Depois de oito jogos, Coelho avalia seu trabalho no Corinthians e fala sobre evolução do grupo

1.7 mil visualizações 58 comentários

Por Rafael Bianco e Tomás Rosolino

Coelho treinou o Corinthians por oito partidas e deixa o comando da equipe para retornar ao Sub-20

Coelho treinou o Corinthians por oito partidas e deixa o comando da equipe para retornar ao Sub-20

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O técnico interino Dyego Coelho comandou a equipe principal do Corinthians pela última vez neste domingo, na derrota para o Fluminense pelo placar de 2 a 1. O treinador, que retorna para o Sub-20, avaliou o elenco alvinegro e afirmou que a próxima comissão técnica terá muita facilidade para trabalhar com este grupo.

"Eu posso dizer de quando eu cheguei e não de tempo para trás, porque não estava no contexto. Nesses oito jogos vou avaliar de uma maneira, pelo grupo, o que fizeram, foi fantástico. Eles mudaram o comportamento, eles conseguiram uma vaga para a Libertadores e lutaram até o final. Hoje no primeiro tempo estavam desconcentrados, mas no segundo foi fantástico. Quando cheguei encontrei um grupo que precisava de carinho, de atenção, e foi isso que fizemos. Se continuar assim, o Tiago vai encontrar jogadores equilibrados, com a cabeça melhor para ajudar o Corinthians na próxima temporada", disse o treinador após a partida.

Leia também:
Corinthians e Nunes se reúnem nesta segunda para discutir mercado; técnico indicou mais de 17 nomes
Coelho descarta conversa com Tiago Nunes, mas valoriza trabalho de transição: 'Vai facilitar muito'

Grande parte do trabalho de Coelho, além de garantir a classificação para a pré-Libertadores de 2020, foi de mudar o estilo de jogo do Corinthians, passando a ser mais ofensivo. Com o sentimento de missão cumprida, o treinador acredita que esta é uma decisão difícil a ser tomada, mas foi algo que colocou na cabeça desde o momento no qual assumiu o Timão.

"Eu comentei com a comissão ontem sobre isso. É um caminho que você fica com receio, porque na base você faz sempre, mas aqui eu pensei em fazer isso e ir até o final, é assim que eu vejo o futebol. Nada contra o trabalho de ninguém lá atrás, falo de quando eu cheguei. Tem jogadores com capacidade de entender o que é feito e vamos oscilar, mas fico feliz de ver que tem um caminho que é bacana de seguir e não podemos voltar para trás. O que eu levo é que realmente se pode jogar com ambição em um time tão grande como o Corinthians", complementou Coelho.

Agora, o treinador quer retomar o seu trabalho na categoria de base e fazer uma boa campanha na Copa São Paulo de Futebol Júnior, no início do próximo ano. Coelho não nega que ficaria feliz em receber uma nova oportunidade no profissional, mas quer dar espaço para o novo trabalho.

"A grande questão agora é ficar com os pés no chão. Tenho um trabalho na base, o combinado foi esse e não passar por cima de nada. É ter tranquilidade e se vier a oportunidade novamente é claro que vamos aceitar, porque é algo muito bom, que você aprende demais. Tem críticas, elogios e você aprende a lidar com tudo, onde ir e onde não ir. Se vier a acontecer, espero que eu esteja mais preparado do que hoje", finalizou.

Ao todo, o Corinthians conquistou três vitórias, dois empates e três derrotas nos oito jogos em que foi comandado por Dyego Coelho. Com isso, a equipe alvinegra terminou na oitava colocação do Campeonato Brasileiro e se garantiu na Libertadores do próximo ano.

Veja mais em: Dyego Coelho, Campeonato Brasileiro e Elenco do Corinthians.

Veja Mais:

  • Neo Química já foi patrocinadora máster do Corinthians na época de Ronaldo Fenômeno

    Neo Química, dona do naming rights, volta à camisa do Corinthians; saiba os detalhes 

    ver detalhes
  • Do Fórum do Meu Timão direto para a camisa do Corinthians Feminino

    [Ana Paula Araújo] Do Fórum do Meu Timão direto para a camisa do Corinthians Feminino

    ver detalhes
  • Zagueiro Gil deve voltar à equipe após cumprir suspensão na última rodada

    Corinthians realiza trabalho técnico de olho no Red Bull Bragantino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • [Giovana Duarte] Como o time feminino do Corinthians pode ajudar a modalidade inteira fora de campo

    ver detalhes
  • Elenco comemora gol de Gustavo Silva sobre o Sport, pelo Brasileirão, na Neo Química Arena

    Corinthians inicia rodada com 6% a mais de chance de terminar o Brasileirão no G6; veja números

    ver detalhes
  • As mudanças na parceria entre Corinthians e BMG explicitam que esse nunca foi um patrocínio máster

    [Julia Raya] As mudanças na parceria entre Corinthians e BMG explicitam que esse nunca foi um patrocínio máster

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: