Substituições de Carille no Corinthians em 2019 desmentem tese de trocas defensivas; veja números

21 mil visualizações 203 comentários

Carille fez 155 substituições nos 52 jogos oficiais de 2019; meias e atacantes como prioridade

Carille fez 155 substituições nos 52 jogos oficiais de 2019; meias e atacantes como prioridade

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

"O Carille sempre coloca o time para trás nas substituições", "o Carille só coloca volantes pra segurar o resultado" ou "sempre entra Ramiro ou Matheus Jesus para garantir o placar".

É bastante comum ler esse tipo de comentário de torcedores do Corinthians nas rede sociais ou até mesmo ouvir de comentaristas em rádio e na televisão. Mas será que isso é verdade? Será que o treinador alvinegro sempre pensa mais em se defender quando o assunto é substituição?

Com o objetivo de solucionar essa dúvida, o Meu Timão resolveu fazer um levantamento de todas as trocas feitas por Carille nos 52 jogos oficiais na temporada. O que fica claro, após ver todos os números, é que a prioridade do treinador é colocar meias e atacantes durante os jogos, e não volantes e zagueiros.

Leia também:
Guilherme Arana garante retorno 'um dia' e cita diferencial de Tite e Carille
Corinthians perde uma posição, mas termina rodada no G4 do Brasileiro; veja tabela
Partida contra o Ceará marca primeiro empate da era Carille após abrir 2 a 0 no placar

Das 156 substituições possíveis de serem feitas nesses 52 jogos oficiais do Timão no ano, Carille fez 155 delas - a única não utilizada foi a terceira diante da Chapecoense, em Chapecó, pela Copa do Brasil.

Desse total, os que mais entraram em campo com a bola rolando foram meias e atacantes. Os mais utilizados foram: Gustagol (17 jogos); Pedrinho e Mateus Vital (15 jogos); Vagner Love e Boselli (13 jogos); e Jadson (11) - veja gráfico abaixo.

Levantamento do Meu Timão sobre as substituições de Carille em 2019

Meu Timão / Infogram

O primeiro volante que aparece na lista é Richard, colocado por Carille em dez jogos - jogador foi emprestado para o Vasco no último mês de junho. Ramiro, que é volante de origem mas entrou na maioria dos jogos na segunda linha ofensiva, pelo lado direito, entrou em apenas oito partidas (uma a menos que Clayson).

Os jogadores que menos entraram em campo durante os jogos em 2019 são defensores ou já foram embora. Walter, Sergio Díaz, Janderson e Michel Macedo, por exemplo, entraram duas vezes. Com uma entrada aparecem Bruno Méndez, André Luis, Fabricio Oya, Ralf, Thiaguinho, Gabriel, Pedro Henrique e Carlos Augusto.

Veja mais em: Fábio Carille, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Campeonato Paulista e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Gustavo Silva e Vital comemorando o segundo gol do Corinthians contra o Sport

    Corinthians domina, vence Sport e volta a se aproximar do G6 no Brasileirão

    ver detalhes
  • Mateus Vital marcou o segundo gol do Corinthians, na Neo Química Arena

    Vital se destaca e é o melhor em campo do Corinthians contra Sport; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Elenco comemora gol de Gustavo Silva sobre o Sport, pelo Brasileirão, na Neo Química Arena

    Fiel destaca atuação de trio do Corinthians e volta a falar em classificação para Libertadores; veja

    ver detalhes
  • Vagner Mancini valorizou a recuperação do Corinthians diante do Sport

    Mancini analisa vitória segura do Corinthians e afirma: 'Mudamos de objetivo no Brasileiro'

    ver detalhes
  • Mancini deve ter Otero à disposição na próxima segunda-feira

    Recuperado do coronavírus, Otero volta a ficar à disposição do Corinthians nesta sexta-feira

    ver detalhes
  • Vagner Mancini conseguiu o 30º ponto pelo Corinthians no Brasileiro

    Vagner Mancini dobra pontuação de Tiago Nunes e Coelho com o mesmo número de jogos no Brasileiro

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: