA Cup

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x