Cássio põe Corinthians na briga por tríplice coroa, mas faz ressalva

Cássio põe Corinthians na briga por tríplice coroa, mas faz ressalva

Por Meu Timão

11 mil visualizações 100 comentários Comunicar erro

Cássio junto com companheiros de defesa e técnico Fábio Carille no treino do Corinthians

Cássio junto com companheiros de defesa e técnico Fábio Carille no treino do Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A Copa Sul-Americana afunila para o Corinthians a partir desta quinta-feira, quando a equipe dá o pontapé inicial em sua participação nas quartas de final, contra o Fluminense, na Arena. Paralelamente, o Timão se aproximou dos líderes do Brasileirão no último fim de semana como não se aproximava desde as primeiras rodadas do campeonato.

É possível, afinal, conciliar as brigas pelos dois títulos? No entendimento de Cássio, sim.

"A gente não pode... Sul-Americana é mata-mata, não podemos apostar só nela. É uma reta final, um campeonato que a gente não tem, eu nunca ganhei, mas é passo a passo nos dois campeonatos. Pés no chão, ir evoluindo", declarou o goleiro, nesta quarta-feira.

Leia também:
Na caça de título inédito, Corinthians vive melhor sequência da história na Sul-Americana
Fluminense anuncia novo técnico antes de jogo contra Corinthians, mas estreia não será quinta

Como venceu o Campeonato Paulista no primeiro semestre, o Corinthians conquistaria a chamada tríplice coroa (três títulos no mesmo ano) se triunfasse também na Copa Sul-Americana e no Campeonato Brasileiro.

"Depois da Copa América, a gente tinha mudado muitos jogadores, hoje eles dominam a parte tática, tem entrosamento bom entre todos, às vezes entram uns que não têm tanta oportunidade e mantém o nível. No início do ano a gente almejava brigar por todos, temos chance, mas é passo a passo", disse, fazendo nova ressalva à importância dos pés no chão.

Na Sul-Americana, o Corinthians enfrenta nas duas próximas quintas-feiras o Fluminense. O embate decisivo, semana que vem, acontece no Maracanã. Quem passar enfrenta o Independiente del Valle, do Equador, nas semifinais.

"Primeiro temos que ganhar. É um confronto muito difícil com o Fluminense. Almejo ganhar Sul-Americana, assim como Brasileiro, ano que vem brigar por Copa do Brasil que não ganhei ainda. Mas não é falando, é trabalhando", afirmou Cássio.

Pelo Brasileirão, o Corinthians tirou de nove para cinco pontos a diferença para o líder Santos nas duas últimas rodadas. Quinto colado, o Timão mede forças com o lanterna Avaí na próxima rodada, domingo, às 19h, na Ressacada.

"Campeonato Brasileiro é muito disputado. No Corinthians a gente pensa jogo a jogo. Joga contra o último colocado. O CSA vem na zona do rebaixamento, tem evoluído com Argel (Fucks, técnico), e algumas equipes que estão lá na frente não ganharam deles. É a competitividade do campeonato. Por isso tem que pensar jogo a jogo", destacou.

"E a gente se preocupa com o nosso resultado. Não adianta falar que está a DEZ pontos do líder. Temos que pensar em fazer o melhor a cada partida. É seguir essa pegada de vitórias, pontuar para não deixar o pessoal da frente distanciar", finalizou.

Veja mais em: Copa Sul-Americana, Campeonato Brasileiro, Cássio e Títulos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Vagner Love entrou no segundo tempo do jogo contra o Bahia no primeiro turno

    Saiba a única opção para assistir ao duelo entre Corinthians e Bahia ao vivo na televisão

    ver detalhes
  • Corinthians enfrenta EC Pinheiros na tarde desse sábado

    Corinthians visita Pinheiros pelas quartas de final do Paulista de Basquete

    ver detalhes
  • Corinthians e Bahia voltam a se enfrentar, agora pelo returno do Brasileirão

    Novo turno, novo futebol? Corinthians recebe Bahia para apagar maior incêndio de 2019

    ver detalhes
  • Corinthians superou o Ituano na Fazendinha e assumiu a liderança do Paulista Sub-17

    Corinthians supera Ituano e assume liderança do Paulista Sub-17

    ver detalhes

Comente a notícia: