Fagner fará seu 150º jogo na Arena Corinthians contra o Fluminense; lateral falou ao Meu Timão

9.9 mil visualizações 62 comentários

Fagner completará neste domingo, diante do Fluminense, 150 jogos pelo Corinthians na Arena

Fagner completará neste domingo, diante do Fluminense, 150 jogos pelo Corinthians na Arena

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

A partida contra o Fluminense, neste domingo, pela última rodada do Brasileirão, será especial para Fagner. Será seu 150º jogo pelo Corinthians na Arena. Apenas o goleiro Cássio, com 163 vezes, entrou mais em campo no estádio que faz parte da vida do clube desde 2014.

E aí está o detalhe. O camisa do 23 do Timão retornou ao Parque São Jorge no início deste ano, a poucos meses da inauguração da Arena Corinthians. Ou seja, a trajetória de Fagner e do estádio em Itaquera se confundem.

Fagner comemora o gol contra o Inter, a primeira vitória do Corinthians na Arena, em junho de 2014

Fagner comemora gol contra o Inter, na primeira vitória do Corinthians na Arena, no dia 17 de julho de 2014 (2 a 1)

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O lateral-direito fez parte de toda a era vitoriosa do estádio, que já contempla cinco títulos: Brasileiros de 2015 e 2017, e os Campeonatos Paulistas de 2017, 2018 e 2019. Até hoje, com Fagner em campo, o Corinthians venceu 95 vezes, empatou 38 e perdeu apenas 16.

A pedido do Meu Timão, por meio da assessoria de imprensa pessoal, Fagner falou da marca dos 150 jogos na Arena Corinthians. Jogos mais emocionantes, momento para esquecer, comparação com o Pacaembu... um pouco de tudo. Veja:

Gol 11.000 da história do Corinthians foi marcado diante do Cruzeiro, pelo Brasileirão-19

Gol 11.000 da história do Corinthians foi marcado diante do Cruzeiro na Arena, pelo Brasileirão-19

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Meu Timão: Como recebe essa marca de 150 jogos na Arena Corinthians, o que te faz o segundo mais presente na história do estádio?

Fagner: Recebo muito bem, muito feliz. Sabemos que não é fácil ficar tanto tempo no mesmo clube. Fico feliz de estar bastante tempo no Corinthians e de ter o privilégio de ser o segundo a alcançar essa marca tão importante.

Quais os momentos mais alegres e marcantes dentro da Arena?

Com certeza os momentos de levantar os troféus, graças a Deus tive esse privilégio em 2015, 2017 por duas vezes e também em 2019! Esses momentos de conquistas sempre são marcantes.

Qual momento você nunca gostaria de ter vivido dentro da Arena?

Ah, com certeza os de eliminações, né? Não gostamos de perder mesmo, ainda mais ao lado dos nossos familiares e da nossa torcida que sempre nos apoia.

Você jogou pouco em 2006 e voltou ao clube em 2014, ano da inauguração da Arena. Ou seja, jogou pouco no Pacaembu. Mesmo assim, até por ter jogado como adversário no Pacaembu, vê alguma semelhança? Ou a Arena é diferente do Pacaembu?

A diferença, pra mim, não existe. Até porque aonde o Corinthians vai jogar, o torcedor está sempre presente e apoiando. A diferença que percebo é o torcedor mais perto do gramado e apoiando, como sempre faz. Nossa torcida faz muito diferença.

Fagner comemora o primeiro gol contra o Novorizontino, o primeiro dos dois marcados naquele duelo pelo Paulistão 2016; para o lateral, o mais bonito dele no estádio

Fagner comemora o primeiro gol contra o Novorizontino, o primeiro dos dois marcados naquele duelo pelo Paulistão 2016; para o lateral, o mais bonito dele no estádio

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Dos seus 8 gols pelo Corinthians, 6 foram na Arena: Inter, Marília, Once Caldas, Novorizontino (2) e Cruzeiro. Qual foi o mais bonito? Qual foi o mais importante?

Fico sempre feliz de fazer gols em casa. Acredito que o mais bonito tenha sido o primeiro contra o Novo Horizontino. Porém, o mais marcante, sem dúvida, foi o gol contra o Cruzeiro, pelo marco importante dos 11 mil gols do clube no Brasileiro**.

**Nota da redação: dias depois, o jornalista Celso Unzelte encontrou um resultado antigo, da década de 1910, e o gol mil da história passou a ser de Gustagol, diante do Goiás.

Acha possível que um ou seus dois filhos ainda tenham a chance de jogar na Arena com pai no camarote assistindo?

Sem dúvida, seria muito emocionante poder ver um ou os dois jogando na Arena comigo lá, assistindo e torcendo por eles, assim como eles fazem por mim hoje.

Fagner anotou um dos 4 gols do Corinthians na goleada sobre o Once Caldas, pela pré-Libertadores de 2015; uma das jogadas coletivas mais bonitas do estádio até hoje

Fagner anotou um dos 4 gols do Corinthians na goleada sobre o Once Caldas, pela pré-Libertadores de 2015; uma das jogadas coletivas mais bonitas do estádio até hoje

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Veja mais em: Fagner, História do Corinthians e Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • Danilo retorna ao Corinthians para trabalhar nas categorias de base

    Corinthians anuncia ex-meia Danilo como novo técnico do Sub-23

    ver detalhes
  • Lateral-esquerdo Alê Mantelli, de 18 anos, renovou contrato com o Corinthians até o fim de julho

    Corinthians renova contrato com jogador do Sub-23 que não atuou na última temporada

    ver detalhes
  • Ederson não atua desde o dia 25 de novembro e ficou fora da lista dos relacionados nos últimos seis jogos

    Corinthians aguarda ofertas por Éderson visando reformulação para 2021; dupla também pode sair

    ver detalhes
  • Jô no duelo contra o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro

    Corinthians vê chance de ir à Libertadores cair em 15% após derrota em Dérbi; veja probabilidades

    ver detalhes
  • Rua em frente ao Parque São Jorge foi cedida ao clube pela Prefeitura de São Paulo

    Corinthians ganha cessão de rua por 40 anos, mas não escapa de indenização de R$ 22 milhões

    ver detalhes
  • Gabriel e Gil são desfalque do Corinthians para jogo contra o Sport

    Quem deve substituir Gil e Gabriel no jogo do Corinthians contra Sport? Vote em enquete do Meu Timão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: