De saída após discussão com Chicão, Coelho já foi comandado por Mano Menezes no Corinthians

43 mil visualizações 117 comentários Comunicar erro

Coelho e Mano Menezes se reencontram: agora ambos como técnicos

Coelho e Mano Menezes se reencontram: agora ambos como técnicos

Montagem/Meu Timão/Giuseppe Goulart

Comandados por Dyego Coelho e Mano Menezes, Corinthians e Palmeiras se enfrentam na noite deste sábado, no Pacaembu, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os técnicos se reencontram quase 12 anos após breve período de parceria no próprio Timão.

Escolhido pelo já então presidente corinthiano Andrés Sanchez como técnico responsável pela reconstrução do Corinthians naquela temporada de Série B, Mano Menezes contou com o reforço de Coelho no elenco que, àquela altura em 2008, disputaria primeiro o Paulistão.

Entre os dias 23 de janeiro e 2 de fevereiro, Mano Menezes, hoje treinador do Palmeiras, comandou Dyego Coelho, então lateral e hoje técnico interino do Corinthians , quatro vezes. O último dos jogos foi um empate sem gols com o Mirassol, no Morumbi.

Tal partida foi marcada pela despedida de Coelho do Corinthians. Bastante criticado pela torcida desde as temporadas anteriores, quando inclusive acabou emprestado ao Atlético-MG ao longo de 2007, o lateral voltou a entrar em rota de colisão com a Fiel.

Já no segundo tempo daquele jogo, Coelho e Chicão discutiram veementemente num lance na entrada da área corinthiana. Eles quase chegaram às vias de fato não fossem os colegas de equipe para apaziguar a situação. O problema é que, diante daquela até natural discussão entre companheiros de time, a torcida tomou partido: em coro, gritaram o nome de Chicão.

"É uma discussão normal. Isto acontece pela adrenalina do jogo, até porque não estávamos conseguindo fazer o gol. Mas já falei com o Coelho no vestiário e pedi desculpas, está tudo bem", disse, na saída do estádio, o ainda então recém-chegado zagueiro Chicão.

Chicão no início de fevereiro ainda era recém-chegado ao Corinthians

Chicão no início de fevereiro/08 ainda era recém-chegado ao Corinthians

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

"É uma situação natural, mas poderia ser evitada", resumiu Mano Menezes à época.

Fato é que o episódio foi a gota d'água para Coelho, que tentava voltar ao Corinthians, clube pelo qual foi revelado e jogou entre 2003 e 2006. Querido pelo Atlético-MG graças à boa passagem por Belo Horizonte na temporada anterior, o lateral pediu para Andrés Sanchez costurar novo empréstimo naquele que seria seu último ano de contrato com o Timão.

Os quatro jogos de Coelho sob comando de Mano Menezes

  • Corinthians 2 x 0 Paulista - 23/1/2008
  • São Paulo 0 x 0 Corinthians - 27/1/2008
  • Sertãozinho 0 x 0 Corinthians - 30/1/2008
  • Corinthians 0 x 0 Mirassol - 2/2/2008

Veja mais em: Dyego Coelho, Ex-jogadores do Corinthians e História do Corinthians.

Veja Mais:

  • Timão encarou o Atibaia em jogo-treino nesta quarta-feira

    Corinthians empata com o Atibaia em jogo-treino com os reservas no CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Mauro Boselli tem contrato com o Corinthians até dezembro de 2020

    Boselli fala até de matrícula das filhas e projeta 2020 no Corinthians: 'Não penso em outra coisa'

    ver detalhes
  • Elenco do Corinthians treinou na Arena nesta quarta-feira

    Feminino do Corinthians faz reconhecimento da Arena em treino animado antes da final

    ver detalhes
  • A torcida do Corinthians reservou todos os ingressos para a final do Paulista Feminino na Arena

    Torcida do Corinthians esgota ingressos para final do Paulista Feminino na Arena

    ver detalhes
  • Depois de derrota contra o CSA, treinador soltou o verbo com o elenco

    Sanchez se retrata por cobrança pública ao elenco, mas cobra vaga na Libertadores

    ver detalhes
  • Carro da Mercedes durante GP do Brasil de F1 de 2015

    Como GP de Fórmula 1 ajudou Corinthians a se livrar de dívida de R$ 30 mil junto à PM

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: