Jurídico do Corinthians faz primeira reunião com a Caixa por dívida da Arena

21 mil visualizações 134 comentários

Arena Corinthians foi tema de duas reuniões importantes entre segunda e terça-feira

Arena Corinthians foi tema de duas reuniões importantes entre segunda e terça-feira

Rodrigo Vessoni / Meu Timão

Na manhã desta terça-feira, em Brasília, os departamentos jurídicos de Corinthians e Caixa Econômica Federal se reuniram pela primeira vez após o banco executar a dívida total do empréstimo do BNDES para a construção da Arena Corinthians, que inclusive levou à negativação do nome do clube.

A reportagem do Meu Timão conversou com pessoas próximas ao presidente Andrés Sanchez, que demonstraram confiança em um desfecho positivo para o imbróglio após esse primeiro alinhamento jurídico.

Esse é apenas o primeiro passo. O principal deles, que promete selar um acordo definitivo, acontecerá quando os executivos da Caixa, como o presidente Pedro Guimarães, e o mandatário corinthiano, Andrés Sanchez, entrarem no circuito.

Ainda não há uma data marcada para esse encontro político. Em recente entrevista coletiva, o presidente do Timão afirmou que seria melhor encontrar um consenso entre as partes, já que juridicamente seria uma batalha para muitos e muitos anos.

Leia também:
Pedrinho vê chances de título e minimiza desempenho ruim fora de casa
Duílio enche a bola de Janderson e vê Corinthians bem servido
De um a 93: saiba quantos jogos cada jogador do Corinthians ficou fora em 2019

O banco estatal emprestou R$ 400 milhões para a construção do estádio em Itaquera, ainda em 2013. De acordo com o Corinthians, mesmo pagando R$ 170 milhões nesses últimos anos, o valor atual da dívida é de R$ 487 milhões devido aos juros e correções. A Caixa, por sua vez, fala numa dívida de R$ 536 milhões.

A situação preocupa não apenas os torcedores, mas internamente. Tanto que Andrés Sanchez foi convocado a dar explicações mais detalhadas sobre o imbróglio aos conselheiros do clube, em reunião que ocorreu na noite desta segunda-feira no Parque São Jorge.

Em tempo: além do imbróglio da Caixa, esmiuçado na parte de cima, o Corinthians ainda precisa fechar todas as pendências com a Odebrecht, que informou a solução financeira de uma de suas empresas, mantendo-se uma outra pendência aberta em relação à Arena.

Veja mais em: Arena Corinthians, Andrés Sanchez e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Gustavo Silva e Vital comemorando o segundo gol do Corinthians contra o Sport

    Corinthians domina, vence Sport e volta a se aproximar do G6 no Brasileirão

    ver detalhes
  • Mateus Vital marcou o segundo gol do Corinthians, na Neo Química Arena

    Vital se destaca e é o melhor em campo do Corinthians contra Sport; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Elenco comemora gol de Gustavo Silva sobre o Sport, pelo Brasileirão, na Neo Química Arena

    Fiel destaca atuação de trio do Corinthians e volta a falar em classificação para Libertadores; veja

    ver detalhes
  • Vagner Mancini valorizou a recuperação do Corinthians diante do Sport

    Mancini analisa vitória segura do Corinthians e afirma: 'Mudamos de objetivo no Brasileiro'

    ver detalhes
  • Mancini deve ter Otero à disposição na próxima segunda-feira

    Recuperado do coronavírus, Otero volta a ficar à disposição do Corinthians nesta sexta-feira

    ver detalhes
  • Quando todos nos tornamos 'torcedores de sofá'

    [Ana Paula Araújo] Quando todos nos tornamos 'torcedores de sofá'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: