Carille 'agradece Ibope', cita respaldo da diretoria e faz análise positiva do 2019 do Corinthians

36 mil visualizações 615 comentários

Por Lucas Faraldo, Rodrigo Vessoni e Vitor Chicarolli, no CT Joaquim Grava

Fábio Carille balança no Corinthians em meio ao jejum de sete jogos sem vitória

Fábio Carille balança no Corinthians em meio ao jejum de sete jogos sem vitória

Rodrigo Vessoni/Meu Timão

O técnico Fábio Carille falou pela primeira vez publicamente após a derrota de quarta-feira para o CSA. O treinador confirmou sua permanência no Corinthians em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira no CT Joaquim Grava. Pela primeira vez na temporada, cabe lembrar, o presidente Andrés Sanchez não banca a permanência do treinador até dezembro.

"Quero agradecer todo o ibope de ontem. Dia de fico e tudo mais. É claro que depois do jogo passa tudo pela cabeça. Tenho uma diretoria muito experiência em vestiário. Se eles entendem que pode ser melhor, pode ser diferente. Por que eu vou desistir? Também penso assim. Está sendo meu pior momento como técnico, mas todos tem que melhorar. Pós-jogo você pensa muita coisa, mas ontem a tarde já comecei a planejar o jogo de domingo", completou, se referindo ao embate contra o Flamengo, líder do Brasileirão.

Há sete jogos sem vencer e desde a última rodada fora da zona de classificação para a Libertadores, o Corinthians vive o ápice de sua crise - o Meu Timão fez uma linha do tempo dos "45 dias que abalaram o mundo alvinegro". Após a derrota de quarta-feira para o CSA, o hotel onde a delegação estava hospedada em Maceió foi alvo de tentativa de invasão. No dia seguinte, os jogadores foram recepcionados sob protesto na porta do CT Joaquim Grava.

"O que a gente percebe e bate com a fala do Andrés, é que o ano já acabou. E o por que isso? Por que saímos para o Flamengo na Copa do Brasil, chegamos em uma semifinal de Sul-Americana e brigando na parte de cima do Brasileiro. Depois que atingimos 45 pontos, chamou atenção a concentração dos atletas. Definiu o ano. Isso está sendo um desafio para mim. Motivar os jogadores e entender que no Corinthians precisa estar bem sempre. Temos nove jogos para fazer nosso melhor. A concentração caiu depois que atingimos a pontuação que nos garante na Série A", acrescentou.

Os 45 pontos citados por Fábio Carille foram atingidos no último sábado após o empate em casa em 0 a 0 contra o Santos. Hoje são 23 de distância para o primeiro colocado Flamengo.

"É um trabalho bom. Dentro das condições do Corinthians, sou muito grato por tudo. Veio até jogador a mais que eu imaginava. Foi um ano de reconstrução, que conseguimos os objetivos. Chegar numa semifinal da Sul-Americana, com problemas de equilíbrio no time, é claro. Foi um ano bom, mas podia ser melhor. É um ano reconstrução, começamos com 25 jogadores novos. Falta umas características no nosso elenco, mas considero um ano bom", analisou, em referência implícita também ao título do Campeonato Paulista.

Com mudanças na escalação e no posicionamento de Pedrinho, o Corinthians enfrenta o líder Flamengo na tarde deste domingo, no Maracanã, pela 30ª rodada do Brasileirão.

Veja mais em: Fábio Carille e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Felipe Oliveira/EC Bahia

    Corinthians melhora no segundo tempo, mas não consegue sair do zero contra o Bahia

    ver detalhes
  • Cantillo foi eleito o melhor do Corinthians diante do Bahia

    Cantillo é eleito melhor do Corinthians em empate com o Bahia; técnico e volante são os piores

    ver detalhes
  • Jô durante o aquecimento no estádio do Pituaçu

    Corinthians multa Jô por conta de chuteira verde contra o Bahia; jogador se pronuncia

    ver detalhes
  • Romero respondeu comentário de torcedor do Corinthians

    Romero responde torcedor sobre possível volta ao Corinthians; veja vídeo

    ver detalhes
  • Adson foi uma das escolhas de Sylvinho neste domingo

    Torcida do Corinthians critica Sylvinho por escalação, mas elogia espaço para base; veja tuítes

    ver detalhes
  • Sylvinho falou sobre alternativas para a escalação do Corinthians

    Sylvinho fala sobre 'alternativas para escalação' e analisa boa recomposição defensiva de Vital

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x