Corinthians bate Botafogo fora de casa e larga na frente na decisão da Sul-Americana de Basquete

6.5 mil visualizações 54 comentários Comunicar erro

Timão venceu fora de casa e largou na frente pela disputa do título sul-americano de basquete

Timão venceu fora de casa e largou na frente pela disputa do título sul-americano de basquete

Divulgação/ Basquete Brasil

Botafogo 74 X 88 Corinthians

Liga Sul-Americana de Basquete 2019
05 de dezembro de 2019, 20:40
Botafogo 74 x 88 Corinthians
Arena Carioca 1

Na noite desta quinta-feira, o Corinthians visitou o Botafogo na Arena Carioca 1 pelo primeiro jogo da final da Sul-Americana de Basquete. Mesmo fora de casa, o Timão se impôs e superou os donos da casa por 88 a 74.

Com a vitória, o Timão segue com 100% de aproveitamento no torneio e chega a 11 vitórias seguidas. Agora, as equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, pelo segundo jogo da decisão, no Wlamir Marques, às 20h40. Em caso de vitória alvinegra, o título fica com a equipe do Parque São Jorge; em caso de triunfo da equipe carioca, as equipes decidem o torneio na sexta-feira, às 21h, no mesmo local.

Escalação: para iniciar a partida, o treinador Bruno Savignani escalou o quinteto do Timão com Fuller, Wesley, Pecos, Nesbitt, Robinson.

O grande destaque da partida fica por conta de David Nesbitt. O corinthiano foi o cestinha do jogo com 18 pontos (ao lado de Fuller e Cauê, do Botafogo), líder de rebotes (11) e líder de bloqueios, com dois. Pecos também merece destaque: o alvinegro foi líder de assistências, com oito, e terceiro maior pontuador, com 17. Por fim, Teichmann também se destacou: foi o segundo em rebotes (oito), o terceiro em assistências (quatro) e líder de bloqueios ao lado de Nesbitt, com dois.

Como foi o jogo?

Primeiro quarto – Botafogo 12 x 27 Corinthians

Os primeiros minutos da partida foram mais calmos, com as equipes indo ao ataque devagar e se estudando, para não comprometer o início do jogo.

A primeira cesta do quarto foi do Botafogo, com Lucas, logo no primeiro ataque da equipe mandante. Na sequência, Nesbitt não acertou o arremesso de três e a equipe carioca também desperdiçou o contra-ataque. Aos dois minutos, Wesley marcou de três e virou para o Timão.

Aos três minutos, Nesbitt e Wesley pontuaram e ampliaram a vantagem corinthiana – 2 a 7 para o Timão. Pouco depois, no entanto, Cauê pontuou para o Botafogo e sofreu a falta, ganhando lance de bonificação, e converteu – 5 a 7. Na saída de bola, Robinson marcou mais dois para o Timão e, na jogada seguinte, Nesbitt recebeu boa bola dentro do garrafão e enterrou.

Com cinco minutos, após pedido de tempo do treinador do Botafogo, Cauê marcou três pontos e diminuiu a vantagem alvinegra – 7 a 11. Na sequência, Wesley sofreu falta no ataque e converteu um dos arremessos livres. Com seis minutos, Nesbitt marcou mais uma cesta de três para o Timão e na saída de bola foi Cauê quem marcou mais três – 12 a 15.

Aos sete minutos, foi Fuller quem arremessou para três pontos e converteu. Na sequência, Nesbitt deu toco no ataque adversário, puxou o contra-ataque e marcou mais três abrindo 11 pontos de vantagem – 12 a 23. Faltando menos de um minuto, Nesbitt sofreu a falta e converteu os dois arremessos livres e Pecos ainda marcou mais uma cesta, dando números finais ao quarto: 12 a 27.

Segundo quarto – Botafogo 34 x 56 Corinthians

Teichmann iniciou o quarto marcando dois pontos para o Timão logo na primeira jogada, mas em seguida Sommer descontou para o Botafogo. No minuto seguinte, Teichamnn e Nesbitt voltaram a marcar e ampliaram. Com quase dois minutos, Cauê marcou três para o Botafogo e na saída de bola Humberto fez cesta de dois para o Timão – 17 a 33.

Com pouco mais de dois minutos, Teichmann fez linda jogada e conseguiu belo passe para Nesbitt pontuar. Com quatro minutos, Jamal e Robinson marcaram de dois para as duas equipes e na jogada seguinte o botafoguense arremessou para três pontos, converteu e sofreu a falta, marcando também no arremesso de bonificação – 24 a 37.

Com quase cinco minutos, Fischer marcou dois para o Timão e pouco depois Vezaro arremessou de três, fazendo o técnico adversário pedir tempo – 24 a 42. No reinicio do jogo, porém, o Botafogo desperdiçou o ataque, assim como fez o Corinthians na jogada seguinte. Com seis minutos, Sommer sofreu a falta, converteu os dois arremessos e diminuiu a vantagem corinthiana para 19 pontos – 26 a 45.

Aos sete minutos, o Corinthians começou a apresentar erros bobos em quadra, mas que não comprometeram o placar por conta da ampla vantagem. Aos oito minutos, Nesbitt recebeu bom passe de Pecos e enterrou, mas logo me seguida Coelho descontou – 31 a 47. Faltando pouco mais de um minuto para o fim do quarto, Pecos arremessou de fora do garrafão e marcou três para o Timão, seguido de outros três pontos de Fuller – 34 a 51. Nos segundos finais, Pecos e Nesbitt converteram três lances livres e encerraram o quarto em 34 a 56.

Terceiro quarto – Botafogo 54 x 67 Corinthians

Cauê marcou a primeira cesta do quarto e em seguida converteu um dos arremessos livres do Botafogo. No minuto seguinte, Sommer marcou mais dois pontos para os adversários e Lucas deu toco em Pecos. A primeira cesta corinthiana aconteceu apenas com quase dois minutos de jogo em arremesso de lance livre de Pecos – 41 a 57. Pouco tempo depois, Fuller marcou para o Timão.

Aos três minutos, Fuller voltou a marcar três para o Timão e na sequência Jamal desperdiçou boa oportunidade no ataque – 42 a 63. Com quatro minutos, Cauê recebeu dentro do garrafão e converteu o arremesso. Na saída de bola, o Timão perdeu no ataque e viu Sommer tentar a cesta, mas Nesbitt deu o toco. Aos cinco minutos, Jamal marcou e colocou 46 a 63 no placar.

Com pouco mais de cinco minutos, Nesbitt sofreu a falta no ataque e converteu um dos arremessos. Na jogada seguinte, foi a vez de Jamal sofreu a falta, mas ele aproveitou os dois lances livres – 48 a 64. Aos seis minutos, Teichmann conseguiu belo passe para Fuller, que marcou de três e ampliou a vantagem alvinegra. Na saída de bola, Teichmann deu toco em Lucas, que tentou a cesta após trocar passes com Sommer.

Passados os sete minutos, Diego sofreu a falta e converteu os dois arremessos – 50 a 67. Faltando um minuto, o Botafogo cresceu, conseguiu duas cestas e o Timão desperdiçou suas oportunidades no ataque, fazendo Bruno Savignani pedir tempo. O Corinthians voltou ainda com erros dentro de quadra e sob forte marcação do Botafogo, mas nenhuma das duas equipes voltou a marcar e o quarto acabou em 54 a 67.

Quarto final - Botafogo 74 x 88 Corinthians

A primeira cesta corinthiana foi de dois pontos com Nesbitt nos segundos iniciais de jogo. O quarto começou disputado e com grande número de faltas para os dois lados e depois de pouco tempo o Botafogo começou a se mostrar nervoso e errar passes. Assim, a próxima cesta do jogo só aconteceu com três minutos de jogo após ótimo passe de Nesbitt para Teichmann. Segundos depois, Pecos marcou mais dois para o Timão – 54 a 73.

Aos quatro minutos, Nesbitt perdeu a bola no ataque e cometeu a falta em Coelho no campo de defesa corinthiano. O adversário desperdiçou uma das chances e marcou apenas um ponto para o Botafogo. Com cinco minutos, Fischer fez boa jogada e marcou, colocando 18 pontos na vantagem corinthiana.

Com pouco mais de cinco minutos, Nesbitt cometeu sua quinta falta, teve que deixar a quadra e na cobrança Diego marcou dois pontos para o Botafogo - 62 a 76. Um minuto depois, no entanto, Fischer sofreu a falta e converteu os dois arremessos, mas em seguida cometeu a falta em Arthur, que também converteu os dois lances.

Aos oito minutos, Fischer arremessou de fora do garrafão e ampliou a vantagem do Timão. No último minuto, as equipes foram se alternando no placar, Teichamnn e Fischer pontuaram para o Timão e Cauê e Sommer pelo Botafogo. Assim, o jogo acabou em 74 a 88.

Agenda alvinegra

Antes do jogo de volta da Sul-Americana, o Timão volta a entrar em quadra pelo NBB. Na próxima segunda-feira, às 20h, o Corinthians recebe o Pinheiros no Parque São Jorge.

Veja mais em: Basquete.

Quem Atuou

Jogadores

  • David Ahmad Nesbitt

    Nesbitt

    Pontos: 18
    Rebotes: 11
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 29m13s

  • Kyle Alejandro Fuller

    Fuller

    Pontos: 18
    Rebotes: 3
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 28m24s

  • Guilherme Frantz Teichmann

    Teichmann

    Pontos: 8
    Rebotes: 8
    Assistências: 4
    Tempo em quadra: 27m57s

  • Arthur Pecos Fernandes da Silva

    Arthur Pecos

    Pontos: 17
    Rebotes: 3
    Assistências: 8
    Tempo em quadra: 23m27s

  • Ricardo Fischer

    Ricardo Fischer

    Pontos: 9
    Rebotes: 1
    Assistências: 5
    Tempo em quadra: 23m22s

  • Humberto Luis Gomes da Silva

    Humberto

    Pontos: 4
    Rebotes: 3
    Assistências: 2
    Tempo em quadra: 21m43s

  • Tracy Terrell Robinson

    Tracy Robinson

    Pontos: 5
    Rebotes: 3
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 21m19s

  • Felipe André Vezaro

    Felipe Vezaro

    Pontos: 3
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 11m36s

  • Wesley de Castro Ferreira

    Wesley

    Pontos: 6
    Rebotes: 1
    Assistências: 1
    Tempo em quadra: 9m08s

  • Douglas dos Santos Silva

    Douglas Santos

    Pontos: 0
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 3m35s

  • Daniel Von Haydin

    Daniel Von Haydin

    Pontos: 0
    Rebotes: 0
    Assistências: 0
    Tempo em quadra: 0m16s

Comente a notícia: