'Tem que perguntar ao treinador': Boselli isenta atacantes do Corinthians de culpa por poucos gols

28 mil visualizações 443 comentários Comunicar erro

Por Lucas Faraldo e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

Boselli concedeu entrevista no CT Joaquim Grava nesta quarta-feira

Boselli concedeu entrevista no CT Joaquim Grava nesta quarta-feira

Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Sem deixar de mostrar respeito ao trabalho do técnico Fábio Carille, o centroavante Mauro Boselli fez uma análise crítica sobre o que acontece com o ataque do Corinthians em 2019. A equipe tem de destacado pela baixa ofensividade em contraste aos bons números defensivos

Questionado inicialmente sobre o porquê de não ser titular do Corinthians, Boselli afirmou ter uma ideia sobre o assunto, mas também disse preferir não externá-la. O argentino de 34 anos de idade concedeu entrevista coletiva na tarde desta quara-feira, no CT Joaquim Grava.

"Tenho uma forma de pensar, mas prefiro guardar para mim. Quem pode dar a resposta é o treinador. Mostro desde o primeiro dia que sou uma pessoa que trabalha, treina bem e mostra dentro de campo, e não faço manifestações que possam ser contraproducentes para a equipe. Guardo para mim. Acho que quando entrei ou comecei do início fiz as coisas bem. Quem pode responder é Carille", declarou o experiente jogador.

Leia também: O que mudou em dez dias para Carille cogitar Boselli e Love juntos no Corinthians

Especificamente sobre as críticas que o Corinthians tem recebido de torcedores e jornalistas sobre a forma muitas vezes excessivamente pragmática de jogar, Boselli isentou de culpa a si próprio e aos colegas de posição do elenco alvinegro.

"Tem que perguntar ao treinador. Os atacantes dos outros times têm três ou quatro chances. Aqui não tenho. Não passa pelo nome, eu, Love, ou Gustavo, mas pelo esquema e funcionamento, do time ser mais ofensivo", afirmou o centroavante.

"Creio que pelo grupo que temos e pela qualidade que temos, podemos jogar muito melhor. Mas é questão de melhorar, de potencializar o que temos de bom, temos força defensiva é algo importante, e temos que melhorar a chegada ao gol. Não temos mais de cinco gols os jogadores ofensivos na frente (no Brasileirão), não lembro se perdemos muitas oportunidades de gol. Temos que melhorar muito", completou.

Para o jogo desta quinta-feira, contra o Athletico-PR, na Arena, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro, Boselli deve iniciar como titular. O argentino tem sido elogiado pela torcida, como quando foi eleito o melhor corinthiano em campo no jogo do último sábado.

"Sim, tenho conhecimento do apoio, não estou todo dia nas redes sociais. Mas o carinho da torcida, mesmo não sento um titular indiscutível, me ajuda a trabalhar forte no dia a dia. Sei que posso ajudar com gols ou assistências, que para mim é o mesmo, é bom para o Corinthians. Agradeço todos os torcedores que perdem tempo me mandando mensagem de apoio. Vou seguir fazendo as coisas melhores ou iguais para devolver esse reconhecimento e sair com gols e entrega em campo", ainda comentou Mauro Boselli.

Veja mais em: Mauro Boselli, Fábio Carille e Escalação do Corinthians.

Veja Mais:

  • Volante ao lado do idoso atropelado e de sua família

    Ralf transfere vítima de acidente de hospital e faz visita nessa segunda-feira

    ver detalhes
  • Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carilleneto

    Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carille, detona jogadores e faz apelo ao técnico

    ver detalhes
  • Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no seu trabalho

    [Mayara Munhoz] Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no trabalho

    ver detalhes
  • Declarações de Carille não estão sendo bem recebidas pelo ambiente do Corinthians

    Declarações de Carille são vistas como 'desnecessárias' e incomodam ambiente no Corinthians

    ver detalhes
  • Ramiro foi disparado o corinthiano que mais falou e gesticulou no treino desta segunda

    Janderson e Régis goleadores, Ramiro líder: reservas treinam forte por reabilitação no Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf foi único jogador entre aqueles hoje considerados titulares que treinou com bola nesta segunda

    Sem punição, Ralf volta ao Corinthians e deve ser opção para Carille quarta-feira

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: