Presidente confirma Dyego Coelho como treinador do Corinthians até o fim da temporada

22 mil visualizações 95 comentários

Por Vitor Chicarolli e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

Dyego Coelho segue no comando do Timão até o fim desta temporada

Dyego Coelho segue no comando do Timão até o fim desta temporada

Danilo Fernandes / Meu Timão

Em meio a negociação com o técnico Tiago Nunes, o presidente Andrés Sanchez confirmou que o interino Dyego Coelho seguirá no comando do Corinthians até o fim da temporada. O ex-jogador foi escolhido pela diretoria alvinegra para ocupar o cargo de treinador da equipe depois da demissão de Fábio Carille, no último domingo.

"Coelho confirmado até o final do Brasileirão. Vai até o final do ano independente do treinador. Nossa preferência é o Tiago Nunes, mas vamos esperar, até porque o Internacional e outros times fizeram ofertas quase irrecusáveis", disse o mandatário do Timão após a vitória por 3 a 2 sobre o Fortaleza, na Arena, pelo Brasileiro.

Conforme apurado pela reportagem do Meu Timão, Tiago Nunes tem tudo acertado para assumir o Corinthians em janeiro de 2020. O anúncio oficial por parte do Timão, inclusive, pode sair a qualquer momento.

Questionado sobre a negociação nesta quarta-feira, Andrés Sanchez preferiu não cravar, mas admitiu que já iniciou conversas com o empresário do ex-treinador do Athletico Paranaense.

Leia também: Coelho explica mudança de postura do Corinthians e atribui méritos da vitória aos jogadores

Assim, Dyego Coelho, que agradou bastante a Fiel, terá tempo para mostrar o que pode fazer no plantel profissional do Parque São Jorge. Ele, cabe destacar, comandava a equipe Sub-20 do Timão até o último domingo.

Em sua estreia, Coelho cobrou intensidade de seus jogadores e, ao menos aqueles que entraram em campo, souberam responder bem. O Corinthians voltou a jogar bem, mostrou nova postura e encerrou o jejum de oito jogos sem uma vitória sequer.

A atuação, aliás, parece ter agradado também Andrés Sanchez.

"Vitória de qualquer jeito é boa, mas é óbvio que o time hoje, talvez até pela pressão que vinha sofrendo, correu mais, se dedicou mais, tentou mais. Isso faz parte e ninguém gosta, a pressão em cima dos jogadores. Fazia tempo que não ficava oito jogos sem ganhar", declarou o mandatário.

Veja mais em: Dyego Coelho, Andrés Sanchez, Diretoria do Corinthians e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Corinthians decide Brasileirão Feminino nesta semana

    Agenda do Corinthians na semana tem duelo fora de casa, final no feminino e mais; veja

    ver detalhes
  • Lucas Sanchez e Andrés Sanchez; filho do presidente corinthiano fez um desabafo nas redes sociais após a vitória de Duílio nas redes sociais

    Filho de Andrés Sanchez faz forte desabafo nas redes sociais após mais um triunfo na eleição

    ver detalhes
  • Mancini pode ter dois centroavantes de origem para encarar o Fortaleza

    Corinthians pode voltar a ter Jô e Boselli entre os relacionados após 50 dias

    ver detalhes
  • Cássio voltou a treinar no CT Joaquim Grava; Corinthians encara Fortaleza na quarta-feira

    Com presenças de Cássio e Ramiro, Corinthians faz segundo treino para enfrentar o Fortaleza

    ver detalhes
  • [Vessoni] Quem sai por cima? Quem sai arranhado? Rescaldo da eleição do Corinthians em dez pontos

    ver detalhes
  • Corinthians conquista o bicampeonato da Supercopa de Futsal

    Corinthians repete roteiro da semifinal, supera Pato e é Bicampeão da Supercopa de Futsal

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: