Vagner Love cita Champions League como exemplo para virada no Equador pela Sul-Americana

3.1 mil visualizações 59 comentários Comunicar erro

Por Vitor Chicarolli e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

Vagner Love no duelo com o Independiente del Valle, pela Copa Sul-Americana

Vagner Love no duelo com o Independiente del Valle, pela Copa Sul-Americana

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Com a derrota para o Independiente Del Valle por 2 a 0, em plena Arena, em Itaquera, a equipe de Fábio Carille terá que vencer por uma diferença de três gols para avançar à final do torneio continental no tempo regulamentar, na altitude de Quito, no Equador.

Questionado sobre a possibilidade de reverter essa situação, o atacante Vagner Love usou a Champions League como exemplo para destacar que qualquer virada pode ser possível quando se trata de futebol.

"Tem jogos no futebol que a gente nunca imagina que a situação vai ser revertida. Neste ano mesmo na Champions, Barcelona fez 3 a 0 no Liverpool em casa, e depois eles viraram um jogo que ninguém acreditava. Futebol te dá momentos de virar situações que muitas vezes algumas pessoas não acreditam. Por viver futebol e estar no Corinthians, eu acredito muito que a gente vá conseguir essa classificação semana que vem", disse.

Leia também:
Love sobre polêmica Carille x meninos: 'Eles não jogam sozinhos'
Após protesto no CT, Love garante que elenco se cobra por uma atitude diferente durante os jogos
Presidente da Gaviões exige raça ao time e diz que conversa com jogadores não foi necessária

Então, o que precisa ser diferente para o jogo de volta da semifinal da Sul-Americana? Para Love, artilheiro da equipe na temporada, o Corinthians tem que ser mais agressivo e incisivo, mas não mudar a formação de Fábio Carille.

"Agressivo a gente tem que ser no próximo jogo, temos que ir em busca de dois gols. Ser agressivo, jogar para frente. Primeiro vamos pensar no Bahia para depois pensar na quarta-feira. Se a questão tática tem que mudar? Não, é fazer o que a gente faz sempre. Criamos uma maneira de jogar nesta temporada. No meu modo de ver, o Corinthians sempre foi uma equipe", contou.

"Em 2017 foi campeão brasileiro e se defendia muito bem, ficava com a bola, ganhava de 1 a 0, 2 a 1, e foi campeão. Corinthians tem identidade de se defender bem, sair em contra-ataque, e assim foi campeão nos últimos nove ou dez anos. Quando se cria uma maneira de jogar, tem que fazer isso. Assim podemos ser campeões das competições que estamos disputando", concluiu.

O Corinthians enfrenta o Bahia neste sábado, às 19h, na Arena, em Itaquera, pela primeira rodada do segundo turno do Campeonato Brasileiro. Com 32 pontos, o Timão ocupa a quinta colocação da competição nacional - dez pontos de diferença para o líder Flamengo.

Veja mais em: Vagner Love, CT Joaquim Grava e Copa Sul-Americana.

Veja Mais:

  • Corinthians e Cruzeiro se enfrentam pela 27ª rodada do Brasileirão

    Saiba como assistir ao jogo entre Corinthians e Cruzeiro na televisão

    ver detalhes
  • Gustagol foi titular contra o Cruzeiro no primeiro turno; jogo acabou 0 a 0

    Corinthians pode iniciar jogo deste sábado fora do G4; veja a classificação

    ver detalhes
  • Corinthians e Cruzeiro se enfrentam neste sábado, na Arena

    Corinthians recebe Cruzeiro para tentar reencontrar caminho das vitórias no Brasileirão; saiba tudo

    ver detalhes
  • O Corinthians foi derrotado no primeiro jogo das quartas de final do Paulista Sub-20

    Corinthians perde para Ituano e sai atrás na briga por vaga na semifinal do Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Eduardo Tanque ao lado de André Santos no Corinthians

    Promessa de 17 anos assina com o Corinthians e já treina no CT; jovem é agenciado por André Santos

    ver detalhes
  • Corinthians precisa de um empate para confirmar vaga nas quartas de final da Libertadores

    Corinthians encara Libertad Limpeño para confirmar classificação às quartas da Libertadores Feminina

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: