O que mudou em dez dias para Carille cogitar Boselli e Love juntos no Corinthians

20 mil visualizações 160 comentários Comunicar erro

Love, Boselli e Sornoza podem ser escalados na 'nova equipe ideal' de Carille

Love, Boselli e Sornoza podem ser escalados na 'nova equipe ideal' de Carille

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Bastaram dez dias para o técnico Fábio Carille mudar o discurso e, agora, se mostrar mais aberto à possibilidade de escalar o Corinthians com Vagner Love e Mauro Boselli juntos.

Após o empate de 2 a 2 que culminou na eliminação do Corinthians para o Independiente del Valle na Copa Sul-Americana, no último dia 25, Carille avisou que não tinha intenção de dar sequência à dobradinha "Bosellove" que havia funcionado em Quito, no Equador.

Já na entrevista concedida depois do empate sem gols do último sábado, contra o Grêmio, pelo Brasileirão, o treinador corinthiano resgatou a atuação de uma semana e meia antes de Love e Boselli juntos, os elogiou e avisou que cogita adaptar sua escalação à dupla.

Houve também, vale citar, uma menção cautelosa ao próximo jogo, contra o Athletico-PR, nesta quinta, na Arena, pela 24ª rodada do Brasileirão: "Só não sei se (Boselli e Love juntos) encaixa bem contra o Athletico, que é uma equipe que tem um conjunto muito bom." A partida seguinte do Timão será um clássico contra o São Paulo, no Morumbi, no domingo que vem.

Mas, afinal, o que mudou nos últimos dias para Carille cogitar Love e Boselli juntos?

Burocrático

O Corinthians vem de sequência invicta desde então. Antes mesmo, já havia engatado triunfo contra o Bahia e o próprio empate frente ao Independiente del Valle. As recentes vitórias de 1 a 0 sobre Vasco e Chapecoense e o próprio empate sem gols diante do Grêmio, porém, evidenciaram uma equipe extremamente burocrática no que diz respeito ao poder ofensivo.

E olha que Carille escalou três times diferentes do meio para frente nas três últimas partidas! Nenhuma das formações, contudo, parece ter encaixado efetivamente...

Má fase de Clayson

Em meio às críticas da torcida, Clayson acabou na última noite de sábado tendo a má fase também admitida por Fábio Carille. "(...) Está mal tecnicamente (...) mas é com trabalho, tem minha confiança que ele melhore", declarou o treinador após o empate na Arena do Grêmio.

Seria justamente ele o mais provável sacrificado da escalação hoje considerada titular no caso de Mauro Boselli ser lançado como centroavante e Vagner Love recuado/deslocado.

Críticas...

Ainda que diga dar de ombros para as críticas da imprensa esportiva, Carille sabe que sua equipe vem sendo muito contestada publicamente pela forma como tem se portado. Enquanto o país inflamava pela semifinal da Libertadores entre os ofensivos Grêmio e Flamengo, o Corinthians via todos os seus últimos jogos serem marcados por recuo e "Deus nos acuda" assim que abria o placar - mesmo frente adversários mais fracos tecnicamente.

... e a possível solução!

Talvez principal momento dessa sequências de partidas em que o Corinthians se viu batendo de frente ofensivamente com uma grande equipe foi justamente no segundo tempo do último jogo contra o Grêmio, quando Boselli entrou no lugar de Clayson. Nessa nova configuração, Vital foi deslocado para a esquerda; e Vagner Love fez função de segundo atacante flutuando pelo meio de campo, abrindo espaço para aproximação de Pedrinho e do próprio Vital.

O argentino foi eleito pela Fiel o melhor corinthiano em campo na capital gaúcha.

Equipe em formação

A possível "volta atrás" na decisão de escalar Boselli e Love juntos no Corinthians lembra outra situação recente envolvendo Carille e a escalação alvinegra - ainda em formação. Também passada a eliminação na Copa Sul-Americana, o treinador havia sinalizado que Mateus Vital se tornara reserva de Sornoza, em declaração concedida após a vitória sobre o Vasco.

Desde então, porém, o Corinthians jogou duas vezes e Mateus Vital foi escalado em ambas. Ao menos aparentemente, o meia carioca retomou sua vaga na equipe principal. Não é possível cravar, claro, porque Júnior Urso se tornou desfalque de última hora e, assim, não se sabe se a ideia inicial do treinador em Porto Alegre já era mesmo escalar Sornoza mais recuado.

Veja mais em: Fábio Carille, Mauro Boselli, Vagner Love, Escalação do Corinthians e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Volante ao lado do idoso atropelado e de sua família

    Ralf transfere vítima de acidente de hospital e faz visita nessa segunda-feira

    ver detalhes
  • Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carilleneto

    Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carille, detona jogadores e faz apelo ao técnico

    ver detalhes
  • Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no seu trabalho

    [Mayara Munhoz] Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no trabalho

    ver detalhes
  • Declarações de Carille não estão sendo bem recebidas pelo ambiente do Corinthians

    Declarações de Carille são vistas como 'desnecessárias' e incomodam ambiente no Corinthians

    ver detalhes
  • Ramiro foi disparado o corinthiano que mais falou e gesticulou no treino desta segunda

    Janderson e Régis goleadores, Ramiro líder: reservas treinam forte por reabilitação no Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf foi único jogador entre aqueles hoje considerados titulares que treinou com bola nesta segunda

    Sem punição, Ralf volta ao Corinthians e deve ser opção para Carille quarta-feira

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: