Escudo do Corinthians 'descoberto' nesta sexta-feira apareceu em livro de 2011; entenda

15 mil visualizações 53 comentários Comunicar erro

Escudo revelado nesta sexta-feira apareceu em livro de 2011 (canto inferior esquerdo)

Escudo revelado nesta sexta-feira apareceu em livro de 2011 (canto inferior esquerdo)

Arquivo pessoal

A torcida teve uma grande surpresa nesta sexta-feira. Por meio de seu Departamento de Cultura, o clube revelou um escudo até então esquecido. Apesar da oficialização, engana-se quem pensa que o brasão não tinha sido visto por ninguém nos últimos anos.

Bem antes da divulgação desta sexta, o escudo apareceu no livro Aleguá Guá Corinthians, de 2011, em uma ilustração de Fernando Wanner - justamente o responsável pela descoberta histórica. Mas calma, não trata-se de uma viagem no tempo do historiador. Foram, na verdade, anos de pesquisa.

"Descobri esse distintivo em 2011 e o desenhei pela primeira vez no livro, lançado em fevereiro daquele ano. Até então, se sabia que foi usado pelo clube, mas não tínhamos os jogos que o time usou o escudo oficialmente. O que faltava era a comprovação dos jogos que o Corinthians entrou em campo usando esse distintivo", conta, em conversa com o Meu Timão.

Foram, então, mais de oito anos de pesquisas e levantamentos para confirmar a utilização ou não do escudo. Nesta sexta-feira, Fernando enfim concluiu toda sua pesquisa e pôde dividir com o restante da Fiel. Ao todo, o Timão fez seis partidas com o emblema no peito - os jogos foram disputados antes do Paulistão de 1916.

Os confrontos em que o Corinthians usou o "escudo esquecido"

  • Paysandu 1 x 2 Corinthians
  • Minas Gerais 2 x 4 Corinthians
  • Caçapavense 0 x 6 Corinthians
  • Minas Gerais 1 x 5 Corinthians
  • Lusitano 0 x 2 Corinthians
  • Gêrmania 0 x 0 Corinthians

Mais novidades a caminho

Debruçado sobre a história do Corinthians para mais e mais descobertas, Fernando Wanner agora direciona suas pesquisas para outros pontos importantes dos 109 anos do clube. Sendo assim, outras surpresas podem surgir com o passar do tempo, resgatando momentos e lembranças essenciais para formar o que o Timão é hoje.

"Ainda temos muitas lacunas na primeira década que precisam ser preenchidas. Estou estudando muitas delas, principalmente a do lendário Davi, primeiro jogador negro a vestir a camisa do Corinthians", finalizou.

O escudo

Com formato medieval, o "novo-velho" escudo alvinegro carregas as letras C e P entrelaçadas. O desenho original, cabe lembrar, foi feito pelo litófrago Hermógenes Barbuy, irmão do lendário jogador do Timão, Amílcar Barbuy.

Veja mais em: História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Com cinco novidades, Coelho fez um esboço da provável equipe que deve enfrentar o Internacional

    Coelho esboça time contra o Internacional e Vital deixa treino com dores; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Corinthians voltou a vencer o Ferro Carril na noite desta quinta

    Com briga no fim, defesa do Corinthians destrói argentinos e time vai à final da Liga Sul-Americana

    ver detalhes
  • Paolo Guerrero pode encarar o Corinthians neste domingo, em Itaquera

    Peru tem amistoso cancelado e Guerrero pode atuar contra o Corinthians neste domingo

    ver detalhes
  • Thiago Neves, aos 34 anos, tem contrato com o Cruzeiro até dezembro de 2020

    Thiago Neves fala em desejo de jogar no Corinthians em 2020; em coletiva, depois, freia empolgação

    ver detalhes
  • Alex Teixeira, de 29 anos, tem contrato com o Jiangsu Suning, da China, até o fim de 2020

    Corinthians retoma interesse e busca informações sobre a situação de Alex Teixeira na China

    ver detalhes
  • Renato Augusto e Rodriguinho seriam boas opções para o Corinthians em 2020?

    Sete dicas de ex-corinthianos que poderiam voltar ao Timão em 2020

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: