Guilherme diz ter sido vendido à força pelo Corinthians em 2014: 'Eu não queria sair'

28 mil visualizações 110 comentários

Por Meu Timão

Guilherme era volante do Corinthians quando Fábio Carille trabalhava como auxiliar-técnico

Guilherme era volante do Corinthians quando Fábio Carille trabalhava como auxiliar-técnico

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Hoje em alta com a camisa do Olympiacos, da Grécia, inclusive marcando dois gols na fase preliminar da Liga dos Campões da Uefa, o volante Guilherme Torres diz não ter encerrado ainda seu legado com a camisa do Corinthians. Hoje com 28 anos, ele alega ter sido vendido à força pelo clube do Parque São Jorge lá em meados de 2014.

Em entrevista concedida ao portal Yahoo! Esportes e publicada nesta quarta-feira, Guilherme acusa a então diretoria de futebol corinthiana de ter forçado sua venda à Udinese. Na época o departamento era comandado pelo presidente Mário Gobbi Filho, pelo diretor Ronaldo Ximenes e pelo gerente Edu Gaspar. Os dois primeiros estão afastados do futebol; este último, após passagem pela Seleção Brasileira, se tornou dirigente do Arsenal.

Atual mandatário, Andrés Sanchez era na época gestor da Arena Corinthians, conselheiro vitalício do Corinthians e nome influente nos bastidores do departamento de futebol do clube.

"Eu não queria sair e deixei bem claro para a diretoria, mas ela optou por me vender. A verdade é que chegou outro treinador, com novas preferências", declarou Guilherme.

O volante, então com 23 anos de idade, era pouco aproveitado por Mano Menezes daquela temporada em que o treinador reformulou o elenco corinthiano. Assim foi vendido à Udinese por 4 milhões de euros (cerca de R$ 12 milhões na época), dos quais o Timão ficou com 30%; empresários dividiram os outros 70% do montante resultante da transação.

"Ele (Mano Menezes) deixou claro que me deixaria no banco e foi quando surgiu a proposta da Udinese. Como eu tinha passaporte italiano, acabou facilitando a negociação", disse Guilherme, contratado pelo Corinthians em 2013 após se destacar na Portuguesa.

"Um dia, penso sim (em voltar ao Corinthians). Quero terminar uma coisa que comecei com o Corinthians. Sinto que não terminei meu legado aí. Não era para ter saído", acrescentou.

Aniversário de 26 anos de Guilherme teve Corinthians como tema

Quando no La Coruña, Guilherme fez aniversário com tema do Timão

Divulgação

Desde que rumou ao futebol europeu, Guilherme mantém nas redes sociais lanços de carinho com o Corinthians. Profissionalmente, passou pela própria Udinese antes de defender La Coruña e agora Olympiacos. Ao longo desses cinco anos, diz ter sido procurado por clubes brasileiros como São Paulo, Grêmio e Internacional. E evitou falar em prioridade para o Timão no momento em que decidir voltar ao futebol de seu país-natal.

"Não sei se dá para dizer isso (de prioridade), embora eu tenha amigos e muita gente corinthiana na família. Não penso em voltar com foco exclusivo no Corinthians (...) Tiveram sondagens, perguntas. Do tipo: como faz para o Guilherme sair? Com o São Paulo, até avançou um pouco mais do que o normal, mas não fechou. Já Grêmio e Inter sondaram, mas falando por terceiros", comentou Guilherme, que deixou o Timão com 76 jogos e nove gols.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians, Mercado da bola e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Gustavo Silva e Vital comemorando o segundo gol do Corinthians contra o Sport

    Corinthians domina, vence Sport e volta a se aproximar do G6 no Brasileirão

    ver detalhes
  • Mateus Vital marcou o segundo gol do Corinthians, na Neo Química Arena

    Vital se destaca e é o melhor em campo do Corinthians contra Sport; reserva é o pior

    ver detalhes
  • Elenco comemora gol de Gustavo Silva sobre o Sport, pelo Brasileirão, na Neo Química Arena

    Fiel destaca atuação de trio do Corinthians e volta a falar em classificação para Libertadores; veja

    ver detalhes
  • Vagner Mancini valorizou a recuperação do Corinthians diante do Sport

    Mancini analisa vitória segura do Corinthians e afirma: 'Mudamos de objetivo no Brasileiro'

    ver detalhes
  • Mancini deve ter Otero à disposição na próxima segunda-feira

    Recuperado do coronavírus, Otero volta a ficar à disposição do Corinthians nesta sexta-feira

    ver detalhes
  • Quando todos nos tornamos 'torcedores de sofá'

    [Ana Paula Araújo] Quando todos nos tornamos 'torcedores de sofá'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: