Em jogo emocionante, Corinthians bate Rio Claro e vence a primeira fora de casa no Paulista

Em jogo emocionante, Corinthians bate Rio Claro e vence a primeira fora de casa no Paulista

2.5 mil visualizações 40 comentários Comunicar erro

Rio Claro Basquete 69 X 73 Corinthians

Paulista de Basquete 2019
Rio Claro Basquete 69 x 73 Corinthians
Ginásio Felipe Karan

Timão bateu o Rio Claro em jogo emocionante fora de casa

Timão bateu o Rio Claro em jogo emocionante fora de casa

Beto Miller/Ag. Corinthians

O time de basquete do Corinthians fechou a semana da melhor forma possível para a Fiel. Fora de casa, a equipe alvinegra bateu o Rio Claro por 73 a 69 em jogo equilibrado até o último minuto.

Com o resultado, o Timão chegou ao seu primeiro triunfo longe do Parque São Jorge no Campeonato Paulista. O time, cabe destacar, vinha embalado de outras três vitórias no Ginásio Wlamir Marques - só perdeu na estreia, para o São José.

Escalação

Comandando a equipe no lugar de Bruno Savignani, que está com a Seleção, o auxiliar Rodrigo Carlos deu sequência ao time que vem jogando. A equipe, então, começou a partida com Wesley, Johnson, Fuller, Robinson e Arthur Pecos.

O jogo

O primeiro quarto da partida começou bastante truncado. Arriscando muito, os dois ataques não mostraram muita inspiração, errando a maioria das jogadas. Do lado do Corinthians, Wesley, Fuller e Johnson desperdiçaram boas chances e o placar mudou pouco.

Depois de seis minutos e perdendo por 8 a 5, o técnico Rodrigo Carlos resolveu mexer na equipe, lançando Teichmann e Nesbitt à quadra. Logo em um dos seus primeiros lances, o reforço deu bela enterrada e recolocou o Timão no jogo.

Os erros, no entanto, continuaram e novos arremessos de três sem sucesso mantiveram o placar apertado. Restando um minuto para o fim do quarto, o Corinthians desempatou em belo contra-ataque - Vezaro tocou bem para Robinson cravar sem dificuldades.

A equipe alvinegra melhorou muito com as trocas e, orquestrada por Teichmann e Nesbitt, ainda conseguiu mais pontos, terminando os primeiros dez minutos do confronto com a vantagem de cinco pontos - 16 a 11.

Na volta à quadra, o Corinthians manteve o bom ritmo. E melhorou. Logo nos momentos iniciais do segundo quarto, o Timão enfim acertou arremessos de três - e foram dois em sequência.

Do outro lado, porém, o Rio Claro também acertou a mão. Com bons ataques, os mandantes equilibraram o jogo e rapidamente conseguiu virar o placar para 25 a 24.

Depois da virada, porém, o Corinthians reagiu, reequilibrando o confronto. Com uma bela cesta de Arthur Pecos no último lance, o Timão ainda foi para o intervalo vencendo por 33 a 30.

Na volta para o segundo tempo, as equipes mantiveram o equilíbrio. Em jogo lá e cá, o placar ficou apertado durante todo o terceiro quarto, com destaques para lindas cestas de Wesley e Teichmann.

Com alguns erros na reta final do quarto, o Timão perdeu chances importantes de ampliar a vantagem e foi para os últimos dez minutos vencendo por 52 a 47.

E o quarto decisivo começou com mais falhas da equipe alvinegra. Ineficiente na frente, o Corinthians viu os donos da casa voltarem para a partida, empatando o jogo com apenas dois minutos.

Guilherme Teichmann, porém, estava inspirado e recolocou o Timão na ponta - primeiro, com dois pontos, e na sequência com bela assistência para Pecos. A situação se complicou pouco depois, com a quinta falta e saída de Tracy Robinson.

Os mandantes cresceram no jogo e voltaram a ficar na frente do marcados, restando cinco minutos para o fim da partida. O jogo passou a ficar mais aberto, com as duas equipes pontuando.

Erros defensivos do Corinthians, no entanto, dificultaram a partida. Em dois lances seguidos, o Timão cometeu faltas importantes para o time da casa ficar na frente do placar nos últimos dois minutos de jogo.

A emoção tomou conta do ginásio do Rio Claro. Restando 34 segundos, o time alvinegro tomou a frente do placar, vencendo por 70 a 69. Nervosa, a equipe da casa desperdiçou o ataque e aproximou a vitória do Timão, que ainda fez mais três pontos em arremesso livre e garantiu a vitória por 73 a 69.

Veja mais em: Basquete.

Quem Atuou

Jogadores

  • Arthur Pecos Fernandes da Silva

    Arthur Pecos

    Pontos: 9
    Rebotes: 5
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 26m28s

  • Kyle Alejandro Fuller

    Fuller

    Pontos: 7
    Rebotes: 2
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 25m37s

  • Wesley de Castro Ferreira

    Wesley

    Pontos: 11
    Rebotes: 6
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 22m46s

  • Ricardo Fischer

    Ricardo Fischer

    Pontos: 8
    Rebotes: 0
    Assistências: 6
    Tempo em quadra: 21m04s

  • Tracy Terrell Robinson

    Tracy Robinson

    Pontos: 4
    Rebotes: 2
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 20m40s

  • Humberto Luis Gomes da Silva

    Humberto

    Pontos: 2
    Rebotes: 3
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 18m43s

  • David Ahmad Nesbitt

    Nesbitt

    Pontos: 12
    Rebotes: 6
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 18m15s

  • Felipe André Vezaro

    Felipe Vezaro

    Pontos: 3
    Rebotes: 2
    Assistências: 3
    Tempo em quadra: 15m54s

  • Guilherme Frantz Teichmann

    Teichmann

    Pontos: 9
    Rebotes: 1
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 15m19s

  • Anthony Laveal Johnson

    Anthony Johnson

    Pontos: 8
    Rebotes: 1
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 15m10s

Comente a notícia: