Com Pedrinho titular, Brasil derrota os Estados Unidos em torneio na Espanha

11 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Meia mais uma vez foi o camisa 10 do Brasil sub-23

Meia mais uma vez foi o camisa 10 do Brasil sub-23

Reprodução

O Brasil derrotou os Estados Unidos na tarde desta quinta-feira, na Espanha, pelo Torneio de Tenerife. Contando com o corinthiano Pedrinho na equipe, o time do técnico André Jardine fez 1 a 0 sobre os americanos - o gol foi marcado por Matheus Cunha. Agora, a equipe espera o vencedor de Argentina x Ilhas Canárias para saber quem enfrenta na decisão, no domingo, também na Espanha.

Pedrinho, que teve atuação razoável e foi titular com a camisa 10, sendo substituído aos 30 minutos do segundo tempo, deu um chute perigoso e ficou com a função de organizar a equipe. Ele chegou a assustar ao cair no chão após pancada no tornozelo esquerdo, no fim da etapa inicial, mas conseguiu voltar a campo depois do intervalo.

O primeiro tempo do duelo mostrou um Brasil bastante superior ao adversário, apostando em uma marcação adiantada para dificultar o jogo dos americanos. E foi logo em uma roubada de bola, após pressão de Pedrinho, que Matheus Cunha recebeu na entrada da área e bateu fraco. A bola entrou devagar no canto esquerdo baixo do goleiro, que falhou feio na hora de fazer a defesa.

Leia também:
Com dupla do Corinthians, Seleção Brasileira supera Itália e avança à semi do Mundial Sub-17
Seleção de Pedrinho conhece grupos do Pré-Olímpico e meia pode enfrentar outro corinthiano

Sem sofrer sustos, o time de André Jardine pecou apenas na hora de ser mais objetivo com a bola. Até o intervalo, mesmo com o domínio das ações, a equipe só conseguiu ameaçar o gol americano em cabeçada de Martinelli, defendida pelo arqueiro, e em chute de longe de Pedrinho, que passou por cima da meta.

No segundo tempo, menos intenso, o Brasil chegou bem apenas em contra-ataques. No primeiro deles, Martinelli recebeu dentro da área e chutou na trave. Depois, Paulinho invadiu, deixou um zagueiro no chão e chutou rente ao poste direito. Do outro lado, os EUA, com Salcedo, também carimbaram a trave brasileira.

Depois dos 30 minutos do segundo tempo, Jardine trocou quase todos os seus titulares do meio para frente. Aos 38, o volante Douglas, ex-Corinthians, teve sua primeira oportunidade na Sub-23, entrando na vaga de Matheus Henrique, atuando nos últimos dez minutos de bola rolando.

Veja mais em: Corinthianos na Seleção e Pedrinho.

Veja Mais:

  • Tiago Nunes falou pela primeira vez sobre assumir o comando do Corinthians

    Tiago Nunes fala pela primeira vez sobre assumir o Corinthians: 'Realizando um sonho'

    ver detalhes
  • Michael e Duílio se encontraram na noite desta segunda-feira, na Arena

    Diretor do Corinthians é visto em conversa com Michael antes de jogo festivo na Arena

    ver detalhes
  • Michael, do Goiás, é um dos alvos do Timão para 2020

    Andrés Sanchez admite que Michael deseja atuar pelo Corinthians em 2020; atacante desconversa

    ver detalhes
  • Luan, do Grêmio, participou de jogo festivo na Arena Corinthians nesta terça-feira

    Alvo do Corinthians, Luan é exaltado pela Fiel durante jogo festivo, mas deixa futuro em aberto

    ver detalhes
  • Neto era um dos principais nomes do Corinthians na época

    Camisas 1 e 2 do Corinthians em 2020 homenagearão título histórico; campeões serão 'convocados'

    ver detalhes
  • Bruno Méndez passou por cirurgia de hérnia inguinal nesta terça-feira

    Bruno Méndez tem cirurgia bem-sucedida, mas data de retorno não é confirmada

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: