Emerson Sheik tem cargo contestado no Corinthians e saída precoce não está descartada

34 mil visualizações 310 comentários

Emerson Sheik, coordenador de futebol, é contestado internamente no CT do Corinthians

Emerson Sheik, coordenador de futebol, é contestado internamente no CT do Corinthians

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Não é apenas Fábio Carille que vive momento de dúvida no Corinthians. Atual coordenador de futebol, o ex-atacante Emerson Sheik está tendo o seu trabalho contestado internamente no clube e uma saída antes mesmo do término da temporada não está descartada. O Meu Timão apurou que a situação do ex-jogador, neste momento, é tensa no CT Joaquim Grava.

Sheik assumiu o cargo na diretoria de futebol em fevereiro após a saída de Alessandro Nunes, também ex-jogador do clube. Hoje, Emerson ainda é bancado pelo diretor de futebol Duílio Monteiro Alves, mas já não goza da mesma confiança de Andrés Sanchez. Apesar de tentar contornar a situação, o presidente alvinegro já não o faz com tanta veemência nos bastidores.

A contestação sobre o trabalho de Sheik é, basicamente, decorrente da falta de capacitação profissional para exercer o cargo de coordenador, além de um comportamento "extracampo" não condizente com a atual posição. É possível dizer que a chance de uma permanência do ex-atacante na próxima temporada é remota.

O jornalista Juca Kfouri, recentemente, noticiou também uma falta de habilidade na relação com alguns ex-companheiros de trabalho, jogadores mais experientes do grupo que dividiram o gramado por alguns anos.

Sem citar nomes, que fique claro, o presidente Andrés Sanchez cogitou mudanças na diretoria em seu forte desabafo após a derrota do Corinthians para o CSA, na noite desta quarta-feira. "Nessas horas tem que ter mudança drástica. Se não reagir, tem que ter mudança drástica. Até na diretoria. Não dá para ter paciência, não tem mais paciência", afirmou o mandatário.

Em tempo: Emerson Sheik é um dos jogadores mais vitoriosos da história do clube, com nada menos do que sete títulos (Paulista, 2013 e 2018; Brasileiro, 2011 e 2015; Recopa 2013; Libertadores 2012; e Mundial de Clubes 2012). Em campo, foram 196 jogos e 28 gols.

Veja mais em: Emerson Sheik, Diretoria do Corinthians, Duílio Monteiro Alves e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Gabriel Pereira tem contrato com o Timão até o dia 31 de março e, como reza a legislação esportiva, já pode assinar um pré-contrato com qualquer clube do mundo

    Renovação de Gabriel Pereira com o Corinthians segue uma incógnita

    ver detalhes
  • Lateral-esquerdo Reginaldo, do time Sub-20, participou do treino da equipe principal nesta quarta-feira

    Corinthians faz treino de posse de bola com atletas do Sub-20; Renato e Giuliano não vão ao gramado

    ver detalhes
  • Derrota no Majetoso, com mais um desempenho ruim, despertou a bronca de boa parte da torcida do Corinthians contra o técnico Sylvinho

    Pressão por saída de Sylvinho do Corinthians chega ao Parque São Jorge; CT tenta manter bolha

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves assumiu a presidência do Corinthians no dia 4 de janeiro

    Corinthians revisa orçamento de 2021; Meu Timão mostra o antes e depois dos números

    ver detalhes
  • Felipe se despediu do Corinthians em 2016

    Felipe se declara ao Corinthians e não descarta retorno: 'Seria uma possibilidade'

    ver detalhes
  • Corinthians recorre decisão que favorece o atacante Mauro Boselli

    Corinthians recorre de decisão da Fifa no processo de Boselli e aguarda resposta

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x