Novas ideias, função diferente e motivação: Gabriel aprova estreia de Dyego Coelho no Corinthians

5.9 mil visualizações 33 comentários Comunicar erro

Por Andrew Sousa e Rodrigo Vessoni, na Arena Corinthians

Gabriel parabenizou o comandante interino pela atuação nesta quarta-feira

Gabriel parabenizou o comandante interino pela atuação nesta quarta-feira

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A Fiel gostou do que viu na noite desta quarta-feira. Mesmo com apenas dois dias de treino, Dyego Coelho mandou um Corinthians bem diferente a campo. Apesar dos erros de execução, o time foi mais ofensivo e bateu o Fortaleza por 3 a 2. Novidade na escalação, Gabriel destrinchou as ideias do comandante interino após a partida.

"É um perde pressiona, ritmo muito alto, de ficar com a bola, pressão, imposição, buscar o gol, ser agressivo sem a bola, não deixar espaços... Ainda é começo, dois dias de trabalho. Precisa ajustar algumas coisas, posicionamentos, para ficar ainda melhor", resumiu.

"É possível dar certo (esse estilo de jogo) até porque o resultado veio. A equipe foi bem, posse de bola, roubar e propor jogo. A saída de jogo teve dois dias de treino, tem muito a melhorar, mas a equipe conseguiu sair com personalidade, confiança. Agora é ajustar os erros para sábado ser ainda melhor que hoje", completo.

Leia também:
Essas informações deixarão você boquiaberto sobre Mauro Boselli no Corinthians
Boselli 'lava a alma' em entrevista pós-vitória: 'Não estava contente, os outros não estavam'
Coelho explica mudança de postura do Corinthians e atribui méritos da vitória aos jogadores

Nesse novo desenho do Timão, Gabriel pode ganhar maior protagonismo na saída de bola da equipe. Na noite desta quarta-feira, Danilo Avelar se juntou aos zagueiros para fazer uma linha de três. Quando o lateral avançava, porém, o camisa 5 recuava para cobrir espaços e iniciar as jogadas. A função não é novidade para ele.

"Para mim é indiferente. Já fiz essa saída de bola com três ainda na época que jogava no Botafogo, a gente tinha essa saída de bola, eu afundava entre zagueiros para pegar a bola e sair jogando. Mas isso depende de cada adversário, do nosso modo de jogar. Hoje encaixou bem, movimentação boa, mas como eu disse, é um primeiro jogo de uma mudança, a gente ia sentir dificuldades, é normal, mas a equipe está de parabéns pela vitória", analisou.

O que também mudou foi a postura dos jogadores. Depois de Júnior Urso admitir a insatisfação do plantel com algumas declarações de Fábio Carille, Gabriel preferiu dar os méritos a Dyego Coelho, que mostrou intensidade nos treinos e levou também para a beira do campo.

"Coelho fez muito bem isso. Ele é motivador, está a todo momento incentivando, se erra não tem problema, vai para a próxima e vai acertar, isso que é importante. Isso mexe com o jogador, ele foi também, estava do nosso lado, ele até disse que queria colocar a chuteira e entrar em campo. Esse é o espírito e acaba contagiando. Ele está de parabéns pelo início de trabalho, e vamos procurar assimilar isso o mais rápido possível para tentar apresentar e mostrar resultado dentro de campo", concluiu.

E o clima é de total harmonia. Depois do apito final, Dyego Coelho creditou a vitória ao grupo de jogadores, enchendo todos de elogio pela postura dentro de campo.

Veja mais em: Gabriel e Dyego Coelho.

Veja Mais:

  • Timão encarou o Atibaia em jogo-treino nesta quarta-feira

    Corinthians empata com o Atibaia em jogo-treino com os reservas no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Mauro Boselli tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2020

    Boselli fala até de matrícula das filhas e projeta 2020 no Corinthians: 'Não penso em outra coisa'

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians treinou na Arena nesta quarta-feira

    Feminino do Corinthians faz reconhecimento da Arena em treino animado antes da final

    ver detalhes
  • A torcida do Corinthians reservou todos os ingressos para a final do Paulista Feminino na Arena

    Torcida do Corinthians esgota ingressos para final do Paulista Feminino na Arena

    ver detalhes
  • Depois de derrota contra o CSA, treinador soltou o verbo com o elenco

    Sanchez se retrata por cobrança pública ao elenco, mas cobra vaga na Libertadores

    ver detalhes
  • Carro da Mercedes durante GP do Brasil de F1 de 2015

    Como GP de Fórmula 1 ajudou Corinthians a se livrar de dívida de R$ 30 mil junto à PM

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: