Corinthians fecha primeiro turno do Brasileirão com aproveitamento abaixo de 60%; veja comparação

1.6 mil visualizações 26 comentários Comunicar erro

Corinthians fechou o primeiro turno do Brasileirão-19 com 56,11% dos pontos disputados

Corinthians fechou o primeiro turno do Brasileirão-19 com 56,11% dos pontos disputados

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A derrota para o Fluminense, na tarde deste domingo, foi a última partida do Corinthians no primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2019. A equipe de Fábio Carille encerrou a metade do torneio com um aproveitamento mediano, ficando abaixo de 60% - veja a lista completa das campanhas do Timão abaixo.

Em 19 jogos, a equipe de Fábio Carille venceu oito, perdeu três e empatou outras oito vezes, com 21 gols a favor e 12 gols contra. Um total de 56,11% de aproveitamento.

Número que pode ser considerado apenas regular nas campanhas do Corinthians na era dos pontos corridos do Brasileirão. Na verdade, 2019 se posiciona na oitava posição da lista com todos os desempenhos apresentados pelo Timão desde 2003.

Leia também:
Agenda semanal do Corinthians tem mata-mata inédito e 'esquenta' de final nacional
Com volta de trio, Corinthians deve ter 'novo' time titular em semifinal da Sul-Americana

Entre os sete aproveitamentos melhores, destaque, claro, para os quatro títulos do Corinthians na era dos pontos corridos do Brasileirão: 2017 (82,45%), 2015 (70,20%), 2005 (66,66%) e 2011 (64,91%).

Em relação aos anos piores, o desempenho de 2019 foi melhor do que oito primeiros turnos do Timão. Destaque negativo para os de menor percentual, que são: 2006 (35,08%), 2012 (42,10%), 2007 (45,60%) e 2018, o ano passado, com 45,61%.

"Até a parada da Copa América tivemos muita dificuldade para jogar, como foi o Paulista também. Nosso semestre ali foi muito difícil, mas esperado. Usamos muito os 20 dias da intertemporada para preparar e tem um entendimento da equipe e dos atletas melhor. Viramos o turno com 14 pontos de diferença em 2017 e enroscou no final, aquele jogo com o Palmeiras foi fundamental para que a gente conquistasse o título", afirmou Carille, em coletiva após a partida contra o Fluminense, em Brasília.

"Tem muita coisa para acontecer. É claro que fica mais difícil quando o seu adversário ganha e você não, mas ainda tem muito para acontecer em 19 rodadas", completou o treinador do Corinthians.

Confira o aproveitamento do Corinthians em todos os primeiros turnos da era dos pontos corridos do Brasileiro

  1. 2017 - 82,45%
  2. 2015 - 70,20%
  3. 2005 - 66,66%
  4. 2010 - 64,91%
  5. 2011 - 64,91%
  6. 2016 - 59,64%
  7. 2014 - 56,14%
  8. 2019 - 56,11%
  9. 2013 - 52,63%
  10. 2004 - 49,27%
  11. 2009 - 49,10%
  12. 2003 - 48,00%
  13. 2018 - 45,61%
  14. 2007 - 45,60%
  15. 2012 - 42,10%
  16. 2006 - 35,08%

Veja mais em: Campeonato Brasileiro e Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Corinthians se manteve entre os cinco primeiros do Brasileiro

    Corinthians conta com virada nos acréscimos e fica entre os cinco melhores no BR-19; veja tabela

    ver detalhes
  • Levantamento de bandeirões no Setor Norte foi um dos motivos da multa pesada por parte da Conmebol

    Corinthians recebe multa pesada da Conmebol por três motivos diferentes; entenda

    ver detalhes
  • Felipe Vezaro foi o grande nome do Corinthians na partida desta segunda-feira

    Corinthians conta com Vezaro em noite espetacular e bate Bauru na primeira vitória no NBB

    ver detalhes
  • Neto comentou sobre faltas de Sornoza, erro de Marllon, fase de Urso e muito mais

    Neto critica Marllon, ironiza Sornoza batedor de falta e cobra até 'pata de Urso' na TV

    ver detalhes
  • Duelos contra o Santos mostram queda da confiança da torcida em Carille

    Linha do tempo: clássicos contra o Santos evidenciam queda do Corinthians de Carille na temporada

    ver detalhes
  • Corinthians vive momento ruim, mas segue com boas chances de ir ao principal torneio do continente

    Mesmo em mau momento, Corinthians segue com boas chances de ir para a Libertadores

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: